Resgate da nossa memória musical, por Luciano Hortencio

Carlos Carriê canta BALCONISTA de Demóstenes Gonzalvez.

por Luciano Hortencio

Carlos Carriê canta BALCONISTA de Demóstenes Gonzalvez

Esse raríssimo fonograma, indisponível para audição até na discografiabrasileira, consta agora em nosso canal luciano hortencio graças à boa vontade e desprendimento do amigo Rodrigo Manique, filho do cantor e compositor gaúcho Carlos Carriê, a quem agradeço publicamente.

Agradeço ainda à editora do Jornalggn.com.br, Lourdes Nassif, que está sempre atenta e fez a ponte de comunicação entre o amigo Rodrigo e esse cabeça chata.

Enviarei o fonograma ao amigo Miguel Ângelo de Azevedo, mantenedor do Arquivo Nirez, para que seja enviado à discografiabrasileira, suprindo a lacuna no tópico Carlos Carrié

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio.

Balconista por favor me dê um disco
Que eu quero recordar o meu amor
Não esqueça que estou louco de saudade do meu bem
Que é balconista também. (bis)

O meu dia tem 78 horas
Minha noite é um eterno long play
O compacto da saudade apavora
Do pick up do meu sono já não sei
Se eu pudesse balconista, se você quisesse
Acertar a rotação até o fim
Eu faria um balcão do coração
E você venderia discos só pra mim.

Carlos Carriê – BALCONISTA – Demóstenes Gonzalvez.
Disco Mocambo 15.448-A.
Ano de 1962.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A solidão de um caipira..., por Luciano Hortencio

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome