Raduan Nassar sai do isolamento para defender Dilma

Jornal GGN – O escritor Raduan Nassar foi um dos presentes no “Encontro com Artistas e Intelectuais em Defesa da Democracia”, realizado ontem (31) no Palácio do Planalto. A aparição chama atenção porque, desde os anos 80, o autor leva uma vida reclusa.

“Não sou filiado a partido político. Falo, pois, com a liberdade que me concedo. A presidenta Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade. Repito: não cometeu crime de responsabilidade”, disse Nassar em seu discurso. “Os que tentam promover a saída de Dilma arrogam-se hoje, sem pudor, como detentores da ética, mas serão execrados amanhã. Não tenho dúvida”.

O escritor é aclamado como um clássico contemporâneo. Antes de se isolar, Raduan publicou os livros Lavoura Arcaica (1975) e Um copo de cólera (1978). Depois, outros dois textos seus apareceram, o ensaio A corrente do esforço humano, publicado apenas na Alemanha e inédito em português, e Menina a caminho e outros textos (1997).

Durante anos, Nassar se dedicou ao cultivo de grãos e à pecuária bovina em sua fazenda no interior de São Paulo. Em 2011, ele abandonou a agropecuária e doou a fazenda para a Universidade Federal de São Carlos. Antes disso, em 2007, parte de suas terras já tinham sido doadas a funcionários e ex-funcionários.

Hoje, ele vive em sua casa em São Paulo. Suas aparições públicas são raras e as entrevistas à imprensa mais raras ainda.

Com informações da Folha de S. Paulo

6 comentários

  1. Lavoura Arcaica é uma

    Lavoura Arcaica é uma obra-prima.

    Quando terminei de ler pela primeira vez, minha reação foi: “uau!”

    E voltei para a primeira página, para reler tudo de novo.

     

  2. Raduan

    Além, das obras literárias já mencionadas e premiadas, há o engajamento de Raduan pela democracia, que o coloca muito acima de seus pares na literatura.

    Não é apenas, um letrado, um mestre na arte da escrita, é acima de tudo um homem culto a serviço de seu país dando exmplo de cidadania e compartilhamento, com seu próprio patrimônio.

    Foi muito além, de nossas pretensões de simples cidadãos participantes, é um grande personagem da democracia brasileira a ser respeitado, ser ouido e imitado em alguma medida por todos nós.

    Um grande brasileiro.

  3. lavoura arcaica é uma

    lavoura arcaica é uma obra-prima….

    a segunda obra-prima de raduan é um copo de cólera…

    a terceira e mais enfática é essa reaparição –

    uma obra-prima de civilidade e de luta democrática…

    bravo!!! 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome