newsletter

Luis Nassif Online

A campanha da Marina denunciou um ataque ocorrido 18 dias atrás (!). E divulgou os IPs localizados; por Luis Nassif
20 comentários
Ele exibe um traço de personalidade absolutamente perigoso para um governante em situação adversa; por Sérgio Reis
22 comentários
“Eu acredito, sim, na via democrática, de que o povo tome conta da política”, disse a candidata em exclusiva ao GGN
19 comentários

O dia em que o Comentarista de Portal virou Sequestrador, por Arnóbio Rocha

Sugestão de Urariano Mota

Blog de Arnóbio Rocha

O dia em que o Comentarista de Portal virou Sequestrador

Arnóbio Rocha

 
A farsa do sequestro de Brasília, a ação do desespero.

A farsa do sequestro de Brasília, a ação do desespero.(Foto do Diário do Poder)

Este ano escrevi dois textos sobre a questão do ódio na internet (O Paciente Trabalho para Plantar o Ódio nas Redes Sociais. e Os Zumbis das Redes Sociais). São reflexões sobre o comportamento extremado e de ódios cultivados pela grande mídia que ganha corpo e amplitude nos comentários de portais e nas redes sociais, principalmente no Facebook e Twitter, o que já existia no Orkut, mas sem a mesma repercussão de hoje. Formou-se uma geração de zumbis que se retroalimentam pelo ódio amplo, aos partidos, em especial ao PT. O Ódio racial e sexual.

Em Brasília, hoje, Jac de Souza Santos, de 30 anos, ex-candidato a vereador, pelo PP (partido de Bolsonaro e Maluf), de Combinado, uma pequena cidade do interior de Tocantis. Ativo frequentador das redes sociais resolveu sair “cercadinho”, dos comentários de portais e partir para o desespero.  Invadiu um hotel, sequestrou um funcionário de 70 anos, colocando um colete, com aparentes bombas, ameaçando explodir tudo. Uma pauta confusa, mas bem apropriada da Direita radical: Extradição de Cesare Battisti, aplicação da ficha limpa e renúncia de Dilma, armou um circo por sete longas horas.

Leia mais »
Média: 4.6 (21 votos)

Prefeitura aposta na medicina integrada para melhorar o serviço

Jornal GGN - Hoje (30), o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, inaugurou, na sede da Prefeitura, no Viaduto do Chá, o Programa Telessaúde São Paulo Redes e instaurou a Comissão Municipal de Telessaúde. A intenção é seguir os parâmetros do Ministério da Saúde para melhorar a qualidade de atendimento e atenção básica no SUS.

O programa pretende integrar o serviço médico por meio do uso de tecnologias de informação e comunicação. A Comissão Municipal vai ser presidida pela primeira-dama, Ana Estela Haddad, criadora da São Paulo Carinhosa, que promove ações voltadas para a infância. O comitê vai ser formado por membros de entidades e universidades e vai interagir com o Núcleo Técnico-Científico, que será responsável pela formulação e gestão dos trabalhos.

A teleconsultoria é uma espécie de consulta realizada entre trabalhadores da área da saúde, para esclarecer dúvidas sobre procedimentos clínicos e outras questões relativas ao processo de trabalho. Já o telediagnóstico usa tecnologias da informação e comunicação para realizar serviços de apoio ao diagnóstico. A vantagem é que eles podem ser feitos em tempo real, por telefone, chat, ou videoconferência.

Leia mais »

Média: 5 (10 votos)

Antes de relatório oficial, secretário de Saúde responsabiliza gestor de Santa Casa

 
Jornal GGN - A auditoria nas contas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo ainda não foi concluída. Mas o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, David Uip, quis evitar consequências negativas na disputa eleitoral, faltando alguns dias para a população decidir nas urnas. Antecipou-se e anunciou o que seriam as conclusões da auditoria, responsabilizando unicamente o gestor da unidade, Kalil Rocha Abdalla, por esgotar os recursos da instituição.
 
"Trata-se de uma desnecessária e inoportuna politização do debate que em nada ajuda a buscar soluções adequadas para o atendimento à população", disse o Ministério da Saúde, em nota oficial.
 
A pasta federal informou que as declarações de Uip "não refletem o consenso entre os membros da Comissão Técnica criada para avaliar a situação e gestão da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo". E completou: "a pasta lamenta que a secretaria estadual esteja divulgando seu posicionamento institucional como conclusões da Comissão".

Leia mais »

Média: 1.8 (5 votos)

Ator Mark Rufallo, o Hulk, retira apoio à candidatura de Marina Silva

Sugestão de Mara L. Baraúna

do Muda Mais

Hulk apoiou Marina Silva, mas já caiu fora

Ao que parece, Hulk ficou furioso com Marina Silva. Assim como o programa de governo da pessebistanão durou 24 horas, o apoio do ator estadunidense Mark Ruffalo a Marina , divulgado em vídeo pelas redes sociais no domingo, já não existe mais.

Em texto divulgado hoje em seu site(link is external), Ruffalo afirma que ficou surpreso ao saber que  Marina Silva não apóia o casamento entre pessoas do mesmo sexo. “O que me colocaria diretamente em conflito com ela”, afirmou, lembrando que ele lutou pelo casamento igualitário em seu país e que ele “vê isso como reflexo da qualidade de um candidato”. Ruffalo acabou de lançar o filme The Normal Heart, em que seu personagem é um escritor homossexual que se torna um grande ativista (parece que na vida real também).

Ruffalo declarou ainda que não sabia que ela tinha esta postura quando gravou o vídeo de apoio à candidata. “Eu não posso, de forma consciente, apoiar uma candidata que tenha tal abordagem de extrema direita com relação a questões como casamento gay e direitos reprodutivos das mulheres, ainda que esta candidata tenha intenções certas sobre as questões ambientais”.

Leia mais »
Média: 5 (10 votos)

São Jerônimo, patrono dos tradutores

Por Denise Bottmann

Aproxima-se o dia internacional do tradutor, 30 de setembro. o padroeiro do ofício é são jerônimo: nascido em 347 na croácia e falecido em 30 de setembro de 420 em belém, foi quem traduziu a bíblia para o latim, a famosa "vulgata".

Bíblia de Gutenberg da Biblioteca Pública de Nova Iorque, uma das edições da Vulgata, a obra-prima de Jerônimo.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Fórum: Centros de Pesquisa para o desenvolvimento tecnológico do Brasil

 
Dia 07 de outubro, em SP, evento abordará o crescimento do país através dos institutos de pesquisa 
 
O desenvolvimento da sociedade brasileira requer a contribuição de lideranças da comunidade cientifica na efetiva difusão de conhecimento de suas áreas de especialidade. As pesquisas apresentam oportunidades para transformar a complexidade dos desafios e soluções em conhecimentos que possam beneficiar a curto ou médio prazo a sociedade. O fórum de debates "Os centros de pesquisa no país", organizado pelo Brasilianas.org, promoverá o encontro de especialistas para abordar os avanços e as dificuldades do setor de pesquisa e quais investimentos são necessários para o desenvolvimento de inovações. 
 
O evento contará com a participação do reitor da Universidade Federal do ABC, Klaus Capelle, do gerente de bioeletricidade da União das Indústrias de Cana de Açúcar (ÚNICA), Zilmar de Souza, da coordenadora do Centro Nacional de Referência em Biomassa (CENBIO), Suani Coelho, do diretor corporativo da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS), Jaime Verruck, do diretor de Planejamento do Parque Tecnológico de São José dos Campos, Elso Alberti Jrº e do gerente executivo de Gestão do Conhecimento do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Raimar Bylaardt, além de outros nomes. Se inscreva pelo 0800 169966 (ramal 23 e 24) ou eventos@advivo.com.br. 
 
52º Fórum de Debates Brasilianas - Os Centros de Pesquisa no País
 
07/10/2014
Das 09h00 às 19h00
Local: Hotel Intercontinental - Auditório Giorgi
Alameda Santos, 1123 - Jardim Paulista - São Paulo
 
Programação:
Média: 5 (1 voto)

Petistas dizem que mensalão prejudica Padilha em SP, e Dirceu se irrita

 

Jornal GGN - O jornal O Globo repercutiu a entrevista do prefeito de São Bernardo do Campo (SP) e coordenador da campanha de Dilma Rousseff em São Paulo, Luiz Marinho, ao Estadão, na qual o petista diz que Alexandre Padilha, candidato ao governo de São Paulo, ainda sofre com os estragos provocados pela Ação Penal 470, mais conhecida como mensalão.

Segundo o jornal do Rio, Dirceu, que passou o final de semana em casa, teria reagido muito mal às declarações de Marinho. A assessoria do ex-ministro nega que ele tenha comentado o assunto e, oficialmente, Dirceu também não pode dar entrevistas para ninguém.

O Globo, por outro lado, afirma que Dirceu classificou as declarações de Marinho culpando os mensaleiros pelo desempenho ruim do PT no Estado como "inaceitável". "Como ele (Luiz Marinho) diz uma coisa dessas?! — afirmou Dirceu a interlocutores", diz o jornal.

Padilha, de acordo com a última pesquisa Datafolha, aparece em terceiro lugar na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, com apenas 9% das intenções de voto. Dilma, no Estado, tem apoio de 27% dos paulistas, indica o mesmo instituto, contra 34% de Marina Silva (PSB). Geraldo Alckmin (PSDB), atual governador, seria eleito no primeiro turno.

Leia mais »

Média: 2.7 (12 votos)

Os 45 anos do assassinato de Vírgilio, primeira vítima da ditadura

Sugestão de Alan Souza

do Blog de Mário Magalhães

O 1º desaparecido da ditadura: há 45 anos, matavam Virgílio Gomes da Silva


Mário Magalhães
 


blog - virgilio de bicicleta

Virgílio Gomes da Silva (1933-1969), um brasileiro – Foto arquivo de família

Nesta segunda-feira, 29 de setembro de 2014, faz 45 anos que agentes da Operação Bandeirante prenderam e torturaram até a morte o operário Virgílio Gomes da Silva.

Comandante militar da organização guerrilheira Ação Libertadora Nacional, Virgílio foi preso de manhã e padeceu até algum momento entre  a noite daquela segunda-feira e a madrugada do dia seguinte, 30 de setembro de 1969.

Seu corpo jamais foi devolvido à família. Conhecido pelo nome de guerra “Jonas'', Virgílio tornou-se o primeiro “desaparecido político'' da ditadura parida em 1964. Há mais de 130 deles, e muitos filhos, irmãos, mães, pais e amigos ainda sonham em se despedir dos seus mortos com um enterro digno.

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Bebida é água, comida é pasto... entoa Marisa Monte

Sugestão de NickName

Leia mais »

Média: 4 (4 votos)

Pesquisadores brasileiros buscam apoio estrangeiro na área da Saúde

Jornal GGN - Pesquisadores, empresários e profissionais brasileiros se reuniram em Boston (EUA) para o 4º Laboratório de Aprendizagem em Inovação da Rede Diáspora Brasil, realizado com o objetivo de identificar oportunidades de colaboração no exterior. Os grupos de trabalho discutiram possibilidades de desenvolvimento conjunto na área da saúde, como medicina regenerativa, nanotecnologia, biofármacos, órteses e próteses e diagnósticos médicos.

A intenção é estruturar uma plataforma de conexões que desenvolva as agendas setoriais para a indústria brasileira. Para a presidente substituta da ABDI, Luisa Campos Machado Leal, os desafios para a política industrial brasileira são de mitigar as fragilidades da indústria e criar novas competências.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Teori Zavascki suspende ação contra militares no caso Rubens Paiva

O ministro Teori Zavascki considerou que a denúncia do MPF era incompatível com a Lei da Anistia

Jornal GGN - O ministro Teori Zavascki do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou a suspensão de ação penal contra cinco militares acusados de envolvimento no desaparecimento e morte do deputado federal Rubens Paiva, em janeiro de 1971, por meio de liminar deferida. 

Zavascki defendeu a posição apoiando-se na Lei da Anistia, pela qual a Suprema Corte julgou a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 153, determinando constitucional a Lei. Assim, o ministro considerou que a denúncia do Ministério Público Federal contra os cinco militares era "incompatível".
 
“São relevantes os fundamentos deduzidos na presente reclamação. Em juízo de verossimilhança, não há como negar que a decisão reclamada é incompatível com o que decidiu esta Suprema Corte no julgamento da ADPF 153, em que foi afirmada a constitucionalidade da Lei 6.683/1979 (Lei de Anistia) e definido o âmbito da sua incidência (crimes políticos e conexos no período de 02/09/1961 a 15/08/1979, entre outros)”, assinalou Teori Zavascki.
Média: 1.8 (5 votos)

As variadas cores da vida política de San Tiago Dantas, por Oscar Pilagallo

do Valor

As variadas cores da vida política de San Tiago Dantas

Por Oscar Pilagallo

San Tiago Dantas: associou a defesa da liberdade política interna e o combate ao totalitarismo nazista e fascista

O primeiro de dois volumes da biografia de Francisco Clementino de San Tiago Dantas (1911-1964) apresenta o personagem antes do seu protagonismo na política brasileira, que se deu sobretudo durante a primeira metade dos turbulentos anos 60.

Líder parlamentar e jurista de talento reconhecido, Dantas esteve por trás de alguns dos grandes acontecimentos de sua época. Em agosto de 1961, na crise institucional aberta pela renúncia de Jânio Quadros, o deputado pelo PTB integrou a comissão que redigiu o projeto instituindo o parlamentarismo - a solução encontrada para contornar o impasse político provocado pelo veto militar à posse do vice-presidente, João Goulart.

Na sequência, ao assumir o Ministério das Relações Exteriores, Dantas executou uma política externa independente, baseada na autodeterminação dos povos e na ampliação do mercado brasileiro. Durante sua gestão, o Brasil reatou relações com a União Soviética, que haviam sido rompidas em 1947, no início da Guerra Fria.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Marina diz que PT mente e tenta explicar votação da CPMF

Jornal GGN - Alvo do PT pelas contradições ou recuos durante a campanha, a presidenciável Marina Silva (PSB) enviou uma nota à imprensa na tentativa de explicar a polêmica em torno da votação da CPMF. Propagandas eleitorais e a própria presidente  Dilma Rousseff exploram, nas últimas semanas, a atuação de Marina em relação ao tema. No debate do último domingo, Dilma disse que está "estarrecida" ao ver Marina agir como se não tivesse votado contra a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira quatro vezes.

Em nota, Marina diz que o PT "distorce a realidade" e que a verdade é outra. "A então senadora pelo PT se opôs a todas as propostas em debate que ofereciam a possibilidade de distorção da finalidade social da CPMF, em especial aquelas que permitiam o uso dos recursos da contribuição para tampar os rombos das contas do governo federal."

Veja a nota, abaixo.

"Vamos aos fatos e ao contexto:

Em 22 de outubro de 1996, o Senado aprovou a lei que regulamentou a CPMF, que passaria a ser recolhida a partir de janeiro do ano seguinte. Não houve qualquer alteração no projeto que a Câmara aprovou. O único voto contrário foi o do senador Fernando Bezerra (PMDB-RN).
A votação no Senado foi simbólica, sem registro eletrônico do voto. A bancada do PT no Senado – e Marina era senadora pelo PT no período – foi favorável ao projeto, de maneira contrária ao que decidiram os deputados do partido.

Leia mais »

Média: 1 (13 votos)

PT já pensa em como controlar Dilma 2, por Raymundo Costa

do Valor

PT já pensa em como controlar Dilma 2, por Raymundo Costa

O PT passou a considerar a hipótese de vencer a eleição presidencial no primeiro turno, em reunião realizada pela coordenação da campanha da presidente Dilma Rousseff, após o debate da Rede Record. "Não é provável, mas também não é impossível", dizem os integrantes do comitê eleitoral da reeleição, tendo por base uma série de números positivos mostrados pelas últimas pesquisas.

Essa hipótese será maior, na avaliação da campanha da presidente da República, se a candidata Marina Silva (PSB) repetir no debate da TV Globo, marcado para o dia 2, quinta-feira, o mesmo desempenho que teve no debate da Record, na noite do último domingo. Marina estava na defensiva. Aparentemente sentiu o impacto da queda nas pesquisas e perdeu um pouco do ímpeto que exibiu em outras ocasiões.

Dilma, ao contrário, incorporou o papel da "gerentona", investiu contra os adversários e deixou claro que eles podiam atacar, que ela estava preparada para rebater qualquer acusação. Aécio foi bem, segundo avaliação dos petistas, mas nada a ponto de mudar o curso de uma eleição que caminha para um segundo turno entre Dilma Rousseff e Marina Silva, se não se concretizar a possibilidade remota de o PT não ganhar no domingo mesmo.

Leia mais »

Média: 2 (6 votos)

Gasto público mundial em saúde e o SUS, por Rafael Barbosa

Artigo do Brasil Debate

Por Rafael da Silva Barbosa*

Nos últimos 40 anos, as transformações resultantes do capitalismo contemporâneo orientado à lógica neoliberal têm condicionado o debate sobre o papel do Estado na sociedade, questionando sua capacidade garantidora de bem-estar, ou seja, a eficiência do gasto público.

A emergência de medidas profiláticas aos efeitos da crise econômica mundial intensificou as indagações acerca da temática. São crescentes as propostas de arranjo político-econômico-social para as quais se define a participação estatal que assegure a qualidade de vida da sociedade mediante a racionalização dos recursos disponíveis.

Para a saúde, além deste, o aumento da carga epidemiológica das doenças crônicas surge como variável explicativa para modificações nos atuais sistemas de saúde no mundo com alteração da linha dos cuidados em saúde. O que, por sua vez, em última instância, implica outra estrutura de custo, vista por alguns especialistas da área como insuportável ao poder de oferta pública dos serviços.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)