Após sumiço forçado por Queiroz, Michelle ressurge com escritório perto de Damares e Osmar

Segundo jornal, a primeira-dama vai atuar como "presidente de honra" de projetos dos ministério de Direitos Humanos e Cidadania. O foco é ser a garota propaganda das ações

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Depois de ter vivido um ocaso forçado pelo noticiário policial em torno de Fabrício Queiroz, Michelle Bolsonaro ressurge na Esplanada dos Ministérios. Agora, a primeira-dama terá um escritório próprio, próximo aos gabinetes de Damares Alves e Osmar Terra, ministros dos Direitos Humanos e Cidadania, respectivamente.

Segundo informações do jornal O Globo, edição desta quarta (3), Michelle não vai bater ponto na Esplanada, mas será uma espécie de “presidente de honra” dos projetos realizados pelas duas pastas. A função de garota propaganda terá despesas custeadas pela Presidência, já que a primeira-dama não tem direito a salário nem orçamento.

Michelle – que iniciou o governo sem evitar a exposição pública, concedendo entrevistas à emissoras aliadas a Jair Bolsonaro – afastou-se dos holofotes depois que a imprensa começou a divulgar o escândalo do caso Queiroz.

A primeira-dama recebeu R$ 24 mil do ex-motorista de Flávio Bolsonaro. Segundo o presidente, a quantia é referente a um empréstimo de R$ 40 mil tomado por Queiroz.

A explicação, contudo, não convenceu a crítica. Segundo dados do Coaf, Queiroz movimentou R$ 7 milhões ao longo de 3 anos. Só entre 2016 – ano em que depositou R$ 24 mil para Michelle – e 2017, foram R$ 1,2 milhão, sendo que o ex-motorista não tem renda nem patrimônio compatíveis com a movimentação.

O caso é investigado sob sigilo no Rio de Janeiro.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Secretária de Saúde do Amazonas é presa por desvio de verbas públicas na pandemia

5 comentários

  1. E Queiroz por onde anda… Quanto ao patrão dele, a PGR sabe onde encontrar. Isso se não for “encontrado” antes pelo Damas… Alias, Damas, se for par atacar o Brasil, ataque os pitbolsos que te mandaram para pqp.

  2. O Bolsonaro arregaçou as penas para o Trump. Não satisfeito, agora vai escancarar as portas para os parlamentares em troca da aprovação da reforma da previdência.

  3. Ué, já voltou do cinema?
    Vai ser lindo o trabalho conjunto das duas – damares da goiabeira e a dama do cheque.
    Uma contribuição inestimável para a república.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome