“Agora não pode mais prender jornalista”, ironiza Moro

Em entrevista, ministro critica trabalho da imprensa e também ironiza documentário Democracia em Vertigem

O ministro da Justiça, Sergio Moro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro da Justiça, Sergio Moro, disse com ironia que “agora não pode mais prender jornalista”. A declaração foi feita em entrevista no programa Pânico, na rádio Jovem Pan.

Um dos humoristas do programa fez uma piada imitando o tom de voz do ministro, que riu.  “Espero que você não me dê voz de prisão, ministro”, respondeu o humorista André Marinho. Sorrindo, Moro respondeu: “Agora tem a Lei de Abuso de Autoridade, não pode mais prender jornalista, né”.

Na última semana, o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, foi alvo de denúncia pelo Ministério Público por supostamente ter ajudado, incentivado e orientado hackers a invadirem celulares de autoridades brasileiras.

Glenn foi um dos responsáveis pela publicação de mensagens entre Moro e o procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol durante o mês de junho de 2019, no caso que ficou conhecido como Vaza Jato.

De acordo com informações do portal UOL, Moro também fez críticas sutis ao trabalho da imprensa que, para ele, ignora dados relevantes de sua pasta. “A imprensa faz seu trabalho, claro, mas às vezes não dá muita importância a dados positivos da Segurança Pública e de outras áreas. É papel dela, mas às vezes é um pouco crítica demais”, afirmou.

Moro também ironizou o documentário Democracia em Vertigem, da cineasta Petra Costa – e indicado ao Oscar de Melhor Documentário. Quando questionado se o relógio do Juízo Final, que foi ajustado para ficar “mais perto do fim do mundo” na última sexta-feira, ele respondeu: “Onde fica o relógio eu não sei, mas vai sair um documentário sobre isso e pode concorrer ao Oscar”.

8 comentários

  1. Só nesse País deserdado de Deus aparece um FDP como esse.Por essas paragens vez por outra aparece um igual a ele,se duvidar,pior.

  2. Se um jornalista noticiar o conluio entre o juiz e uma das partes do processo em prejuízo da outra parte, ele pode ser preso. Mas se o jornalista difamar alguém, aí ele não pode ser preso

  3. Não se pode prender jornalistas,bandidos vestidos de toga,e bandidos que já vestiram toga pode?Agora vai,de FDP NÃO vai.

  4. Para nossa enorme infelicidade no Brasil também não se prende juízes.
    São premiados com aposentadoria precoce, e,e quase sempre, com vencimentos integrais.

  5. Lamentável a situação desse país. Mais lamentável ainda a boa reputação de que esse juizinho goza em meio à maior parte da população brasileira ( não nos enganemos, a maior parte da população o aprova, e também ao que é hoje presidente do país).

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome