O risco do TRF4 adiar o julgamento de Lula, por Helena Chagas

Foto: Ricardo Stuckert

Jornal GGN – Ninguém deve se surpreender se o Tribunal Regional Federal da 4ª Região decidir adiar o julgamento de Lula, agendado para o próximo dia 24. Um pedido de vista por parte dos desembargadores é possível, assim como adiamento a pedido da defesa, para que haja sustentação oral. Essa segunda via foi verbalizada pelo presidente do TJSP, em entrevista ao Estadão desta quinta (11).

Se o TRF4 adiar o julgamento, os movimentos em apoio a Lula devem arrefecer e não se sabe se terão recursos para tentar reproduzir o apoio em outra data.

Mas não deixa de ser uma faca de dois gumes para o próprio tribunal, porque “embora acalme momentaneamente a fervura, o fará voltar algumas casas no jogo e aumentar a pressão. Afinal, o julgamento tem que sair.”

Por Helena Chagas

Conflagração em Porto Alegre pode adiar julgamento de Lula

Em Os Divergentes

Nos meios jurídicos, que estão em recesso só na aparência, há quem já aponte certo traço de arrependimento entre integrantes do TRF-4. A conflagração em torno do dia 24 em Porto Alegre está sendo muito maior do que se esperava. Por isso, ninguém ficará surpreso se, em meio ao vai-e-vem dos recursos e prolegômenos jurídicos, o julgamento do ex-presidente Lula seja adiado. No mínimo, esvaziaria a megamanifestação que PT e simpatizantes estão organizando.

A ideia foi verbalizada pela primeira vez nesta quinta, pelo presidente do Tribunal de Justiça de S.Paulo, Manuel de Queiroz Pereira Calças, em entrevista ao Estadão. Ele acha que o julgamento será adiado por um pedido de sustentação oral dos advogados, que se for aceito na preliminar poderá marcar o julgamento para outra data. Não há como negar que seria um alívio para muita gente, inclusive no próprio TRF-4.

Leia também:  ABJD repudia perseguição a juízes

Na verdade, está todo mundo com medo. O tribunal e as autoridade locais, temendo a reação dos manifestantes logo após a possível condenação. Numa atitude inédita, na tentaiva de acalmar os espíritos, o TRF-4 soltou nota no início da semana explicando que não, Lula não irá para a cadeia mesmo que tenha sua condenação e sua pena de nove anos confirmadas no dia 24. Ainda há outros recursos pela frente.

Mais do que acalmar, a Corte colocou mais lenha na fogueira, sobretudo pelo inusitado de discutir em nota oficial uma condenação que sequer foi decidida ainda, num claro traço de pré-julgamento. A isso se juntaram fatos anteriores que já vinham sendo questionados pelos simpatizantes do petista, Como o tempo recorde para julgar o processo de Lula, passando-o na frente de uma série de outros, sendo sete na Lava Jato.

O TRF-4 começou a apanhar bastante, sobretudo nas redes sociais, e a mobilização do PT pode transformar Porto Alegre numa praça de guerra no dia 24. E aí entram os temores da cúpula do partido, que está correndo a explicar que não apoiará qualquer ato de violência, avisando que não terá ninguém mascarado e alertando para possível infiltração de provocadores.

Para o Tribunal, o adiamento é uma faca de dois gumes porque, embora acalme momentaneamente a fervura, o fará voltar algumas casas no jogo e aumentar a pressão. Afinal, o julgamento tem que sair. Para Lula e os petistas, o adiamento seria ótimo por dar mais tempo a Lula para seus recursos, aumentando as chances de ele chegar candidato a outubro. Por outro lado, esvazia a manifestação planejada, sem garantias de que haverá recursos e condições de repeti-la com tanta força numa outra data.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

14 comentários

  1. não importa o dia que for

    esses integrantes do trf4 é que serão julgados pela história

    ou serão reconhecidos como juizes honestos ou

    canalhas, criminosos e golpistas

     

  2. Teu nome agora é The Big River of South State?

    Saibam os outros nacionais que é muito triste para mim voltar a Porto Alegre 2 ,3 5 vezes ao anos nos últimos 15 anos . Tentei evitar, pois constatar a estrangerização e emburrecimento da sua cidade e da população é de derrubar. Mas os filhos, bancados por 207 milhões de brasileiros, concluíram seus cursos na universidade federal do estado. Volto sempre para lá.

    Assisti a americanização de São Paulo de 1980 a 2001,  mas não acreditava que a minha Porto Alegre abriria as pernas pros gringos invasores, assassinos e terroristas do planeta. 

    O meu Rio Grande mudou de nome. Os mi e bilionários sempre foram, porém agora  os seus empregadinhos da privada… e do público emprego odeiam o Brasil. Lambem o rabo de tudo, absolutamente tudo que vem da gringolândia.

    E essa ralé fará o que o verdadeiro terrorista do planeta, os etados unidos, quer. E condenará Lula!

     

     

  3. Já estão com a sentença na

    Já estão com a sentença na mão (2×1) mesmo sem provas. Afinal, a justiça só funciona em domocracias!

    O golpe está subindo de nível: “É um acordo, botar o MiShel, com STF, TRF4, com tudo” 

  4. Possível adiamento

    No meu ponto de vista, há um claro recuo do TRF4 por uma razão simples: Ess julgamento é POLITICO! E como tal, precisa de apoio que a  maioria da sociedade, já não mais oferece. A atmosfera mudou radicamente em relação a Lava jato, dado os escandalos cada vez maior, especialmente em relação ao PSDB, levou o TRF4, a uma sinuca de bico: Se condena LULA, não temos a menor idéia das consequencias, se absolve, LULA ESTÁ ELEITO.

  5. Interessante, havia pensado
    Interessante, havia pensado nisto e fiz um comentário no Tweeter a esse respeito.

    Para desmobilizarem o apoio ao Lula , eles cancelam a audiência no dia 24 e marca outra data para logo em seguida.
    Algo entre 15 a 30 dias. Eles tirariam à pressão que estão sofrendo agora.

    Ou não, como diz no texto. O tiro pode sair para trás.

    E agora Desembargadores, vão fazer o que ?

    Na boa, acho que o Moro deve está com o fiofó na mão. Acho que não esperava a luta incessante dos advogados do Lula, e nem o apoio que o presidente está tendo. Inclusive internacional. Ele achava que poderia condenar sem provas, que toda sociedade iria apoia-lo.

    Deu azar, a Luta da defesa do Lula virou a luta da defesa da Democracia

    Deve está pensando , caraca ! Deu ruim !

  6. O governo abusa dessa tátiac

    O governo abusa dessa tátiac quando lhe convém,

     

    todos correm para Brasília para pressionar, dai um pede vista e o projeto nem é votado, as vezes sai da pauta sem aviso prévio, quando não adiam sessões e a próxima tem um hiato gigantesco, isso é velho e efeito dos malditos pedidos de vista…… 

  7. Amigos
    Eles juizes passarão,

    Amigos

    Eles juizes passarão, os filhos e netos não!

    A história vai condenar estes juizes, que embora ainda jovens, não sofrerão por este veredicto, mas os filhos e netos carregarão o peso da desonestidade e traição cometidas por seus pais e avôs!

    Condenar inocente é um crime infame!

    Não ficaria contente por seus sofrimentos! 

  8. Eles podem adiar mas se

    Eles podem adiar mas se condenarem o presidente Lula sem provas e sem crimes vão ficarem mal perante o mundo e perante grande parte dos brasileiros que já passam a olhar a justiça com outros olhos. Quem votar a favor dessa sentença do Moro cometerá erro duplo. Não existe provas e muito menos crime. O tribunal tem que fazer valer o brio dessa instituição como defensores da verdade, da justiça e da constituição. Ser justo é um grande legado para si e para os outros…

  9. Dúvida

    Essa notícia me trouxe uma dúvida. Se um dos desembargadores pedir vistas, ele tem prazo para botar o processo para votar de novo? Ou pode ser de repente, em qualquer sessão? Tem que publicar a sessão em que vai ser continuado o julgamento, para os advogados acompanharem ou pode ser qualquer dia, deixando todo mundo em suspense? Ou seja, pode ser julgado em dia surpresa? Pode isso, Arnaldo? Tira essa dúvida, Nassif.

  10. Teatro de Horrores

    Esta farsa escancarada e hipócrita foi longe demais. Condenar sem provas e perseguir líderes trabalhistas de maneira inconsistente ficou evidente demais, até para os mais alienadados dos cidadãos.

    Que aguentem as consequências estes arremedos de Sansões do mal. Têm os olhos furados e se tornaram escravos dos interesses internacionais.

    Laia togada da pior espécie. Vermes nojentos que tentam se sustentar acima do esgoto que os cerca.

  11. Timing

    Está mudando o jogo.  A população brasileira está enxergando por trás do PIG, graças aos blogs “sujos” e às redes sociais. Lula foi genial e muito bem sucedido na sua caravana pelo Brasil. O PT tem sido combativo sem cair na linha radical. Este enorme esforço está virando a balança. As acusações do Moro se esvaziam e, pelo contrário, as provas do “outro lado” começam a aparecer: malas, apartamentos cheios de malas, o dinheiro do “Cerra” e outras falcatruas. Em breve, vão começara a aparecer os delatores do “outro lado”, ao observar que é a hora de falar a verdade, antes de serem arrastados para o fundo do poço juntos com toda essa corja golpista, com supremo, com tudo.

  12. As manifestações devem ser mantidas temos que manter a pressão

    Há manifestações em SP dia 21 e 24 e em várias cidades. Manter a mobilização que as lideranças não podem cometer o erro de desmobilizar as pessoas. Não é apenas a defesa de Lula mas a defesa da democracia e contra o golpe e contra todas as medidas contra a população e a entrega do nosso patrimonio para os gringos.

  13. pressa deve ter razão

    a única explicação lógica para marcarem um julgamento no TRF4 tão rapidamente é a de que não é preciso perder tempo com um caso tão simples. Basta pegar qualquer uma das alegações da defesa, talvez a que menos maltrate o Moro, e invalidar logo o processo, inocentando Lula ou devolvendo o processo para que tentem fazer direito depois. Os próprios desembargadores andaram explicando a ordem em que os processos são julgados em função da complexidade dos casos.

    O caso tríplex só se torna complexo para os que pretenderem condenar Lula com a precariedade da acusação que comporta. Mas, se for submetido a uma avaliação correta, torna-se muito simples. É tão difícil demonstrar algum crime com o que está alí que inocentar se torna simples.

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome