Doria e o (des)Respeito à Democracia

Editorial do Jornal A Cidade –  Ribeirão Preto 26/04/2017

“Não existe democracia parda, que vai descolorindo a cada caso específico, ora acusada de ser vilã, ora taxada de desnecessária.”

Respeito à democracia

O prefeito de São Paulo, João Doria, já mandou avisar: vai descontar um dia de trabalho dos funcionários públicos municipais que participarem da greve geral convocada por centrais sindicais para a próxima sexta-feira (28).

A greve geral tem como pano de fundo protestar contra as reformas Trabalhistas e da Previdência proposta pelo governo Temer.

O curioso é que Doria diz considerar as manifestações legítimas do ponto de vista democrático. Contudo, quem da prefeitura de São Paulo participar terá um dia a menos no salário.

Bom, o prefeito da capital paulista precisa decidir: se o movimento é legítimo, por que os funcionários da prefeitura serão penalizados por participar do ato? Se a greve é um direito assegurado pela Constituição, os trabalhadores não podem ter desconto nos vencimentos – a não ser que descumpram determinação da Justiça, como manter unidades de emergência abertas e parte do efetivo dos trabalhadores prestando atendimento.

Não existe democracia parda, que vai descolorindo a cada caso específico, ora acusada de ser vilã, ora taxada de desnecessária. Mais: não existe democracia com a falta de diálogo. Por fim, democracia não é uma palavra que se fala da boca para fora: ela foi conquistada a duras penas nesse País, forjada em carinho pelo Brasil e também em sangue. É preciso respeito para falar sobre democracia no Brasil.

Leia também:  Bolsonaro terá reunião com corregedor que irá julgar caso das “rachadinhas”

Respeito que João Doria, no afã de satisfazer as vociferações de seu eleitorado, desrespeita o trabalhador de São Paulo. Ao invés de usar a greve para ameaças, deveria usar o momento para aprender e dialogar – esses, sim, dois atos de respeito.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome