Moro banca “chefe de quadrilha” abordando autoridades hackeadas, diz presidente da OAB

Para Felipe Santa Cruz, ministro da Justiça usa o cargo em benefício próprio, e deveria ser afastado para preservar investigação

Ministro da Justiça Sérgio Moro. Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, disse à jornalista Mônica Bergamo que o ministro da Justiça, Sergio Moro, “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

Desde que a série da Vaza Jato passou a ser publicada pelo Intercept, a OAB recomendou o afastamento de Moro do cargo para que a investigação pudesse ser “plena, imparcial e isenta”.

“Muitos disseram que a OAB foi açodada quando sugeriu o afastamento do ministro, exata e exclusivamente para a preservação das investigações”, lembrou o advogado.

Agora, Moro é criticado por tentativa de obstruir a Justiça, afirmando a autoridades hackeadas que as mensagens seriam descartadas.

O ministro não tem poder para fazer tal promessa, e tampouco poderia “receber informações sobre o inquérito [da Operaçao Spoofing], que é sigiloso”, frisou Bergamo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "Parcialidade de Moro é escandalosa. Mais escandaloso só se o STF não a reconhecer", diz procurador Celso Tres

8 comentários

  1. Passei a ler GGN há pouco tempo.
    Gostei muito .
    Estava um tanto cansada de palavras vazias.
    Os artigos são profundos e objetivos.
    Não há o alarde costumeiro.
    O relacionamento Brasil/mundo
    está sempre presente, deixando
    de ser somente caseiro.
    Parabéns.

  2. Os movimentos de Moro:

    1) Deporta alguns asilados com um discurso anti terrorismo etc.. para ameaçar subliminarmente Greenwald

    2) Divulga uma suposta tentativa de invasão de todos os poderes da republica, realizado por estelionatários e golpistas. Erige isto como sendo apenas a ponta do Iceberg de uma grande organização interessada na quebra da estabilidade das nossas instituições.

    3) O presidente e Moro falam em enquadrar o grupo na lei do terrorismo.

    4) O hacker confessa ter entregue sem cobrar nada a Greenwald

    Qual seria o próximo passo, caso a midia e a opinião publica compre esta narrativa?

  3. Finalmente a OAB percebeu que Sérgio Moro age como um chefe de quadrilha. Mas faltou a OAB dizer algo importante. A quadrilha que ele chefia deve estar no STF, pois aquele tribunal poderia ter interrompido a carreira criminosa daquele príncipe botocudo há mais de 2 anos.

    Quais são as opções dele nesse momento? Sair da vida para entrar na cloaca da História, confessar os crimes e se colocar à mercê do STF cuja credibilidade ele ajudou a destruir; chamar a mamãe como um bezerrinho; deportar o gringo e seguir em frente.

  4. Vamos parar por um momento e fazer algumas elucubrações…
    Imaginemos que uma determinada pessoa esteja se sentindo acuada, mas ela tem alguns “amigos estrangeiros” (patrões na verdade), e ela vai até esses “amigos estrangeiros” no intuito de que eles lhe apontem ou aprontem uma saída. E recebe o seguinte plano de ação: você volta lá com mais de mil gravações de espionagens no bolso, que fizemos daqui do nosso país, sobre praticamente todos os escalões de governos passados e presente do seu país (agora quase nosso), dos três poderes, de todas as autoridades políticas, jurídicas, militares e etc, que estão ocupando cargos ou já não mais; arrume um plano para prender alguns bodes expiatórios chinfrins, diga que foram eles que fizeram toda essa espionagem, ou hackeamento, como preferir, e depois saia disparando telefonemas para algumas autoridades escolhidas a dedo, que estejam no comando ou nos primeiros escalões, dizendo que teve acesso a lista desses hackers criminosos e que todas elas, as autoridades, estão lá nas gravações. Daí, você poderá chantageá-los como bem entender porque, afinal de contas, quase todos têm o rabo preso com seus passados nebulosos e, em algum ponto, com a lava-jato e o golpe em andamento desde 2013, não é mesmo? Quer saber? Às vezes, você nem precisa levar essas gravações que temos aqui, apenas diga que as tem e, se alguém começar a questionar, diga que vai destruí-las antes que elas possam comprometê-los. E que fique claro que essa (suposta) destruição das gravações é para o bem e segurança do seu país (agora quase nosso). De repente, você pode até

    • …publicar uma portaria para extraditar de volta pra cá, aquele jornalistazinho de meia-tigela que está entalado em nossa garganta até hoje. Então, vá! Qualquer coisa, estaremos aqui na sua retaguarda para o que for preciso. Afinal, o bozo, seu chefe, também é gente nossa, muito nossa.

    • De fato o tio sam, este sim sabe cuidar dos seus (deles) intere$$e$, a espionagem é um setor da segurança que vez ou outra quando furada demonstra a verdadeira face do mundo real. O do norte que sempre espionou tudo, Dilma, Merkel, Petrobras, todos os milicos e os esqueletos da redentora, da globo nem se fala, o marreco de Maringá, judiciário, parlamento enfim todos, sim eles tem todas as informações para que o navio brazil vire ao seu belo gosto.
      É impossível selecionar os acontecimentos sem desmontar o castelo de cartas em favor do moro, vai sobrar algo?

  5. …publicar uma portaria para extraditar de volta pra cá, aquele jornalistazinho de meia-tigela que está entalado em nossa garganta até hoje. Então, vá! Qualquer coisa, estaremos aqui na sua retaguarda para o que for preciso. Afinal, o bozo, seu chefe, também é gente nossa, muito nossa.

  6. #MoroNaCadeia
    #DallagnolNaCadeia
    #VazaTudoGlenn
    #InGlennWeTrust
    #QuemMandouMatarMarielle
    MinistroToffoli,#CadêQueir?z?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome