“É preciso descobrir qual o motivo para intervir na PF”, diz ex-procurador da Lava Jato

Ex-procurador de Curitiba questiona intenções de Bolsonaro na demissão de Valeixo: "não é um motivo correto"

Jornal GGN – Ex-procurador da Lava Jato em Curitiba, Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou nesta sexta (24), nas redes sociais, que é preciso descobrir qual é a agenda oculta de Jair Bolsonaro, que interviu na Polícia Federal exonerando o diretor-geral Maurício Valeixo, possivelmente provocando a demissão de Sergio Moro. O ex-juiz se pronuncia às 11h.

Compartilhando uma reportagem sobre quem é Valeixo, Lima escreveu: “Antes que os raivosos e mentirosos de plantão comecem ao seu vergonhoso trabalho de denegrir a imagem de pessoas de bem, posso afirmar que conheço Valeixo desde a operação Banestado e que se trata de um delegado de polícia federal correto, íntegro, eficiente e de ótimo convívio.”

O ex-procurador acrescentou: “É preciso descobrir qual o motivo que Bolsonaro tem para intervir na Polícia Federal. Tenho certeza que não é um motivo correto.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. Palavras de um homem correto e probo, que de tão justo e limpo, não consegue supor motivos para ilegalidades, descompromissos com a nação, com o subverter das leis. Nem parecem palavras de lavajatistas experientes.

  2. Porventura não é preciso descobrir por qual motivo o Bolsonaro interveio no Ministério da $aúde?

    E o motivo pelo qual o $érgio Moro mandou o Dallagbosta formalizar uma apocrifia?

    O Prucurador tem certeza que foi por motivos corretos?

  3. Essa escoriazinha ainda pergunta.
    Covarde! Antes,tão sabedores e acusadores de tudo é de todos,só tinham certezas.Agora,se borrando de medo,ficam com perguntinhas enigmáticas.
    Cadê o menininho do Power point?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome