Câmara já criou manobra para aprovar hoje a anistia ao caixa 2 sem constrangimentos

Jornal GGN – A Câmara dos Deputados já criou uma manobra para aprovar, sem constrangimentos, a anistia geral ao caixa 2 eleitoral dentro do pacote anticorrupção do Ministério Público Federal.

Segundo informações da Folha, nesta terça (22), os parlamentares vão deflagrar uma votação simbólica, para evitar uma chamada nominal que denuncie quem foi a favor de livrar políticos de acusações de lavagem e corrupção por conta do uso de recursos não declarados em campanhas.

Dentro dessa iniciativa da Câmara, também deve ser aprovada uma cláusula que permite que procuradores e juízes sejam julgados por crimes de responsabilidade, contrariando a força-tarefa da Lava Jato.

A manobra consiste, de acordo com o jornal, em aprovar o pacote anticorrupção no plenário sem votação nominal, conforme permite o regimento interno da Casa.

Porém, será preciso votar, antes, algum requerimento que exija a verificação dos votos na Casa, pois, pela lei, essa contagem só pode ser feita a cada intervalo de uma hora.

Ou seja, se algum deputado solicitar que a votação simbólica da anistia tenha “verificação”, não será possível efetuá-la no momento seguinte à votação caso um outro requerimento tiver sido aprovado antes, com a contagem.

A Câmara já havia tentado aprovar a anistia separadamente, mas a iniciativa foi frustrada pelo PSOL, que denunciou o esquema nas redes sociais.

Em entrevista recente, o juiz Sergio Moro, “simbolo” da Lava Jato nas palavras do procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa do MPF em Curitiba, deu sinal à anistia ao caixa 2 pela Câmara. Isso, claro, se os parlametares aprovarem o decálogo contra corrupção que prevê medidas como redução de recursos das defesas, uso de provas ilegais desde que obtidas de “boa fé”, entre outras situações criticadas por juristas.

5 comentários

  1. Tão pensando o quê?

    Que ainda estão lidando com amadores? Agora ficou tudo nas mãos dos profissas do PMDB e PSDB…

  2. Receber doação não declarada sem praticar ato de ofício é legal

    Acho que os condenados do mensalão que receberam doação sem declaração mas não praticaram o ato de ofício têm direito à liberdade, pois não tem lógica alguém continuar sendo punido pela prática de um crime em que outros que cometeram o mesmo crime são anistiados.

  3. Agora vai!

    Disse o emérito professor Hariovaldo, defensor da famiglia cristã e combatente ao komunismo atheo:

    Fazendo um governo de notáveis, Temer Golpista não perde a oportunidade de governar em favor dos homens bons e, após suspender o Minha Casa Minha Vida, destinado à gentalha, lançará um verdadeiro programa imobiliário, destinado aos homens de bem, usando da importante experiência de Geddel, um dos sustentáculos de sua administração. O programa se chamará More Bem Você Também, e levará apartamentos e condomínios de alto luxo para os homens bons em áreas nobres, sítios históricos e a poucos metros da praia. É de um governo assim que precisávamos, nada de perder tempo com quem não merece. Apesar de oposição comunista que tenta causar cizânia em meio núcleo duro do poder, todos estão unidos e coesos, como uma grande esquadrilha que corta os céus a saltar por sobre brancas nuvens, dando bom proveito ao tesouro nacional, como assim pediram os milhões de brasileiros que saíram às ruas contra a corrupção e a roubalheira do PT, para que finalmente tivéssemos um governo alvo, cândido, e de homens bons, como o que aí está. Alvíssaras!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome