TSE tinha conhecimento dos problemas de totalização dos votos, diz jornal

Documentos internos da corte indicam entraves tecnológicos antes das falhas registradas durante o primeiro turno das eleições municipais

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tinha conhecimento dos entraves existentes em seu sistema de TI, e inclusive chegou a ser alertada sobre a falta de testes no sistema de totalização de votos.

A revelação foi feita pelo jornal Folha de São Paulo a partir de relatórios internos da corte – auditoria efetuada em maio pela Secretaria de Controle Interno do tribunal apontou dez problemas no desenvolvimento e manutenção dos softwares da Justiça Eleitoral, e que estão pendentes desde 2016.

Dentre os pontos problemáticos que foram detectados, foram a entrega de uma versão de software sem tempo para a realização de testes, falta de funcionários especializados, poucos interessados em desenvolver o sistema e as dificuldades para se obter dados e informações.

Além disso, o tribunal não acatou a sugestão de que o sistema de totalização de votos passasse por um teste prévio, conforme solicitado pela comissão formada pelo TSE para analisar o processo. A recomendação foi feita inicialmente nos testes realizados em 2016 e reiterada na edição 2017/2018.

 

 

Leia Também
Hacker no TSE: Ataque roubou dados de 2020, mas foi antes de 1 de setembro
Bolsonaristas teriam relação com ataques ao TSE, indica SaferNet
Supercomputador do TSE custou R$ 26 milhões
Ataque ao TSE e postagens alegando fraude foram orquestradas, aponta investigação
Bolsonaristas usam falha no TSE para defender voto impresso
Barroso justifica atraso na divulgação dos resultados eleitorais

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Donald Trump piscou, traiu seus radicais, em um ensaio do que será Bolsonaro amanhã, por Luis Nassif

1 comentário

  1. Bobagem, todos sabemos que as urnas eletronicas brasileiras sao 100% seguras e ate pagamos a propaganda disso com dinheiro publico, embora os ministros do TSE nunca tenham recebido o Premio Nobel pela invencao da unica maquina perfeita da historia da humanidade!

    Mais uma injustica contra a ciencia brasileira, mas tudo bem porque a justica nao e tao eficiente quanto as maquinas maravilhosas que produz, instala, opera, transporta e… fiscaliza!

    3
    1

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome