Governador do Pará é alvo da PF em operação sobre compra de respiradores

Justiça autorizou o bloqueio de R$ 25 milhões do governador Helder Barbalho e outros sete investigados

Jornal GGN – O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), foi alvo de buscas e apreensão nesta quarta (10). A Polícia Federal deflagrou uma fase ostensiva da investigação sobre compra de respiradores durante a pandemia de coronavírus.

O ministro Francisco Falcão, relator do caso no Superior Tribunal de Justiça, autorizou o bloqueio de R$ 25 milhões do governador e outros sete investigados.

Estão sendo cumpridos 23 mandados de busca e apreensão no Pará, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Espírito Santo e Distrito Federal.

A compra dos respiradores custou aos cofres públicos R$ 50,4 milhões, com dispensa de licitação. O Ministério Público Federal acredita que houve superfaturamento de 86% na compra.

“Ainda de acordo com a PGR, há indícios de que Barbalho tenha relação próxima com o empresário responsável pela concretização do negócio. As apurações mostram, segundo a procuradoria, que o governo sabia da divergência dos produtos comprados e da carga de ventiladores pulmonares inadequados para o tratamento da Covid-19”, anotou a Folha de S. Paulo.

O GGN PREPARA UMA SÉRIE ESPECIAL SOBRE A VIDA DE SERGIO MORO. SAIBA COMO AJUDAR AQUI.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora