A cultura amarga mais uma perda, morre o ator Flávio Migliaccio

Migliaccio estava com 85 anos. Em sua carta de despedida a imensa tristeza de quem vê o Brasil se esvair.

Imagem Youtube

Jornal GGN – O grande ator Flávio Migliaccio se foi também neste 4 de maio. Se foi de tristeza. Ele foi encontrado morto em seu sítio, na Serra do Sambê, em Rio Bonito.

Migliaccio estava com 85 anos. Em sua carta de despedida a imensa tristeza de quem vê o Brasil se esvair.

Seu último trabalho na TV foi na novela ‘Órfãos da Terra’, no personagem Mamede.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, no Extra, o advogado do ator disse que notícia foi dada pelo caseiro do sítio. E que o filho, Marcelo, também recebera a ligação e estava a caminho para entender o ocorrido.

O professor e cartunista Gilberto Maringoni, em seu Facebook, fez uma homenagem ao Flávio Migliaccio que poucos conheceram, o desenhista. Leia a seguir o relato de Maringoni com o cartum vencedor do concurso.

VIVA FLÁVIO MIGLIACCIO!

De Gilberto Maringoni

Morreu também – e esse “também” torna as coisas absurdamente tristes – Flávio Migliaccio, o astro de Shazam, Xerife & Cia, com marcantes atuações desde o Cinema Novo. Flávio quase sempre encarnava gente do povo, brasileiros lascados da vida, característica que o incorporou para sempre na memória afetiva nacional. Ainda não se sabe se o maldito vírus foi a causa.

O que poucos sabem é que Flávio era também um talentoso cartunista bissexto. Em 1973, ele mereceu o grande prêmio do I Salão Mackenzie de Humor e Quadrinhos, com o genial desenho autobiográfico aqui publicado.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora