fbpx
quinta-feira, julho 2, 2020
  • Carregando...
    Início Economia

    Economia

    Armadilha da Liquidez ou Ciclo de Deflação da Dívida, por Fernando Nogueira da Costa

    A economia brasileira se aproxima do limite inferior zero [“the zero lower bound”] para a taxa de juro nominal. Não fica negativa para realmente induzir os poupadores da economia voltarem a comprar. Optam por acumular dinheiro em ativos sem risco.

    Coronavírus: Relatório aponta represamento de recursos

    Do total de R$ 404,18 bilhões previstos para os gastos contra a pandemia, apenas R$ 175,7 bilhões foram efetivamente pagos

    O ministro da economia é o Coronavírus: flexibilização do isolamento, uma tragédia anunciada, por...

    O cidadão comum assiste a tudo e obviamente avalia segundo seus próprios anseios. Depois de um período de quarentena quem não anseia pela normalidade?

    Bolsonaro pressionará Guedes por resultados na economia

    Diante da possibilidade de impeachment, presidente deve cobrar resultados do ministro da Economia; perspectivas apontam segundo trimestre desastroso

    Desmatamento coloca investimento europeu no Brasil em risco

    Empresas podem retirar capital de empresas de carne, grãos e até de títulos do governo por falta de solução para aumento da destruição na Amazônia

    Nome de Weintraub pode ser barrado no Banco Mundial

    Integrantes começaram a se movimentar nos bastidores para impedir posse de ex-ministro da Educação como diretor-executivo do banco

    Acordo comercial Brasil-EUA: mais um jogo de soma zero em favor da potência hegemônica,...

    Ainda que se diga o contrário, quando se trata de acordos bilaterais, esses tratados são na maioria das vezes um jogo de soma zero em que o país “mais forte” sempre ganha.

    A redução da Selic não alterará em nada a recessão

    A Teoria Monetária Moderna é praticamente ignorada nos debates públicos, de uma opinião pública e midiática extraordinariamente presa a ideias passadas. Por outro lado, até agora não saiu um estudo rebatendo de forma sólida os argumentos levantados por seus defensores.

    Estados Unidos negam negociação de livre comércio com o Brasil

    Representante do governo de Donald Trump diz que país não pretende negociar acordo de livre comércio com o país neste momento

    Em plena pandemia, Guedes acelera últimas cartadas neoliberais

    O ministro da Economia quer concluir no governo Bolsonaro, e neste mesmo ano, sua receita neoliberal para o Brasil, com privatizações em estatais e reformas

    Copom reduz taxa Selic para 2,25% ao ano

    Corte anunciado pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central é o oitavo consecutivo, e atingiu seu novo piso histórico

    Entenda a Teoria Monetária Moderna, em live na TV GGN

    Os autores do livro “Teoria Monetária Moderna – A chave para uma economia a serviço das pessoas” explicam o novo conceito econômico

    Copom das Artes, por Ricardo de Menezes Barboza    

    A resposta é: não estimulamos mais porque o Banco Central não quer. Essa é a arte que tem prevalecido na condução da política monetária brasileira.

    Governo usa apenas 28% dos recursos para despesas emergenciais na saúde

    Segundo IFI, a baixa execução do capital revela falta de zelo, o peso da burocracia e a falta de coordenação do governo Bolsonaro

    O mito do déficit, por Michael Roberts

    Mas a MMT está certo de que o dinheiro surge nas economias modernas devido à necessidade do Estado gastar?

    TV GGN: Tudo o que você quer saber sobre a Teoria Monetária Moderna

    Autores do livro "Teoria Monetária Moderna - A chave para uma economia a serviço das pessoas" participam de live, ao vivo, a partir das 17h

    Presidência do BID – oportunidade perdida, por Andre Motta Araujo

    O governo brasileiro articulou a candidatura de um homem de "mercado", Rodrigo Xavier, ex-executivo de bancos. Um erro. TODOS os presidentes do BID são personalidades de serviço público.

    Setor de serviços fecha abril com queda recorde

    Segmento tem perda em todas as cinco atividades no período, segundo dados do IBGE; queda apurada em três meses chega a 18,7%

    Qual será a consequência da persistência na austeridade fiscal após a pandemia?, por Rodrigo...

    A fragilidade da economia brasileira encontrou um choque sanitário que dificilmente poderíamos esperar que fosse efetivamente resolvido a partir do “espírito animal” da iniciativa privada.

    No estômago do monstro: a segunda rodada da CoronaCrise, por Maurilio Lima Botelho

    O cerne da segunda rodada de declínio dos mercados está na falta do alimento básico para a capitalização financeira, isto é, capital fictício.

    Mais comentados

    Últimas notícias