Luis Miranda gravou conversa com Bolsonaro, afirma Paulo Pimenta

Além de Ricardo Barros (Progressistas-PR), Bolsonaro também teria citado durante a conversa os nomes de Arthur Lira e Ciro Nogueira

Foto: Divulgação/PR

Jornal GGN – O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) afirmou nesta sexta-feira, 9, que existe uma gravação da reunião entre o deputado Luis Miranda (DEM-DF), o servidor público Luis Ricardo Fernandes Miranda e Jair Bolsonaro (sem partido), no dia 20 de março. 

“Conversa de Bolsonaro com irmãos Miranda foi gravada. São 50 minutos de muita informação e baixaria”, escreveu Pimenta, em seu perfil no Twitter. 

De acordo com Estadão, Pimenta afirmou para pessoas próximas que Miranda exibiu um trecho do vídeo a um grupo restrito de parlamentares, em Brasília.

Já o site O Antagonista informou que, além do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (Progressistas-PR), Bolsonaro também citou durante a conversa o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e o senador e presidente do Progressistas, Ciro Nogueira (PI). 

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) afirmou que Bolsonaro não tomou nenhuma providência ao ser informado por ele e seu irmão, o servidor Público Luis Ricardo Fernandes Miranda, sobre irregularidades nas negociações para a compra da vacina indiana contra a Covid-19, a Covaxin. ,

Na ocasião, Bolsonaro ainda teria demonstrado que sabia que o esquema era “coisa do Ricardo Barros”. O mandatário ainda disse que se mexesse com o grupo do deputado, iria dar “merda” e prometeu que colocaria a Polícia Federal para investigar, mas nenhum inquérito foi aberto.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador