Lindbergh: Agressão à Manuela revela mais uma ameaça à integridade de Lula

Jornal GGN – A deputada Manuela D’Ávila foi atacada por um suposto simpatizante de Bolsonaro, na manhã desta segunda (9), após ter participado de um ato no Acampamento Lula Livre, em Curitiba (PR). Segundo relatos do Brasil de Fato, o agressor entrou na área que é restrita à Polícia Federal e que não pode ser acessada por manifestantes pró-Lula. Manuela disse que ele “encostou” nela e disse “chupa”, e depois foi escoltado pela PF até a saída. Os policiais não quiseram identificar o sujeito. 

O episódio gerou preocupação por parte do senador do PT, Lindbergh Farias. Após condenar o ataque à deputada e a falta de iniciativa da PF em ouvir a vítima antes de liberar o agressor, ele levantou a suspeita de que a proteção tenha ocorrido porque trata-se de um funcionário da própria PF no Paraná.

“A gente precisa saber se esta pessoa está trabalhando ai dentro. Se tiver, isso é muito grave. Nós estamos preocupados com a segurança do ex-presidente Lula, com o que ele, com o que ele come”, disse o senador.

“Essa pessoa pode estar trabalhando lá dentro com o ex-presidente”, acrescentou Manuela.

A deputada relatou que há imagens do agressor e que tentará identificá-lo.

Mídia Ninja publicou a foto do suposto agressor:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Como a Lava Jato inventou uma segunda pena para prender Lula, por Luis Nassif

15 comentários

  1. Cops and fascists go hand in hand

    hand in hand

    (Agathocles)

     

    They raised their arms at our gig
    Shouting sieg heil
    They think it is hip
    They got kicked out and started again
    Then cops came, defending them
    Now they’ve pushed us, pushed us too far
    Our state says they won’t give them a chance
    But cops and fascists go hand in hand
    When there’s trouble, we’re the bad
    The fascists go free is what the cops said

  2. Podemos ir nos

    Podemos ir nos preparando.

    Não existe NADA neste mundo mais fascista do que as polícias brasileiras, seja ela civil, militar, federal, FAA, extraterrestre ou seja lá que merda for.

    Só pela pinto do sujeito na foto tenho a “convicção dellagnólica” de que é um policial. Não sei dizer de qual merda.

    Com Lula fora do páreo, Bolsonaro se elegerá presidente no primeiro turno.

    Então, se já estamos vendo todo tipo de abuso cometido por estes merdas, preparem-se para o que virá.

  3. Uma mulher de esquerda é 

    Uma mulher de esquerda é  gratuitamente agredida.

    A agressão é tratada como se fosse legítima e virtuosa.

    O agressor covarde foge, mas é tratado como herói por policiais.

    A atividade policial se tornou criminosa.

    Alguém ficará surpreso ou triste quando os nóias de extrema direita começarem a ser arrancados de suas camas durante a madrugada e degolados na frente de uma câmera de TV? 

  4. Investigar e punir já

    Homem sai do prédio da PF, ameaça a integridade fisica da presidenciável D’Ávila e volta para o prédio, escoltado pela PF.

    Vamos por partes:

    1. Cometeu um crime, há provas, é bandido.
    2. A PF Curitibana tem bandido de estimação.
    3. Agiu como violência fascista.
    4. Como todo fascista, é misógino.
    5. O ódio que se acumula no Brasil é cada dia mais branco e de direita.

    A violência fascista não construirá uma Nação, mas já destruiu várias. Basta!

  5. Resultado de um país sem comando. Instituições (co)rompidas

    Muito graúdo torce pelo pior para Lula. Já tivemos imensos exemplos. É uma pena mas daqui até o fim, este país corre sem paz. Não há mais interesse em diálogo, unidade. Foi posto o cada um por si, agora comprovado que os tres poderes fracos vão se utilizar de um ou outro boi de piranha, para continuar protegendo suas malvadezas.

  6. Me perdoe os
    Me perdoe os pacificadores.
    Essas agressividades a só irá parar quando houver reação
    Enquanto ficarmos com a bunda exposta na janela, vão continuar passando a mão.

    Lembro da época de criança. Época de afirmação da personalidade e território .
    Os maiores e mais fortes, humilhavam e subjulgava os mais fraco. Até o momento que o mais fraco reagia. A partir desse momento ele virava o jogo e se tornava novo líder do grupo.

    Esta na hora da Democracia reverte essa situação. Poderia começar fazendo uma visita cordial para tomar uma cerveja grátis no puteiro do Marone.

    • EU CONCORDO COM VOCÊ, ATÉ QUE

      EU CONCORDO COM VOCÊ, ATÉ QUE NÃO HAVER UMA REAÇÃO CONTRA ESSES COVARDES NADA VAI MUDAR

  7. No Caminho, com

    No Caminho, com Maiakóvski

    (Eduardo Alves da Costa)

     

    Assim como a criança
    humildemente afaga
    a imagem do herói,
    assim me aproximo de ti, Maiakóvski.
    Não importa o que me possa acontecer
    por andar ombro a ombro
    com um poeta soviético.
    Lendo teus versos,
    aprendi a ter coragem.

    Tu sabes,
    conheces melhor do que eu
    a velha história.
    Na primeira noite eles se aproximam
    e roubam uma flor
    do nosso jardim.
    E não dizemos nada.
    Na segunda noite, já não se escondem:
    pisam as flores,
    matam nosso cão,
    e não dizemos nada.
    Até que um dia,
    o mais frágil deles
    entra sozinho em nossa casa,
    rouba-nos a luz, e,
    conhecendo nosso medo,
    arranca-nos a voz da garganta.
    E já não podemos dizer nada.

    Nos dias que correm
    a ninguém é dado
    repousar a cabeça
    alheia ao terror.
    Os humildes baixam a cerviz;
    e nós, que não temos pacto algum
    com os senhores do mundo,
    por temor nos calamos.
    No silêncio de meu quarto
    a ousadia me afogueia as faces
    e eu fantasio um levante;
    mas amanhã,
    diante do juiz,
    talvez meus lábios
    calem a verdade
    como um foco de germes
    capaz de me destruir.

    Olho ao redor
    e o que vejo
    e acabo por repetir
    são mentiras.
    Mal sabe a criança dizer mãe
    e a propaganda lhe destrói a consciência.
    A mim, quase me arrastam
    pela gola do paletó
    à porta do templo
    e me pedem que aguarde
    até que a Democracia
    se digne a aparecer no balcão.
    Mas eu sei,
    porque não estou amedrontado
    a ponto de cegar, que ela tem uma espada
    a lhe espetar as costelas
    e o riso que nos mostra
    é uma tênue cortina
    lançada sobre os arsenais.

    Vamos ao campo
    e não os vemos ao nosso lado,
    no plantio.
    Mas ao tempo da colheita
    lá estão
    e acabam por nos roubar
    até o último grão de trigo.
    Dizem-nos que de nós emana o poder
    mas sempre o temos contra nós.
    Dizem-nos que é preciso
    defender nossos lares
    mas se nos rebelamos contra a opressão
    é sobre nós que marcham os soldados.

    E por temor eu me calo,
    por temor aceito a condição
    de falso democrata
    e rotulo meus gestos
    com a palavra liberdade,
    procurando, num sorriso,
    esconder minha dor
    diante de meus superiores.
    Mas dentro de mim,
    com a potência de um milhão de vozes,
    o coração grita – MENTIRA!

  8. Acabei de ver o vídeo e o

    Acabei de ver o vídeo e o autor do vídeo NÃO disse “chupa”, ao contrário do que disse Manuela.

    Não vi qualquer agressão, mas sim a exaltação – com evidente provocação – a um candidato.

    O povo do PT faz isso direto…

  9. ÔRRA

    Tem que parar o Brasil!!!

    Não temos ninguém por nós a não ser nós todos juntos. Ninguém a recorrer, estamos por nossa conta e risco.

    GREVE GERAL e invasão da rede esgoto!

    Vão humilhar e matar nosso líder.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome