Donald Trump tem conta banida pelo Twitter

Empresa afirma que conta do ainda presidente dos EUA foi suspensa de maneira permanente "devido ao risco de mais incitação à violência"

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A rede social Twitter anunciou nesta sexta-feira (08/01) que a conta do presidente norte-americano Donald Trump foi bloqueada de forma definitiva “devido ao risco de mais incitação de violência”

Em comunicado, a empresa informou que a decisão foi tomada a partir da “revisão das postagens de Trump e de seus contextos”.

“No contexto de eventos horríveis nesta semana, deixamos claro na quarta-feira que violações adicionais das Regras do Twitter potencialmente resultariam neste mesmo curso de ação. Nossa estrutura de interesse público existe para permitir que o público ouça diretamente as autoridades eleitas e os líderes mundiais. Baseia-se no princípio de que as pessoas têm o direito de manter o poder de prestar contas abertamente”, diz o comunicado.

A decisão teve como base duas publicações feitas por Trump, onde afirmou que os “75 milhões de grandes patriotas americanos” que votaram nele “terão uma voz gigante por muito tempo no futuro” e, pouco tempo depois, afirmou “a todos os que me pediram, não irei à posse no dia 20 de janeiro”.

Por conta do cenário de tensão nos Estados Unidos e a invasão de apoiadores de Trump ao Capitólio no dia 06 de janeiro, a empresa lembra que “esses dois Tweets devem ser lidos no contexto de eventos mais amplos no país e no maneiras pelas quais as declarações do presidente podem ser mobilizadas por diferentes públicos, inclusive para incitar a violência, bem como no contexto do padrão de comportamento desse relato nas últimas semanas”.

Por conta dessa avaliação, o Twitter avaliou que tais mensagens violam a Política de Glorificação da Violência e, desta forma, a conta do futuro ex-presidente dos Estados Unidos foi permanentemente suspensa.

 

Leia Também
Capitólio: quem são as cinco vítimas fatais da insurreição pró-Trump
Se os invasores do Capitólio fossem negros, centenas teriam sido mortos
Polícia desarma bomba na sede do partido Republicano
TV GGN 20h: A tentativa de golpe nos EUA pode se repetir no Brasil?
Bandeira símbolo da escravidão e guerra civil desfilou no Capitólio em ato pró-Trump
Washington Post: Discurso de Ted Cruz ficará marcado pela infâmia
Apoiadores de Trump invadem Capitólio após convocação
Trump parte para cima de Pence contra proclamação de Biden

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora