EXPOSIÇÃO DE SEBASTIÃO SALGADO É “HIT” DO VERÃO NA HOLANDA!

EXPOSIÇÃO DE SEBASTIÃO SALGADO É “HIT” DO VERÃO NA HOLANDA!

  

 

DSCN9918

                                                                                           Outdoor sobre a mostra, este em Amsterdã.

DSCN3504

                                                                                Mais propaganda, em estação de metrô de Roterdã.

A mostra “Genesis”, com cerca de 200 trabalhos do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, está sendo um dos eventos culturais mais importantes deste verão nos Países-Baixos. Aberta em junho, com término em 17 de setembro, no Museu de Fotografia da Holanda (Nederlands FotoMuseum), em Roterdã, a exposição recebe amplos elogios da imprensa, e tem atraído centenas de pessoas diariamente.

DSCN3518

A exposição ocupa um quarto do edifício do museu, cujo acervo é de 5,5 milhões de fotos.

Repete-se, assim, o sucesso que a mesma coleção alcançou nas montagens anteriores em Nova Iorque, Londres e Paris. A mostra é organizada por temas e trata do início do mundo, mostrando paisagens quase intocadas pelo homem, bem como a vida do homem em ambientes primitivos, que vão do Ártico congelado à Amazônia e ao Pantanal brasileiros. Mas há fotos de muitas outras partes do planeta, como a Antártica, a Rússia, a Indonésia, países africanos, Madagascar, ou Ilhas Galapagos.

Leia também:  A arte encurralada, por Gustavo Conde

DSCN3528

Detalhe de uma foto com o Pico da Neblina, o mais alto do Brasil, com 2.995,30 metros, na divisa com a Venezuela.

Como sempre, Salgado dedicou vários anos a este projeto, que também virou um enorme livro. Suas fotos são trabalhos artísticos, mais do que um registro fotojornalístico. Sempre em preto-e-branco, e com curadoria de sua mulher, Lélia Wanick Salgado, a exposição pretende mostrar a fragilidade do nosso planeta, e despertar em cada um de nós a responsabilidade pe,a sua preservação. O mundo pode ser destruído, e isso não é uma ameaça teórica: mudanças climáticas provocadas pelo Homem são visíveis nas últimas décadas (além daquelas que podem ser consideradas naturais e inevitáveis) e cabe a toda a família humana tentar reverter os efeitos desastrosos de nosso tipo de desenvolvimento predatório.

DSCN3534

                                                                           Grupo de xamãs (sacerdotes) do Alto Xingu, Brasil.

DSCN3544

As fotos se estendem por paredes, de cor diferente para cada tema.

Chama a atenção a enorma campanha de divulgação feita em torno desta exposição, que inclui TV, e dezenas de outdoors, como os que vi em pontos movimentados e estações de Haia, Amsterdã, Delft e Roterdã, mas que se espalha por boa parte do país. Sem dúvida, Sebastião Salgado é um dos maiores nomes da Fotografia mundial, e seu trabalho orgulha muito os brasileiros, hoje tão deprimidos pela mediocridade política.

Leia também:  Após privatização da companhia de energia, setor produtivo vive pesadelo em Goiás

Texto e Fotos: Antonio Barbosa Filho (óbvio que qualquer reprodução das fotos de Sebastião Salgado será muito inferior e falha. Procurem ver os originais em mostras ou em seus fantásticos livros).

http://valepensar.net/exposicao-de-sebastiao-salgado-e-hit-verao-na-holanda/

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome