Coronavírus: OMS pede por mudança no estilo de vida

Diretor da entidade defende mudanças expressivas até que existam tratamentos e vacinas comprovadamente eficazes contra a covid-19

Michael Ryan, diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS). Foto: Reprodução

Jornal GGN – Existe um caminho para o fim da pandemia do coronavírus, mas será preciso continuar vigilante e adotar mudanças no modo de vida até lá. A afirmação é Michael Ryan, diretor do programa de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Precisaremos ter alterações significativas no nosso estilo de vida até o ponto de termos uma vacina e tratamentos. E isso não é de todo ruim”, afirmou Ryan, segundo informações do jornal O Estado de São Paulo. “Vimos benefícios para o meio ambiente e para a nossa conexão com outras pessoas. É um grande desafio, mas alguns países que saem do lockdown podem oferecer esperança para outros”.

Ryan comentou que é necessário que os países mostrem solidariedade, ajudem uns aos outros e transfiram recursos materiais, enfatizando a necessidade de reforçar os sistemas de saúde pública.

A OMS também reafirmou os objetivos estratégicos de seu plano de resposta à covid-19: mobilizar todos os setores e comunidades, controlar casos esporádicos e de grupos, isolando-os rapidamente, acabar com a transmissão comunitária com prevenção, controle de infecções e distanciamento físico, reduzir a mortalidade e desenvolver vacinas e medicamentos seguros e eficazes.

 

Leia Também
Brasil só perde para EUA e Rússia em casos novos de COVID-19
As três condicionantes para São Paulo relaxar a quarentena contra COVID-19
Pesquisadores estimam haver mais de 1,6 milhão de casos de COVID-19 no Brasil
GGN revisita a trajetória de Moro em projeto inédito. Saiba mais aqui

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora