Dilma diz que Globo quer sua prisão e promete não ficar calada: “Nem a tortura me amedrontou”

Foto: Divulgação/PR

Jornal GGN – A ex-presidente Dilma Rousseff emitiu uma nota à imprensa denunciando o “jornalismo de guerra da Globo”, que usou colunistas e reportagens para sugerir que as evidências juntadas à delação de Mônica Moura, esposa de João Santana, seriam suficientes para que Sergio Moro decretasse a prisão da petista.

O jornalista Merval Pereira, em artigo divulgado neste sábado (13), colocou a “honestidade” de Dilma em xeque e afirmou que as declarações de Mônica Moura bastam para a prisão. Na delação, a empresária diz que criou uma conta no Gmail para se comunicar com Dilma por rascunhas. Ela relata que a então presidente avisava ao casal dos passos da Lava Jato, tendo, inclusive, ligado para avisar do mandado de prisão.

Em outra reportagem, O Globo diz que o e-mail criado por Mônica Moura é “válido” e pode ser “rastreado” para comprovar a delação.

Dilma disse, em nota, que a Globo está em campanha das forças que lutam contra o golpe e quer substituir o Judiciário. A presidente deposta pelo impeachment disse que nem na tortura foi amedrontada e prometeu não se calar diante das manipulações da emissora.

Abaixo, a nota de Dilma na íntegra.

O jornalismo de guerra promovido contra mim e o presidente Lula é a prova de que a escalada autoritária contaminou radicalmente os formadores de opinião pública, como Merval Pereira, que hoje sugere, no Globo, a minha prisão.

A cobertura das Organizações Globo, defendendo o justiçamento de adversários políticos, quer substituir o Judiciário – e todas as demais instâncias operadoras do Direito – pelo escândalo midiático. Julgam e condenam.

Buscam se constituir numa espécie de poder judiciário paralelo sem as garantias da Justiça, base do Estado Democrático de Direito. Fazem, assim, verdadeiros linchamentos, tentando destruir a biografia e a imagem de cidadãos e cidadãs. Nesse processo, julgam sem toga e promulgam sentenças sem direito de defesa.

Ferem de morte a liberdade de imprensa pois não respeitam a diversidade de opinião e a Justiça. Selecionam alvos e minimizam malfeitos. Seu único objetivo é o maior controle oligopólico dos meios de comunicação, para impor um pensamento único: o  seu.

Em outros tempos, em outros países, tais práticas resultaram na perseguição  política e na destruição da democracia levando à escalada da violência e do fascismo.

Não adianta a intimidação. Não vou me curvar diante dessas ameaças e muito menos do jornalismo de guerra praticado pela Globo. Nem a tortura me amedrontou.

Repito o que tenho dito, dentro e fora do país: o Golpe de 2016 não acabou. Está em andamento. Não foi contra o meu governo, apenas. Foi contra o povo brasileiro e o Brasil. Está sendo executado todos os dias pela Globo, pelo governo golpista e todos que tentam desesperadamente consolidar o Estado de Exceção e a destruição de direitos.

Não vão me calar!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Em processo de autocrítica, parte do MBL já considera injusta a condenação de Lula

24 comentários

  1. Pena que Dilma forneceu a esses…

    Pena que Dilma forneceu a esses ábutres da comunicação a senha para fazerem tudo o que vem fazendo contra ela quando disse na sua posse em 2010 que “É preferível o barulho da imprensa livre…”, parecendo não conhecer o tipo de ‘imprensa livre’ que existe neste país

  2. Estados paralelos não podem

    Estados paralelos não podem coexistir: se irão anular um ao outro. Um deles tem que vencer.

    É chegada a hora da verdade: ou se estabelece o Estado de Direito e o fim do monopólio do poder pela família Marinho, depois de mais de meio século, ou os irmãos serão entronizados como mandatários-mores, que de fato já o são e viraremos, de direito, o Principado dos Marinho.

    Que assuma o verdadeiro governante. Às claras, sem terceirizações.

    • Eu também sou a favor da

      Eu também sou a favor da formalização do Poder Verbalizador/midiático como poder institucional, para que faça parte da governança, ao lado dos 3 poderes clássicos: legislativo, judiciário e executivo. Melhor do que a situação atual: é poder de fato mas é como se não fosse…hoje o poder verbalizador tem como apêndices os demais poderes e instiuições, isso é fato. 

  3. Pergunta de um autista pra outro:

    “O jornalista Merval Pereira”:

    Eu, completamente esgotado de denunciar psicoticos de terceira classe, aparentemente consegui uma pergunta a mais pra voces:

    AUTISTA DE CLASSE Z MENOS, NAO DA PRA GRADUAR PRA TERCEIRA OU SEGUNDA CLASSE NAO?????

    TEM QUE FICAR ETERNAMENTE NA CLASSE Z?????

    Aprenda comigo meu caro:  nao existe OUTRO autista de primeira classe, eu sou o unico -tambem sou o primeiro  e unico assassino em serie de primeira classe e o unico and the only one cara bonito do Brasil, e voce sempre foi feio pra caralho e pessimo assassino -mostre me somente UMA reputacao que voce assassinou permanentemente, filho da puta.  SOMENTE UMA.  Classe Z, filho da filha do filho do neto do puto!

    Nao bastava ser autista de terceira classe nao, ele tambem tinha que ser feio pra caralho!

    Finja se de morto mais frequentemente nos MEUS assuntos, ok?  Voce nao eh meu pareo.  Nem perto disso.

  4. Tou dizendo pra voces que os

    Tou dizendo pra voces que os ataques contra Dilma a essa hora estao escondendo mais coisas que a LavaBunda nao quer dizer pra voces, nao estou.

    Tambem tou dizendo que a LavaBunda esta escondendo seus proprios tucanos, nao estou?

    Pois eh…

  5. Dilma x Dória/Huck

    A nova estratégia dos satélites da Globo é usar os discursos de Dilma em que ela cita João Dória ou Luciano Huck para criar uma espécie de embate entre o “ultrapassado” (Dilma e Lula) e o “novo” (Doria e Huck). Tudo com ajuda dos comentaristas mínions que habitam a esgotosfera do PIG.

    Os textos usam o ódio que os coxinhas sentem por Dilma para promover principalmente Luciano Huck. Tentam passar a impressão de que Dilma está nervosa ou com medo do “novo”, e que Huck está sendo injustamente atacado pela ex-presidenta. Hoje mesmo há uma matéria dessas no UOL.

    Os colunistas nem se dão o trabalho de analisar se seria bom para o país seguir o mesmo caminho da Itália, que teve Berlusconi, um populista de direita ligado à mídia, comandando o país. Ou se Huck, ligado a Aécio Neves, Sérgio Cabral e Eike Batista, e envolvido em possível crime ambiental, seria um bom político.

    É evidente que o oligopólio midiático, composto por seis famílias, já não quer mais intermediários para negociar, não quer mais molhar a mão de políticos para defender os seus interesses. Quer alguém gerado de seu ventre para comandar o Brasil, atendendo assim a todos os seus interesses, defendendo o grupo do avanço das mídias alternativas e mantendo o país no atraso.

     

  6. Impressionante
    Como tem esquerdista pseudo-democrata que apoia o Golpe, criticando a Dilma.

    Se estamos do mesmo lado, danem-se as diferenças. Mas se Dilma ainda provoca o asco em alguns, é porque não estamos do mesmo lado.

    Só para constar: sou Dilma até o fim.

    • A esquerda deve demorar mais

      A esquerda deve demorar mais 20 anos para voltar ao poder.

      Quando voltar, talvez volte mais forte e lute pelo poder e use o poder de governar para fazer as mudanças necessárias.

      Palavras tem poder nas batalhas, quem não saber usá-las não pode liderar em grandes batalhas. A esquerda quer viver num mundo moral muito elevado,  num mundo político perfeito, antes que o mundo esteja totalmente evoluído na consciência das pessoas. Na batalha racial americana não foram apenas as palavras pacifistas de Luther King que foram importantes, as palavras agressivas de Malcom X completaram os argumentos de um dos lados da batalha e trouxe vitórias. Na esquerda brasileira só tem pacifistas, não que eu queira um ditador guerrilheiro, mas sinto falta de uma voz crítica mais agressiva vinda da esquerda. Se estiver disposta a dar sempre a outra face, vai acabar sendo crucificado.

       

  7. Não há mal que sempre dure,

    Não há mal que sempre dure, mas em relação a rede goebbels isso não parece ser verdade. Muito ruim viver uma vida inteira sob o domínio dessa desgraça. 

  8. Acuse-os do que você faz

    “Honestidade de Dilma”, bah! Ah, chega, né? Até as crianças já perceberam que a turma da Lava Jato acusa é do que ela mesma faz. É essa turma quem está verdadeiramente usando de cargo público para conseguir favores de empresas privadas. Quanto ganham Dallagnol, Moro e patota por palestra? Conseguiriam essas boquinhas sem a Globo? Quantos juízes e promotores dão palestras e ganham mimos de empresas privadas desse jeito? E olha que não é só medalhas, troféus, confetes e o mais caro, a propaganda que essa firma oferece a funcionário público que lhe atenda seus imperativos privados. Através dessa firma muitas outras firmas da iniciativa privada contratam palestras, dão mimos, prestígio… só faltam dar a cada um desses funcionários públicos um apartamento – não no Guarujá mas em Miami – e um sítio – não em Atibaia mas, sei lá… na Ilha di Capri. Mas pode deixar, as empresas dão a oportunidade da fama, que vira dinheiro, e aí os servidores compram o que quiserem.

    Esse judiciário está trabalhando para afastar Dilma, Lula – e qualquer traço de socialismo – do estado, que é justamente o que a iniciativa privada quer para que ela tome conta. Saúde universal e gratuita? Educação pública? Convênios privados “populares”, escolas privadas… (Que acabarão sendo uma porcaria, como tudo que vem de firma privada.) Até o Minha Casa Minha Vida parece que está financiando não imóveis para quem tem pouca renda e sim para abastados procuradores…

    Cuidado, todo mundo está vendo, principalmente os co-proprietários do erário público (que paga salário aos funcionários públicos e que investe em programa social), a saber: nós, o povo.

    Que Deus mantenha esses servidores públicos na inconsciência, na ignorância, porque se um dia uma fagulha de consciência se lhes brotar mostrando o que estão fazendo com a responsabilidade que assumiram com o nosso país, ou os caras enlouquecem para conseguirem fingir para si mesmos que não fazem o que realmente fazem ou se matam. Podem não se matar fisicamente mas claudicarão para sempre com os aleijões morais que estão causando a si mesmos.

    Isso é bem sério. A turma dos neoliberais não fazem ideia do que pode acontecer com suas consciências, com suas vidas se continuam se auto-mutilando desse jeito. Não é porque algo é inconsciente que não existe. Existe e justo por ser inconsciente é muito danoso.

  9. É preferivel o barulho da

    É preferivel o barulho da imprensa livre. Enquanto não fica pedra sobre pedra, o povo tá com o controle remoto só assistindo. E o Zé afirma: a lei é dura, mas é a lei.

    Resumindo: pra quem não agiu quando tinha poder pra agir, a coisa tá dificil. É o preço da omissão.

  10. Dilma,

    passa o seu endereço para eu enviar uma dúzia de ovos para você fazer um omelete ao lado da Ana Maria Braga.

  11. Gostaria que ela escrevesse um artigo expondo seus pensamentos sobre o que seria Democracia; o que é uma disputa presidencial democrática e o que seria um golpe contra ela, a Democracia. 

  12. O analfabetismo informático anda por aí.

    Cria-se um documento Word com a data que se queira, é só modificar o relógio do computador que se coloca qualquer coisa em qualquer data, por exemplo criei um e-mail de 1999 

    vide o que aparece no documento do cartório, a data de criação de um documento word!

    Que tal a minha?

    Aí uma Thaís Destázio, substituta  legal do tabelião, tira uma foto da tela e coloca como se fosse um documento público.

    Por este motivo que o tal de e-mail está no Word, pois se estivesse no servidor não teria como mudar a data.

  13. Video: jogo de Truco

    Olhando o video tem um detalhe logo no começo que não dá pra passar desapercebido. Advogado e cliente começam nada mais que uma partida de truco!

    Logo nos primeiros segundos os dois se olham de canto de olho, ela coloca a lingua na bochecha e olha pra ele e ele confirma com o mesmo sinal. 

    Se eu tivesse jogando truco com a dupla já ia falar pra eles serem mais discretos ao avisar o parceiro que os dois tem manilha, Ela o ZAP e ele talvez o Copas.

  14. Ué… a tese do uso do”controle remoto” não vale mais?

    Dilma, fique tranquila…porque o povão vai saber discernir a verdade da mentira com base no seu “sábio conselho” de usar o controle remoto para se preservar da manipulação da verdade.  Palestras e mais palestras… Agora, apelam para a sua responsabilização e insinuam a sua prisão . Fique tranquila….o controle remoto funcionará..e tudo ficará claro como a luz do dia! Parodiando a Parmalat: Tomou?

  15. Quando o Lula e a Dilma

    forem presos, eu vou dá de presente para os dois um controle remoto. Aí será tudo resolvido e os dois serão soltos.

     

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome