Quino, o criador da Mafalda, morre aos 88 anos

Com Mafalda, Quino ganhou mundo e o mundo ganhou ideias progressistas. Ela e seus amigos tornaram-se um símbolo dos anos 60 não só na Argentina, mas geral.

El País

Jornal GGN – Joaquin Salvador Lavado, artista gráfico conhecimento mundialmente como Quino, morreu hoje aos 88, na Argentina. Seus traços ganharam o mundo com sua personagem mais conhecida, Mafalda.

Quino nasceu em Mendoza, em 17 de julho e muito cedo iniciou sua caminhada como cartunista e humorista. Em 1954 publicou sua primeira tira no semanário “This is”.

Mundo Quino, seu primeiro livro de humor, foi lançado em 1963 e, em 1964, surge Mafalda, na revista Primera Plana. Com Mafalda, Quino ganhou mundo e o mundo ganhou ideias progressistas. Ela e seus amigos tornaram-se um símbolo dos anos 60 não só na Argentina, mas geral.

Vai-se Quino. Fica conosco sua obra e sua Mafalda.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora