O projeto da Petrobras é promover a concorrência contra a Petrobras, por Andre Motta Araujo

Não há na história das grandes corporações projeto semelhante. O mercado conquistado é um ativo da empresa, é um VALOR que compõe seu patrimônio. Não cabe ao presidente da empresa agir contra o interesse da corporação que preside.

O projeto da Petrobras é promover a concorrência contra a Petrobras

por Andre Motta Araujo

O presidente da PETROBRAS lança novamente seu único projeto, o de criar concorrentes para dividir o mercado que a empresa conquistou em 66 anos de história, mega investimentos, muito trabalho e dedicação de seus engenheiros e trabalhadores, construindo refinarias do zero em charcos e matagais.

Não há na história das grandes corporações projeto semelhante. O mercado conquistado é um ativo da empresa, é um VALOR que compõe seu patrimônio. Não cabe ao presidente da empresa agir contra o interesse da corporação que preside.

Pelas regras do capitalismo, das sociedades de capital aberto aqui e no resto do mundo, o CEO de uma empresa deve lealdade a companhia e não a outros interesses ou objetivos. Se é uma política de Estado diminuir o papel da PETROBRAS cabe esse projeto ao Ministro de Minas e Energia, ao CADE, à Agência Nacional de Petróleo e, de outro lado, cabe ao presidente da PETROBRAS defender a companhia que preside contra prejuízos que esse projeto de Governo causará à PETROBRAS. MAS jamais é papel do dirigente maior da empresa ajudar a desmontá-la, a desmanchar seus ativos e com isso a empresa perder valor em posições de mercado. Acionistas minoritários irão processar a empresa por jogar fora ativos que compõe seu valor de mercado. A PETROBRAS é alvo preferencial desse tipo de ação, já tem gente se preparando.

O presidente da PETROBRAS pretende agora dividir ou sair do mercado de gás, o mais promissor das novas formas de energia, isso depois de defender a venda de OITO das 13 refinarias da PETROBRAS. Neste último caso o prejuízo será imenso, não se trata apenas da venda de ativos físicos, ao vender refinarias que são únicas em cada região, a PETROBRAS dá de graça o mercado de combustíveis daquela região, mercado que hoje é da PETROBRAS. Ora, o mais valioso não é a refinaria em si, é o MERCADO que ela domina e que vale várias vezes o ativo físico da refinaria. Quando alguém vende uma padaria bem localizada, o valor maior não está no balcão e no forno, está na freguesia, uma padaria do mesmo tamanho em bairro despovoado vale muito menos. Então qual o motivo, do ponto de vista da empresa PETROBRAS, para se desfazer de refinarias dominantes em mercados estratégicos do País? Vai aumentar a concorrência, diz o presidente da PETROBRAS, sim e em que isso beneficia a PETROBRAS, não é sua função trabalhar para concorrentes.

Leia também:  Crise política e perspectiva: um jogo de engenho e paciência, por Sérgio Eduardo Ferraz

A LENDA DO PREÇO BAIXO

Diz o presidente da PETROBRAS que a divisão do mercado de gás fará os preços baixarem até 40%. Qual a base dessa afirmação? Como é possível determinar isso? Quer dizer que a PETROBRAS cobra pelo gás 40% a mais do que deveria cobrar? Se o gás pode ser barateado em 40% por que a PETROBRÁS não pratica essa política de preços? Nada faz sentido.

Na esteira do PLANO REAL o Ministro Malan dizia que era bom liquidar os bancos estaduais e trazer bancos estrangeiros porque isso baixaria os juros, vieram os bancos estrangeiros Santander e HSBC, este último comprando um banco popular, o Bamerindus, forçado a se vender pelo Governo por alegadas pequenas irregularidades, a ideia era a mesma lenda neoliberal, OS JUROS VÃO BAIXAR. Não baixaram.

É a mesma lenda da cobrança de bagagem nos voos. Dizia a ANAC, “os preços das passagens vão baixar” após a cobrança pelas malas. NÃO BAIXARAM.

Porque se deve acreditar que o preço da gasolina e do diesel vai cair após a PETROBRAS entregar o mercado para a Shell e para a Exxon?

As aberrantes declarações do presidente da PETROBRAS estão passando em branco pela mídia econômica. Não há uma única análise crítica sobre o projeto de desmanche da PETROBRAS, uma privatização branca com desculpas esfarrapadas, diz que vende refinarias e o sistema gás para investir no pré-sal, mas as plataformas do pré-sal TAMBEM estão sendo vendidas em cotas para multinacionais do petróleo, o GASEN, gasoduto estratégico já foi vendido, a única tarefa da nova gestão da PETROBRAS é o desmanche da empresa, qual será a etapa final? A venda da marca LUBRAX e do prédio sede, já devem estar cuidando disso, é uma questão de tempo, que tal vender o Fundo PETROS para o Bank of America?

Leia também:  O espetáculo grotesco da reunião ministerial de Bolsonaro, por Adriana Coelho Saraiva

AMA

O GGN ESTÁ EM CAMPANHA NO SITE “CATARSE” PARA LANÇAR UMA SÉRIE DE REPORTAGENS E UM DOCUMENTÁRIO INÉDITO SOBRE PREVIDÊNCIA, TOMANDO AS CONSEQUÊNCIAS DA CAPITALIZAÇÃO NO CHILE COMO EXEMPLO DO QUE O GOVERNO BOLSONARO DESENHA PRO BRASIL. PARA SABER MAIS E APOIAR ESSE PROJETO, ACESSE: www.catarse.me/oexemplodochile

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

19 comentários

  1. Andre. existe todo um arcabouço de leis que visam evitar a formação de monopólios, aqui e no mundo.

    Se o Monopólio privado é ruim explique porque o monopólio público é bom?

    Por favor.

    1
    2
    • Li de Brusque : Aqui? Somos a Pátria dos Monopólios e Oligopólios Estrangeiros a criticar os Empresários Brasileiros. O Empresariado Brasileiro das Grandes Corporações não representam 5% das Empresas no Brasil. Somos a Pátria onde Empresas não são obrigadas a divulgar seus Balanços Auditados. Quando os Preços Estratosféricos e Criminosos ficam inaceitáveis, então acusam a Carga Tributária e o Tomate. Ou seja Somos a Pátria dos Otários. E temos orgulho disto !!!! Falando nisto ADEUS EMBRAER !!! ADEUS PETROBRÁS !!!! ADEUS ODEBRECHT !!! Mais de 1.000.000 de empregos Altamente Remunerados e Especializados, por que não são os ‘ratos’, nem a falta de controle sobre o Estado, nem mesmo os Corruptos nosso real problema. São as Empresas e seus Empregos. Não Nos faltam nem as penas….

      1
      1
    • Respondendo à sua questão puramente ideológica, típica dos crentes que não pensam, mas acreditam:
      Os monopólios privados não são bem vindos porque beneficiam privados. Muito à poucos. Simples assim.
      Já os monopólios públicos podem ser bem vindos porque beneficiam … o público.
      Basta vc pensar em privatizar exércitos ou segurança pública, etc. e imaginar as barbaridades que podem acontecer. Ou, num país de pobres e miseráveis que não têm dinheiro sequer para comer e morar, privatizar a saúde, a educação, a previdência dos velhinhos porteiros, lavradores, pedreiros e desempregados doentes.
      Ainda assim, com o apoio de crentes ativos como V.Sa., o mundo está cada vez mais monopolizado, seja no privado ou no público, inclusive sobre riquezas comuns e até essenciais à vida, como água, eletricidade hidráulica, eólica e solar, riquezas minerais públicas (ex. pré-sal e agora o “pré-gás”), etc. e tal
      Ou vc pode escolher a sua fornecedora da essencial energia,me diferente da Enel, no Rio e em Sampa, ou seu gás canalizado nestas mesmas “pequenas cidades? Tudo aqui falado construído duramente, por décadas com o seu dinheiro (imagino que V.Sa. seja contribuinte).
      E tudo entregue de mani baciate (vc deve ser fã do Moro) para monopólios privados que cada vez mais concentram riqueza, némêz?
      Vai, faz perguntinhas menos obviamente religiosas e mais inteligentes, vai…

    • Porque o mercado continuará como monopólios regionais ou como oligopólios. O papel de uma empresa de um setor estratégico como o do petróleo é garantir o abastecimento até em regiões não rentáveis e servir à sociedade, regulando o preço de derivados, absorvendo oscilações do preço do petróleo. Não o que está sendo feito agora. Mas o povo acha melhor que venham estrangeiros lucrar em cima dos ingênuos brasileiros que acham que o PT roubou e quebrou a empresa. Bom futuro pra quem quer assim. Faz favor.

  2. AntiCapitalismo de Estado. O Brasil e os Brasileiros foram sendo doutrinados a isto, década após década. Nossos ‘Democratas Socialistas AntiCapitalistas’ ainda posam de simples mortais, pobres, abnegados no seu ‘sacerdócio’ por uma Sociedade Igualitária. Tiveram algum retorno financeiro com Política? Jamais !!!! Lucraram em participações de Estatais que tornaram-se MultiNacionais Estrangeiras e S/A’s? Como pôde pensar algo assim?!!!! Milionários? Blasfêmia !!!! Tudo pelo bem do Brasil. Apenas isto !!!! A venda das Estatais inigualavelmente lucrativas, cobiça de todo planeta é apenas por melhor Gerenciamento, fim de uso de Empresa e Capital para Corrupção, melhores serviços e preços. O Estado (que Somos Nós AntiCapitalistas) ficará sob Nossa guarda para administração desta Nova Ordem. E logicamente coibir o uso maléfico destas Estatais ( Estatais que são gerenciadas e administradas por Indicações deste Poder Político. Não é Surreal?!!!) Lucro, Capital, Investimentos, Tecnologia, Diminuição de Importações, Ascensão Social, Salários, Empregos, Empregos, Empregos, Empregos Qualificados e melhor remunerados não são a saída, objetivo e perspectiva que a Sociedade Brasileira vislumbre como solução de grande parte dos problemas sociais da Nação. Foram doutrinados a não enxergar o abismo à sua frente. Quando à beira do penhasco, creem que é apenas fatalidade. Tirar doce de criança? Existe algo semelhante no restante do Mundo? Pobre país rico. O óbvio nos parece tão incompreensível.

  3. Finalmente nosso Douto Ministro da Economia descobriu que só a reforma da Previdência não será suficiente para ativar a roda da Economia.
    Liberou alguns bilhões do Depósito Compulsório dos Bancos comerciais no Banco Central para que tenham como emprestar dinheiro para grandes indústrias e comércio a fim de iniciarem novos negócios…
    Eeeeepa! Mas espera aí! Como estes grandes empresários vão apanhar este dinheiro se não tiverem consumidores potenciais?!?!?!
    Não seria mais lógico, ao invés de tentar fazer a Roda da Economia girar, indiretamente através dos bancos, fazê-la girar diretamente através do aumento dos consumidores?!?!?
    Como??? Aumentando os salários.
    Douto Ministro, Vossa Excelência é uma besta…
    Não me importo da rotação do poder entre direita e esquerda… Mas esta Direita é uma catástrofe!!!!
    Até eu, um ignorante em Economia, sou capaz de vislumbrar soluções razoáveis, porque Vossa Senhoria é tão estúpida????

  4. De Brusque , a discussão não é monopolio mas sim roubo mesmo. A descoberta do pre-sal e o desenvolvimento da tecnologia de perfuração em águas profundas foi feita com muitos gastos e e dinheiro do estado brasileiro. Sob a desculpa ideológica de competitividade versus monopólio, estatais versus privado, vendem nosso presal para estatais norueguesas ou para o cartel petrolífero. Portanto não é nem o estatismo nem a competitividade que está em jogo. O que está em jogo é o puro roubo de nossas riquezas e com certeza alguem esta ganhando muito dinheiro enquanto continua enganando as pessoas com um discurso ideiológico liberal. Se fosse liberal e anti estatal não teriam vendido nossos aeroportos para estatal espanhola, e nem venderia para petrolíferas estatais. Sem falar no Pedro Parente defendendo os interesses de fundos abutres da bolsa de Nova york contra a companhia que presidia. Duvido que um presidente de Companhia privada com ideiais liberais aceitaria vender bem baratinho partes de sua companhia para seus competidores, tudo em nome da competição. Pois é isto que o presidente da Petrobrás não apenas faz como tambem defende. Isto me parece a epoca que a Light Power canadense, detinha o monopolio da eletricidade no Brasil. Em nenhum momento a companhia aceitou fatirar para outras companhias.

  5. Ora!!! Se somos produtores de petróleo, o aumento do preço internacional deste insumo não deveria ser problema!?!? Ao contrário deveria ser motivo de bom augúrio, e não pretexto para aumentar o combustível nos postos de gasolina.
    Vão privatizar tudo, menos a prospecção!!!! Lógico! É a vocação da Petrobras! É o maior risco! Já pensou furar um poço seco? Quem paga ou pagou? O povo brasileiro!!!
    Estão nos fazendo de idiotas…

  6. Caro André, imaginemos um novo presidente da (por ex.) Shell (ou congênere), declarando em seu discurso de posse algo como: “precisamos DIVIDIR ou ENTREGAR à nossa CONCORRÊNCIA nossas refinarias, poços, oleodutos, equipamentos de produção e transporte, rede de postos de combustíveis, unidades petroquímicas e quetais”.
    Isso seria um BIZARRO ESCÂNDALO em qualquer país capitalista deste planeta.
    Só pode acontecer se são traidores e vendidos aqueles que são apenas os REPRESENTANTES dos DONOS.
    (a União, nós os brasileiros, contribuintes que investimos com nosso impostos na formação desta gigante brasileira). Não são “representantes” de si próprios, dos concorrentes ou do tal “mercado”.
    Pura ideologia/ou e interesse em negócios, seja do nomeador do “presidente”, seja do Conselho.
    Crentes e/ou vendidos, não pode haver outra hipótese.

  7. Santa Cruz, esse pessoal aqui parece que nunca ouviu falar em Lava Jato…. A corrupção na empresa derrubou o governo que vcs apoiavam cegamente e agora se dizem não entender porque temos que privatizar todas as empresas.

    Acordem galera, empresa pública é foco de corrupção e ineficiência. Estamos há décadas patinando com a loteamento de cargos nelas, corrupção que desvirtua o sistema político com dinheiro roubado das estatais, eficiência de compadrio que beneficia os apaniguados de determinado partido ou outro. Assumamos a nossa incapacidade de regular e lidar com isto. O Estado não pode gerir, administrar, se meter em áreas econômicas não sensíveis à segurança nacional. Leiam Popper e Hayek e tentem aprender algo, porque os países ricos são ricos e os pobres são pobres e continuam a repetir essa sina.

    • Das 20 maiores companhias de petroleo do planeta 13 são estatais, quase todas tem corrupção, mas NENHUMA está a venda e todas estão crescendo, 91% das reservas mundiais de petroleo (1,114 bilhão de barris) são de petroleiras estatais, a corrupção na Petrobras levantada foi de 770 milhões de Reais, só de multas e indenizações provocadas pela Lava Jato a PETROBRAS já pagou US$5,4 bilhões (2,9 bilhões aos minoritarios e 2,5 bilhões ao Departamento de Justiça dos EUA)
      equivalentes a mais de R$20 bilhões, a campanha anti corrupção custou vinte vezes mais do que a corrupção, a PEMEX e a SAUDI ARAMCO estão construindo as duas maiores refinarias do mundo e
      nos estamos vendendo a PETROBRAS, é estatal há 66 anos e se constituiu numa potencia com ou sem corrupção, tambem há mega corrupção de OUTRO TIPO (bonus absurdos para executivos) em
      empresas privadas ou vc acha que a VALE não causa prejuizo ao Pais?

      • André, te fiz uma pergunta lá em cima. Se os monopolios são combatidos pelos governos, porque o monopólio estatal não deveria?

        • O monopolio estatal pressupõe interesse publico mas hoje não há mais monopolio estatal de petroleo, a Exxon poderia construir uma refinaria mas sera muito mais barato comprar uma pronta por metade do preço. Grande parte do pre-sal já é privado, assim como boa parte da distribuição, do gás de botijão, dos lubrificantes e tancagem.

    • junior : o inacreditável é que no Brasil, depois demais 20 anos das PRIVATARIAS, ainda existam Brasileiros que pensam como você. E são muitos. A ignorância não é uma benção, pelo contrário, é uma lástima. Acreditam que o SOFÁ é o responsável por toda a situação. Parabéns !! Joguem fora o SOFÁ. Fora toda a definitiva explicação de AA na resposta, ainda acrescentaria que a tal ” Força Política “, que chega ao Poder na Redemocracia, que reescreve a Constituição tornando-a ‘Cidadã’, que se auto proclama ANTI Capitalista, que jura o combate intransigente e incansável contra a CORRUPÇÃO, que usará de toda a sua força e recursos por Políticas Sociais em Benefício da População Brasileira. A mesma que recebeu todas estas Empresas sendo 100% Estatais e Brasileiras, depois de 3 décadas de mal feitos, destruição do Patrimônio Brasileiro, uso Político da Máquina e Estatais Nacionais, por Diretores, Gerentes, Ministros, Executivos, Conselheiros, que Eles mesmos indicaram, afirmam que ‘ALGUÉM’ usou indevidamente tamanho Poderio Econômico de forma indevida e corrupta, e por isto é necessário a Venda deste Patrimônio todo. O PROBLEMA estaria no Patrimônio, Soberania e Recursos Brasileiros. E grande parte da População continua comprando esta estória?!!!! A Surrealidade realmente encontrou a sua Pátria !!! Falar mais o que? É inacreditável !!!!!!!!!

  8. Prezado André,
    Pelas ações do governo e pela “reação” do povo é que eu sinto que caminhamos para um pesadelo.
    O “projeto”, como já disse, é transformar o Brasil numa colônia produtora de plantaction: soja, cana e gado.
    Fazendas industrializadas para empregarem o mínimo de “gente”.
    SEM CLASSE MÉDIA.
    Uma neocolonia em que as riquezas minerais e a terra serão de estrangeiros.
    O Brazil!
    Ninguém perde por esperar, nem os bolsominions…

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome