Manifestação “Informar para melhor votar”, da CNBB

Foto: Elsa Fiúza / ABr / Fotos Públicas

Jornal GGN – A CBPJ – Comissão Brasileira Justiça e Paz da CNBB e a Comissão Justiça, Paz e Integridade da Criação da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil), bem como as demais Comissões de Justiça e Paz e Congregações, juntaram-se em manifesto em missão de informação para as eleições deste ano. Para os signatários, é importante que todas as pessoas de boa vontade não renovem os mandatos dos congressistas que votaram contra os interesses dos trabalhadores e aprovaram a EC 95/2016, a Terceirização e a Reforma Trabalhista.

As três medidas, diz o documento, foram as que mais atacaram os direitos da população brasileira mais empobrecida, principalmente a classe trabalhadora. “Como cristãos leigos e leigas, religiosos e religiosas, convocamos uma mobilização nacional para impedir que esses parlamentares sejam reeleitos, utilizando-se, inclusive, de ampla divulgação em todo território nacional”, diz a mensagem.

Leia o documento a seguir.

Manifestação “Informar para melhor votar”

“Assim como o corpo sem o espírito é morto, 

assim também a fé, sem as obras, é morta”

Tg2,26

A CBJP – Comissão Brasileira Justiça e Paz da CNBB e a Comissão Justiça, Paz e Integridade da Criação da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil), com as demais Comissões Justiça e Paz, paroquiais, diocesanas, regionais, de Congregações e famílias religiosas católicas, abaixo relacionadas, cumprindo com sua missão e animadas pelos apelos do Ano Nacional do Laicato, vem a público sugerir a todas as pessoas de boa vontade a não colaborarem para a renovação dos mandatos dos congressistas que votaram contra os interesses dos trabalhadores ao aprovarem a EC 95/2016, a Terceirização (Lei 13.429/2017) e a Reforma Trabalhista (Lei 13.467/2017).

Leia também:  Sobre leões e hienas, por Ricardo Cappelli

Essas foram as medidas que em 2016 e 2017 mais atacaram os direitos da população brasileira mais empobrecida, particularmente a classe trabalhadora.

Com relação a essas três matérias, a CNBB se posicionou contrária por meio de notas públicas ˡ que foram distribuídas a todos os parlamentares.

Como cristãos leigos e leigas, religiosos e religiosas, convocamos uma mobilização nacional para impedir que esses parlamentares sejam reeleitos, utilizando-se, inclusive, de ampla divulgação em todo território nacional.

Para isso, realizamos parceria com o DIAP que disponibilizou a relação dos parlamentares por Unidade da Federação ou em ordem alfabética para que os eleitores e eleitoras possam consultar e definir seu voto a partir de informações de fonte segura, material que pode ser acessado através do link https://www.diap.org.br/index.php/noticias/agencia-diap/28456-eleicoes-2018-diap- divulga-como-congressistas-votaram-em-proposicoes-de-interesse-dos-trabalhadores-e-do-povo.

Com esta proposta cumpre decisão emanada do Encontro Nacional da Rede Brasileira Justiça e Paz e está em comunhão da cartilha da CNBB e do CNLB.

Brasília (DF), 21 de setembro de 2018

(¹) http://www.cnbb.org.br/nota-da-cnbb-sobre-a-pec-241/

http://www.cnbb.org.br/reforma-trabalhista-cnbb-assina-nota-com-outras-entidades-criticando-o-projeto/

http://www.cnbb.org.br/cnbb-divulga-nota-sobre-o-momento-nacional-2/

Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil

Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília/DF

Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Olinda/Recife

Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo

Comissão Justiça e Paz de Barreiras/BA

Comissão Justiça e Paz de Belém/PA

Comissão Justiça e Paz de Juiz de Fora/MG

Comissão Justiça e Paz de Londrina/PR

Comissão Justiça e Paz de Santarém/PA

Comissão Justiça e Paz de São Luiz/MA

Comissão Justiça, Paz e Integridade da Criação da Conferência dos Religiosos do Brasil

Leia também:  Evo Morales deixa Bolívia e vai para Argentina, diz Clarín

Comissão Regional Justiça e Paz /MS

Província Frei Bartolomeu de Las Casas (frades Dominicanos do Brasil)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Finalmente…

    … uma manifestação da CNBB em defesa do povo de Deus. Não foi da cúpula, mas as Comissões de Justiça e Paz e as Congregações estão a cumprir a sua missão. Graças a Deus.

  2. Que assim seja!

    Mesmo porque, se o Brasil virar país só de malandros, à exemplo do judiciário e o resto, as intituições irão todas para o brejo. Sem exceções.

  3. Fizeram o que os partidos de esquerda deveriam ter feito…

    Nao sei se fizeram, talvez tenham feito, mas com pouca visibilidade. Isso é tao ou mais importante do que o “ele nao” (embora o ele nao seja importantíssimo, nao estou negando isso), porque sem o Congresso nenhum governo vai poder fazer nada.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome