Livro relata a vida da cantora Áurea Martins, por Augusto Diniz

Livro relata a vida da cantora Áurea Martins

por Augusto Diniz

Nesta segunda-feira, dia 18, será lançado o livro “Áurea Martins: A invisibilidade visível” (editora Folha Seca). Com a presença da cantora, o evento acontece no Rio – mais detalhes aqui. O livro foi escrito por Lúcia Neves, pesquisadora na área de educação.

Uma das melhoras cantoras do País, Áurea Martins se manifestou nas redes sociais sobre o lançamento de sua biografia:

“Cada ser humano carrega consigo uma longa história. Por isso, digo sempre: cada ser humano é um livro ambulante. Uns mais interessantes, outros menos, mas todos com histórias para contar. Uma pessoa que como eu, saiu de um subúrbio da Zona Oeste (Campo Grande, no Rio), já tem um curta metragem feito pelo Zeca Ferreira, que narra em 15 minutos e um pouquinho a vida de uma cantora da noite. Não tenho o mínimo preconceito de ser chamada de crooner. Todo cantor que se apresenta como crooner enriquece sua vida musical, que a falta de espaço na mídia nunca deixaria mostrar. Sou grata as noites cariocas, a todos os músicos e cantores, casas noturnas que seja lá como foi, me fizeram ganhar o pão de cada dia”.

Áurea Martins, 77 anos, é de uma família de músicos. Começou a carreira circulando em programas de auditório de rádio e de televisão, que eram os caminhos percorridos na época por um artista para gravar um álbum – e o primeiro veio em 1972. Depois, foi se firmando como cantora da noite, tornando-se referência no circuito musical da Lapa, no Rio. De dez anos pra cá ganhou projeção nacional, passando a ser reverenciada por grandes músicos brasileiros. Em 2009 conquistou o Prêmio da Música Brasileira como melhor cantora. Tem uma extensa carreira de shows, gravações e participações.

Com quatro CDs lançados e um DVD, recentemente fez financiamento coletivo de um registro fonográfico em que ela será acompanhada pelo pianista Cristovão Bastos – o trabalho deve sair no início do ano que vem. Saiba mais de Áurea Martins em sua página oficial no Facebook aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora