Postagem ‘racista e homofóbica’ de Arthur Weintraub é repudiada na OEA

Nota interna diz que postagem do irmão do ex-ministro Abraham Weintraub contraria os objetivos da Secretaria-Geral da entidade

Arthur Weintraub, secretário de Segurança Multidimensional da OEA. Foto: Alex Ferreira/Camara dos Deputados.

Jornal GGN – O comitê de funcionários da OEA (Organização dos Estados Americanos) repudiou internamente uma publicação de Arthur Weintraub, ex-assessor especial da Presidência e irmão do ex-ministro da Educação Abraham Weintraub.

Nesta quinta-feira, Weintraub escreveu no twitter que, depois de um latino comentar sobre a necessidade de se adaptar ao novo normal, respondeu: “Meus ovos na garganta de quem tiver inventado isso”, como é possível ver abaixo:

Segundo o jornal Folha de São Paulo, nota interna da entidade considera a publicação de Weintraub “racista, homofóbica e vulgar e está completamente fora de linha com os objetivos da Secretaria-Geral da OEA”.

“Acreditamos que esta mensagem atrai uma atenção negativa não desejada para a organização e deprecia o nosso trabalho como servidores públicos internacionais para promover a democracia, os direitos humanos, a segurança e o desenvolvimento integral no hemisfério”, continua, ressaltando a existência de uma regra que proíbe explicitamente declarações à imprensa e outros meios de informação pública que fujam das atribuições. O secretário-geral da OEA, Luis Almagro, foi comunicado.

Na última semana, Weintraub assumiu o cargo de secretário de Segurança Multidimensional do órgão, em um sinal de proximidade do uruguaio (forte crítico do chavismo) com o governo de Jair Bolsonaro.

 

Leia Também
Exclusivo: 5 vídeos para entender a influência dos EUA na Lava Jato
A retórica da equivalência na imprensa brasileira, por João Feres Junior e Eduardo Barbabela
EUA espionavam a JBS muito antes da Lava Jato firmar acordo com irmãos Batista
Popularidade de Bolsonaro volta a cair depois de 4 meses em alta

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora