Datafolha: 65% dos brasileiros reprovam governo Dilma e 10% aprovam

O índice de rejeição é o maior para um presidente da República desde setembro de 1992, a poucos dias do impeachment de Collor

Da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff encerrou os seis primeiros meses do segundo mandato com a maior rejeição desde que assumiu o governo, em 2011. Segundo pesquisa do Instituto Datafolha divulgada neste sábado (20), 65% dos brasileiros avaliam o governo como ruim ou péssimo, três pontos percentuais a mais que o levantamento anterior, divulgado em março.

De acordo com o instituto, o índice de rejeição é o maior para um presidente da República desde setembro de 1992, a poucos dias do impeachment de Fernando Collor de Mello. Conforme a pesquisa, 10% dos entrevistados classificaram o governo como bom ou ótimo, queda de três pontos percentuais em relação a março; 24% consideram regular e 1% não soube responder.

A rejeição está em níveis similares em todos os níveis de renda. Na parcela da população que ganha até dois salários mínimos, a aprovação da presidenta está em 11%, contra 62% de rejeição. Entre os eleitores de alta renda, que recebem acima de dez salários mínimos, Dilma é aprovada por 12% e rejeitada por 66%. Segundo o Datafolha, resultados parecidos são observados conforme o sexo, a idade e a escolaridade.

Entre as regiões do país, a pesquisa apresentou alguma variação. A presidenta tem menor índice de aprovação no Sudeste, com 7%. A avaliação menos baixa está no Nordeste, onde 14% dos entrevistados consideraram o governo bom ou ótimo. O levantamento ouviu 2.840 pessoas em 184 municípios na última quarta-feira (17) e quinta-feira (18).

56 comentários

  1. O que não avança recua

    Foi uma péssima hora para a presidenta Dilma propor um ajuste fiscal tão draconiano. Um golpe de estado aos poucos se materializa e ganha contornos evidentes. O PIG, o judiciário e a oposição estão conseguindo avançar, enquanto o governo e a esquerda assiste a tudo inertes. Existe um lema na política que diz: “o que não avança recua”.

    Portanto, é melhor o governo e os setores progressistas tomarem a iniciativa antes que seja tarde.

      • Isso. Só que o termo mais

        Isso. Só que o termo mais adequado seria esquizofrenia. Dilma não decepcionou de modo algum o eleitorado do Aécio Neves nem a dita grande mídia. Quem deveria, ou deve estar “por aqui” com ela são seus eleitores. As medidas antipáticas, a exemplo dos aumentos na energia, combustíveis etc; o viés neoliberal do ajuste na economia, tudo isso seria feito numa dimensão bem maior por Aécio Neves. 

        Essa revolta e lamúrias contra ela por parte dessa gente é cinismo puro.

         

         

  2. Governo Dilma

    Acredito que este índice de 10% é excelente. Apesar ods PIG’s. Sinceramente, não esperava tantos Brsileiros lúcidos. Acredito que a fábrica de manchetes midiática-judiciária-americanófila-mercantilista-bancária sabe que dá para espremer mais. Vão criar, fomentar, e divulgar novos factóides escandalizantes até atingir todos os fracos. Acrdito que lúcidos conscientes  que não caem nestes embustes vão acabar em 3%. É preciso muita personalidade.

    Colocando-me sempre à disposição, desde já, agradeço;

    João Teodoro.

  3. Dilma não está preocupada com
    Dilma não está preocupada com popularidade. Trabalha sério nas coisas importantes para a nação. Cabe aos politicos, aos partidos, as entidades, organizações, enfim à sociedade, zelar pela estabilidade do Pais e rechaçar os golpistas. Se é que queremos manter nossas conquistas. Acredito que sim!

  4. Paciência tem limite

    Votei nela 2 vezes. Mas agora chega. Uma pessoa tem direitos a ser e ter muitas coisas, desde que não atrapalhe as outras pessoas. E uma pessoa teimosa pode teimar com o que bem entender. Desde que não impeça os outros de viver com dignidade. Quando uma pessoa confunde sua própria existência com a dos outros começa a sair da realidade, e nenhuma pessoa tem direito a impor sua própria realidade às outras. Lula é uma coisa. Dilma é outra. E muito pior.

  5. Para o governo gastador e

    Para o governo gastador e irresponsável o ajuste ou melhor dizendo, a conta da reeleição, era inevitável. Pelo plano da Dilma e do Lula, ficaríamos 2 anos tirando o sangue do trabalhador até o fim de 2016. Aí o governo, com a folga e suas pedaladas, poderia abrir 7 milhões de vagas do FIES e distribuir dentaduras até Lula voltar, com toda sua pompa e glória. O importante não é ter projeto, mas se manter no poder.

  6.  
    … E a taxa de rejeição ao

     

    … E a taxa de rejeição ao jornal ‘Folha de São Paulo’ supera este índice!
    Idem para a credibilidade do ‘DataFraude’!…

    “Ó a minha cara de preocupado!”

     

    ***

     

    Considerando a ‘lonjura’ [Risos] para a próxima eleição presidencial e os “critérios técnicos” das pesquisas de opinião dos mais “respeitados” institutos do nosso ‘braZ$il’, o DataMessias [mais risos] fará uma pesquisa de campo que apontará aprovação do governo da presidente Dilma Rouseff da ordem de 100%!

    A margem de erro da pesquisa é de 0% para mais ou para menos!
    A pesquisa será realizada nos dias 23 e 24 de junho, especificamente, durante as noites de forró nos arrebaldes de Feira de Santana!
    Os pesquisados, moradores dos condomínios do ‘Minha Casa, Minha Vida’!
    Condomínios que já estão enfeitados “para Dedéu”!
    Pausa para continuar rindo!

    Amiga Ana, bons festejos juninos!

    E cuidado com a ingestão excessiva de licor!
    E de pesquisas também!

    Haja risos!

    Felicidades!

    Messias Macedo – direto das terras forrozeiras!

    Feira de Santana, Bahia

    República de ‘Nois’ Bananas – também conhecida por ‘braZ$il’ da [eterna] Casa Grande!

    • Pois é Webster,
       
      Essa foi a

      Pois é Webster,

       

      Essa foi a primeira pergunta que me fiz quando comecei a ler esta matéria e vi que a fonte é o Datafolha. Mas antes deste pensamento, ao ver o titulo da manchete com a imagem da Dilma, pensei ‘sacanagem do reporter”. É alguem contra a Dilma, que torce pelo impeacment dela, e está claro isso, pois estimula pensamentos contrários à presidenta, basta ver alguns dos comentários. Dizer que este indice é o mesmo que teve Collor pouco antes do impeachment é sugerir que o mesmo possa e deve acontecer a Dilma. Não esperava algo desse nível do Nassif. Da folha, da Veja, da Globo sim. Voce pode dizer,mas não foi o Nassif, foi a folha que divulgou, mas a imagem da Dilma aqui é lamentável. Favorece qualquer pensamento contrário.É estratégico.  E porque divulgar com tanta enfase esta matéria? A direita do país esconde tudo que eles querem, propagam informações mentirosas e a esquerda ingenua (será???) ajuda a propagar as mensagens mentirosas dela. Digo mentirosas por que o Datafolha é altamente suspeito. Estamos em um momento de guerra e temos alguns aliados atirando contra. É muito fácil né Nassif meter o pau na Dilma (faltam governo e oposição). E no GGN como estão as coisas? Ou voces gostam de atirar contra?

  7. Ganhou o título

    A Presidenta, pelo menos nisto ganhou de FHC. Aquele que era tido como um dos piores presidentes da história deste país, com 12% de aprovação, perdeu para Dilma, com 10% de aprovação. E pelo andar da carruagem, se deixarem ela muito tempo no cargo, é capaz de bater todos os recordes.

    Menos aprovação do que FHC! Dilma é um “jênio”!.

  8. Lava Jato foi usada para

    Lava Jato foi usada para golpe contra a Petrobras e o Brasil

     

    O ex-espião americano Snowden denunciou que a inteligência estadunidense estava espionando a Petrobras. Isto é um fato. E este fato nos autoriza a desenvolver o raciocínio que se segue.

    Não é necessário dizer que depois de assumir uma posição de independência comercial e geopolítica em relação aos Estados Unidos, e já lá vão doze anos dessa postura, o Brasil tem sido uma pedra no sapato americano, inclusive com sua associação com a Rússia e a China, nos BRICS, que são mais um peadelo para os estadunidenses. Quando o Brasil avança mais do que seria desejável para eles, está contrariando o interesse de dominação americano, que o desejaria eternamente não-forte e submisso. Os americanos bem que gostariam que no Brasil fosse restaurado um governo tipo tucano, com submissão total a eles.

    Na época da divulgação da espionagem por Snowden, o que se imaginou, inclusive o governo, foi que a espionagem sobre a Petrobras dizia respeito exclusivamente ao Pré-sal e a seus leilões de exploração dos quais naquele sobre o megacampo de Libra as grandes petroleiras americanas ficaram de fora, depois de grande polêmica.

    Hoje se percebe que não era esse o alvo da espionagem. O alvo eram os próprios negócios da empresa, em seu funcionamento normal, à procura de indícios de corrupção. Não é difícil achar pistas de corrupção em qualquer grande empresa ou instituição do mundo, quando se usa a mais avançada das tecnologias de inteligência. Os dados levantados na operação de espionagem, dependendo do potencial explosivo de seus conteúdos, seriam usados não apenas para tentar sufocar e quem sabe até destruir a Petrobras, mas também para pressionar ou até mesmo desestabilizar o próprio governo do Brasil. Portanto, não era pouca coisa o que estava em jogo por trás da espionagem à Petrobras.

    Os dados da espionagem, pelos canais apropriados, certamente foram levados a uma parte seleta da oposição brasileira. Houve o debate de como poderiam ser encaminhados de forma legal para a guerra política, já que tinham natureza ilegal e externa. Providencialmente, ou não, estava em curso a tal operação Lava Jato, que originalmente investigava lavagem de dinheiro em postos de gasolina e onde um réu prisioneiro, o doleiro Youssef, conhecedor de todos os caminhos da corrupção brasileira, tinha as condições perfeitas para reencaminhar a operação de uma maneira tal que ela pudesse envolver a Petrobras e a ela se dedicar inteiramente. O círculo havia se fechado. Tinham encontrado o veículo ideal para gerar um sério golpe político de proporções inimagináveis. Tinham encontrado a forma jurídica de viabilizar uma “lavagem” daqueles dados ilegais da espionagem americana, tornando-os legais através de investigações oficiais complementares e através das famosas delações premiadas. Por estas razões a Lava Jato se tornou tão poderosa. Por trás dela há uma gigantesca máquina política, que envolve diversas forças nacionais e estrangeiras.  

    Não se trata de Dilma ser isso ou aquilo, de Dilma ter deixado de fazer isso ou aquilo. Com esta maneira de jogar e com tantos recursos não apenas financeiros, nem mesmo um conselho celestial dos maiores brasileiros vivos e mortos poderia resistir às investidas contra o país e contra o projeto ora em andamento de levá-lo a ser uma grande potência mundial sem mais as desigualdades seculares que o caracterizaram.

    Sabemos que o êxito estimula o aprofundamento dos métodos usados. Quem garante que a Odebrecht não tenha sido também alvo de intensa espionagem? Afinal, tudo o que tem desempenho global parece ser alvo daquela fonte de  espionagem. Sabemos que Lula é muito ligado a esta empresa. As denúncias estúpidas sobre lobbies que Lula fez na África a favor da empresa, dizem muito: Não tiveram origem em investigações de nossa imprensa medíocre. Foram muito provavelmente levantados pela espionagem americana. Que mais teria ela levantado? O ambicioso objetivo seria atacar o maior líder mundial que o Brasil já teve, esteio e garantidor do atual governo brasileiro,  inspiração de diversas nações pelo caminho do desenvolvimento independente, o que o tornou uma ameaça viva à tendência e tentativa imperialista de subjugar e dominar o mundo inteiro. Como se vê, os inimigos do Brasil não são apenas nossos políticos postos na conta dos equivocados e moralmente deficientes ou nossos juízes, procuradores e bandidos delatores cobertos de sede de fama e concupiscência. Por trás deles há um bicho poderoso. Mas não é um bicho invencível. Ele tem também suas enormes fraquezas. Neste jogo todo, estamos vendo o papel triste de nossa oposição política, coberta não apenas de sérios indícios de traição nacional, mas também de uma sucessão de ridículos tão profundos que a nossa mídia de direita não tem mais como tentar convertê-los em coisa séria sem risco de que também mergulhe no ridículo. O Brasil vai encontrar uma forma de desarmar essas armadilhas todas e seguir em frente, mas vai custar muita luta e empenho por parte dos verdadeiros interessados no país e em seu progresso material e social.

    • É isso aí !
      Há tempos venho

      É isso aí !

      Há tempos venho “cantando esta pedra” .

      Faltou você incluir na espionagem da CIA/NSA alguns membros do Poder Judiciário (especialmente os localizados no DF)  .

      Está nítido que altos membros do judiciário estão acuados .

      Creio que o PIG (braço direito do Pentágono) possui extensos segredos de alguns membros do judiciário .

      Há chantagens escabrosas em vários escalões da república .

  9. O que temos no momento é uma

    O que temos no momento é uma ofensiva da direita, explicitada pela maioria conservadora no parlamento em colisão com o executivo. Já nisto está posta uma crise. Emparedada pelo parlamento conservador, pela justiça , a campanha da mídia (na verdade líder da ofensiva da direita) e a pressão do mercado, o ajuste fiscal e Levy resultaram como imposição e não como escolha. A palavra está com a sociedade civil. Onde sempre deveria ter estado.

    Organização de um ampla Frente pela Democracia.

  10. A INVERSÃO DE VALORES INDUZIDA PELA MÍDIA VENAL

    Dito assim pelo Nassif, reconhecidamente um democrata, e estampada em seu blog em letras garrafais como se fora uma manchete do famigerado jornal O Globo, há de se imaginar que o Governo Dilma realmente acabou e só nos restaria curvar a cabeça e aceitar a atroz realidade de que Aécio e sua famigerada turma venceram.

    Não é bem assim, creio, e o nobre jornalista Nassif há de reconhecer.

    Dilma tinha ampla aprovação da sociedade, até que a mídia infame, encabeçada pela Globo, iniciou o processo de extermínio moral do partido dos trabalhadores e suas lideranças mais representativas, o que, inevitavelmente, haveria de respingar na honrada presidenta, uma cidadã que deveria ser considerada, isto sim, como verdadeira heroína, por haver dedicado toda sua vida ao país, inclusive sob risco de perder a própria vida,vez que brutalmente torturada nos porões da ditadura.

    Pela reconhecida competência do articulista Nassif e sua inquestionável honestidade jornalística, acredito que prestaria maior serviço à democracia se mostrasse à sociedade exatamente isso que aqui expresso, e que há anos venho tentando fazer no meu Twitter, através de 30 mil posts, sem, contudo, obter o mesmo resultado que Nassif certamente alcançaria com um simples texto de lauda e meia.

    Atenciosamente,

    James Kafka 

  11. Enquanto surfou na onda da

    Enquanto surfou na onda da popularidade alta a presidente conseguiu de uma enfiada demitir sete ministros, a estupida faxina, arrochar o salario do servidor e implantar a economia da merreca que ela tanto gosta (afinal deu uma paulada no pib, e o coitado murchou, e queria modificar a formula do minimo por que achava muito alto) o resultado é esse mesmo, quem tem cabeça rescessiva o resultado é recessão; agora vem com o velho papo de isenções, de incentivos, e para o trabalhador? Ferro, ferro, e mais ferro, e é esse quem vota..

  12. Soma

    Conta de padaria: quatro para cinco anos de crescimento ridículo do PIB + desastre cósmico na seara política + péssima comunicadora + ministério surdo-mudo + teimosia continental= Lula em perigo. PT acuado e deprimido. Legado do maior governo da história em risco.    Nem surtar e partir pra cima ela vai conseguir. Não, é assim a democracia….

  13. É impossivel a concretização

    É impossivel a concretização de uma agenda desenvolvimentista, que conflta com o capital financeiro e rentista e com os lucros de setores monopólicos, sem o apoio organizado da sociedade civil. Foi a subestimação deste dado que enfraqueceu o governo Dilma. Acreditando que pudesse confrontar interesses podereosos – por exemplo redução de juros –  de forma autocrática, sem a devida organização de respaldo político, deu espaço para a ofensiva da direita.

    Com a palavra a sociedade civil. Organização de uma ampla Frente pela Democracia.

  14. Pelo Datafolha Fruet não seria prefeito de Curitiba
    Datafolha dizia que Fruet não ia para o segundo turno na última eleição em Curitiba, conforme dados divulgados 4 dias antes da votação. Hoje Friet é prefeito. Se o Datafolha erra deste jeito como levá-lo a sério? Mais outro detalhe, qual brasileiro neste momento estaria realmente interessado em saber se a popularidade de Dilma está crescendo ou caindo? Claro que esta pesquisa só está sendo divulgada por interesse da turma que não respeita a democracia e quer dar o golpe. Mais um detalhe, é possível que seja divulgada até pesquisa do Ibope para reafirmar o Datafolha, mas a quem interessa isso? Isso é apenas munição baseada em especulação para a oposição continuar falando mal de Dilma.

    http://datafolha.folha.uol.com.br/eleicoes/2012/10/1163981-ratinho-junior-psc-mantem-a-lideranca.shtml

  15. Duvido que tenha golpe, a

    Duvido que tenha golpe, a estratégia da oposiçào é sangrar Dilma e o PT para eles saìrem correndo com medo da fùria do povo brasileiro…isso seria muito mais pedagògico do que um golpe. Dilma precisa primeiro ter ideias, depois uma estratégia e uma tàtica, se ela nao se sente segura, que procure se cercar dos melhores cerebros que o PT e o Brasil podem proporciona-la no momento. 

  16. Seria inescapável essa queda

    Seria inescapável essa queda na avaliação da presidente Dilma. Essa pesquisa é simplesmente a constatação do óbvio e foi elaborada apenas para dar mais publicidade ao que todo o universo previa. Faz parte do conjunto de ações destinadas a fixar no imaginário da população a imagem de um governo ruim que decepcionou o eleitorado. Política, enfim.

     

  17. Forçando a barra.Se a

    Forçando a barra.

    Se a aprovação estivesse alta daria na mesma .Isso para a oposição, incautos

    e mal intencionados.Segue o jogo ,o PT leva 2018 não há oposição.

  18.  Infelizmente a direita só

     Infelizmente a direita só aceita a democracia quando vence eleição e só aprenderá a se comportar na base da porrada. Desde o começo do governo Lula se sabia disso, mas Lula, infelizmente, acreditou mesmo que a direita teria um pingo de vergonha na cara.

  19. “De acordo com o instituto, o

    “De acordo com o instituto, o índice de rejeição é o maior para um presidente da República desde setembro de 1992, a poucos dias do impeachment de Fernando Collor de Mello.” 

    As intenções do Instituto estão descaradamente reveladas nas conclusões: “A poucos dias do Impeachment de Fernando Collor de Mello.” Seguindo o cheiro da isca na ratoeira dos proprietários do instituto será que Dilma chega ao final do mês?  Quem não te conhece que te compre!!! 

  20. Se ela não tomasse medidas

    Se ela não tomasse medidas estaríamos pior e pior ainda estaríamos se o país estivesse nas mãos do PSDB.  Se a pesquisa do  DataFolha reflete a verdade (tenho minhas dúvidas), estou dentro dos 10% que continua apoiando a Dilma. 

    • Concordo plenamente, Malú!

      Concordo plenamente, Malú! Estou dentro dos mais de 30% que apoiam Dilma. Sim, mais de 30% porque o DATAFALHA já foi desmascarado inúmeras vezes na sua saga de distorcer as pequisas em prol da oposição. Veja o que diz o Caiado aquele denunciado pelo seu “grande amigo” Demóstenes Torres tomando banho nas cachoeiras do Carlinhos.

      Caiado prega golpe: ‘Dilma e Lula vão cair em breve’

      Tomando como argumento os números do Datafolha, que mostram a desaprovação do governo da presidente Dilma Rousseff em 65%, o senador Ronaldo Caiado (DEM) voltou a defender neste domingo (21), em suas redes sociais, uma iniciativa golpista contra o país; “O Datafolha só comprova aquilo já dito por nós da oposição: Dilma e o PT não têm condições de continuar a governar o País. A renúncia seria a saída mais honrosa para esse grupo, mas pensam que o governo virou propriedade deles”, afirmou

      21 de Junho de 2015 às 10:51

       

       

      247 – Tomando como argumento os números do Datafolha, que mostram a desaprovação do governo da presidente Dilma Rousseff em 65% (números aqui), o senador Ronaldo Caiado (DEM) voltou a defender neste domingo (21), em suas redes sociais, uma iniciativa golpista contra o país.

      “O DataFolha só comprova aquilo já dito por nós da oposição: Dilma e o PT não têm condições de continuar a governar o País. A renúncia seria a saída mais honrosa para esse grupo, mas pensam que o governo virou propriedade deles. Inflação, desemprego e corrupção: a trinca de sustentação do trio PT, Dilma e Lula. Vão cair muito em breve”, disse ele.

      http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/185772/Caiado-prega-golpe-%27Dilma-e-Lula-v%C3%A3o-cair-em-breve%27.htm

       

         

      • Quem é este canalha,

        Quem é este canalha, sanguessuga que consome nosso dinheiro com palhaçadas como a da Venezuela, para falar de Lula e Dilma? Este sim deveria estar na cadeia há muito tempo, aliado do cachoeira. Cana pra este ladrão, mas infelizmente estamos sem justiça. Tenho certeza que este canastrão estava esperando publicidade no caso da palhaçada da Venezuela, mas tudo se refletiu sobre Aecio e ele se sentiu prejudicado e agora vem com essa tentativa de retornar ao noticiário. Pessoa da pior espécie que somos obrigados anconviver, por conta de alguns eleitores mal informados. Este indivíduo não sabe o que é sociedade.

      • Dá para acreditar nesse

        Dá para acreditar nesse instituto quando se sabe que existe uma disputa dentro do PSDB entre Alckimin e Aécio?

        Aécio venceria Lula em eventual disputa pela presidência em 2018

        Por | Yahoo Notícias – 2 horas 38 minutos atrás 

        O jornal Folha de S.Paulo divulgou neste domingo (21) pesquisa que simula dois cenários para a corrida presidencial, visando eleição que acontecerá apenas em 2018. Nos dois o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi o candidato do PT, enquanto o PSDB teve Aécio Neves (MG) em um cenário e Geraldo Alckmin (SP) no outro.

        O primeiro cenário, que conta com Aécio e Lula, indica vantagem para o tucano. Nele, o candidato derrotado nas últimas eleições aparece com 35%, enquanto o ex-presidente vem na sequência com 25% das intenções de voto. Marina Silva, que disputou as últimas eleições pelo PSB, aparece em terceira com 18% da preferência.

        Já no segundo cenário, que conta com Alckmin no lugar de Aécio, a vitória seria de Lula. O petista aparece com 26% das intenções, seguido por Marina com 25%. O tucano vem na terceira colocação com 20% da preferência. No último congresso do PSDB em São Paulo, o atual governador paulista foi indicado como possível candidato.

        A pesquisa Datafolha ainda destacou outros três candidatos, que ficaram na mesma ordem. Eduardo Paes (PMDB) fica em quarto com 2% no primeiro cenário e 3% no segundo; Luciana Genro (PSOL) fica com a quinta colocação, atingindo 2% na primeira pesquisa e 3% na segunda; por fim, Eduardo Jorge atinge 2% em ambos os cenários.

        Foram feitas 2840 entrevistas em 174 cidades do Brasil entre quarta (17) e quinta-feira (18) passadas. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

  21. Inevitável

    A grande maioria dos brasileiros trabalha no comércio e no setor de serviços e está vendo dia a dia a queda no movimento.

    Converso diariamente com lojistas, gerentes de lojas, vendedores e a percepção da recessão é feita no dia-a-dia de cada um, e não através de imprensa.

    Isso sem falar nos que já foram atingidos pelo desemprego.

    Evidentemente, alguns barnabés imbecis vivendo em seu mundinho de repartição pública ainda acreditam que a imprensa cria todo o ambiente otimista ou pessimista controlando o povo por controle remoto.

    Se é assim, então deve ter sido essa mesma imprensa que deu mais de 80% de aprovação a Lula no final do mandato e viabilizou a eleição de Dilma.

    Benza Deus !

    • Você está sentindo a crise

      Você está sentindo a crise andar, e este sentimento é geral. Embora para alguns, por razões políticas, interesse falar quee a crise seria insuportável, o que de fato se percebe, quando se observa a situação com distanciamento e neutralidade, é que todos estão sentindo a crise a evoluir, mas não se vê ninguém apavorado e abatido em desesperanças, por causa disso. Porque o pesssimismo não se instalou no país de maneira avassaladora? É justamente porque está claro que o país tem reais condições de vencer a crise em breve tempo. Ser contra Dilma e o PT tornou-se uma espécie de esporte de elite o qual também o arrabalde acompanha, mas não é de modo algum uma compulsão impulsionada pela fome e pela necessidade. Com toda certeza, o que se observa é todos estão na espera de que o tempo ruim que chegou passe o mais rapidamente possivel. Diria mesmo que nisso o governo conseguiu o que queria: É generalizada a sensação de que o tempo ruim não veio para ficar, é passageiro, é temporário, e tal sensação é observável por todo o país.

    • qual repartição pública?

      Depende da repartição pública; alguns orgãos públicos estão sem dinheiro para nada. As Universidades Federais estão a mingua, obras paradas, trabalhadores terceirizados – uma vergonha criada pelo governo do FHC e que o governo do PT aderiu – sem pagamento e alguns lugares até sem papel higiênico.

  22. Essa reprovação está de

    Essa reprovação está de acordo com a sua posição NEOLIBERAL assumida após as eleições. Os que votaram em Aécio e Marina continuam a reprovando e os que votaram na cartilha progressista estão decepcionados com sua agenda “Levyana” (derrotados na eleição).

    Para fazer o ajuste bastava dar carta branca para Mantega. Com certeza não iria contra os trabalhadores e o projeto progressista e sim contra as grandes fortunas e publicidades governamentais…

    Aliás, Mantega foi desautorizado por Dilma várias vezes no seu primeiro mandato. É só ver as reportagens…

    Passagens:

    1) Mantega falou que havia necessidade do aumento da gasolina e Dilma de prontidão o desautorizou. 

    2) Mantega queria o fim das isenções para veículos e indústrias brancas num certo período… Dilma desautorizou Mantega.

    Mantega foi o melhor ministro de Dilma e ela em nome do “mercado” o demitiu em plena campanha… 

  23. Pesquisa cni
    Será q esqueceram q a dívida pública caiu de quase 60% para 33% do PIB, q escolas técnicas eram pouco mais de 100 e hoje são quase 500, q a Petrobras representava em torno de 3% e hoje representa torno de 13% do PIB, q miséria não é mais manchete por aqui, q a infraestrutura melhoru (portos, aeroportos, rodovias, ferrovias, etc)…é, vejo que o esquecimento é intencional por parte de quem quer tomar o poder, pacional por aqueles q são controlados pelo fundamentalismo religioso, regra pra direita golpista (incluindo a mídia) e, infelizmente, doentio para a maioria do povão q se beneficiou com os governos petistas (esqueceram de q nos últimos anos melhoraram de vida e em menos de 6 meses de dificuldade não está com consciência saudável o suficiente para ajudar na superação dos problemas atuais e está caindo na lábia do PIG). Talvez aqui esteja o maior erro dos governos petistas: deu poder de consumo mas nao s deu consciência ao povo

  24. Pesquisa cni
    Será q esqueceram q a dívida pública caiu de quase 60% para 33% do PIB, q escolas técnicas eram pouco mais de 100 e hoje são quase 500, q a Petrobras representava em torno de 3% e hoje representa torno de 13% do PIB, q miséria não é mais manchete por aqui, q a infraestrutura melhoru (portos, aeroportos, rodovias, ferrovias, etc)…é, vejo que o esquecimento é intencional por parte de quem quer tomar o poder, pacional por aqueles q são controlados pelo fundamentalismo religioso, regra pra direita golpista (incluindo a mídia) e, infelizmente, doentio para a maioria do povão q se beneficiou com os governos petistas (esqueceram de q nos últimos anos melhoraram de vida e em menos de 6 meses de dificuldade não está com consciência saudável o suficiente para ajudar na superação dos problemas atuais e está caindo na lábia do PIG). Talvez aqui esteja o maior erro dos governos petistas: deu poder de consumo mas nao s deu consciência ao povo

    • “Será q esqueceram q a dívida

      “Será q esqueceram q a dívida pública caiu de quase 60% para 33% do PIB,” Acho que quem esqueceu foi a Dilma que chamou o Levy para fazer o maior arrocho fiscal da história do Brasil….

  25. Para aqueles que enxergam

    Para aqueles que enxergam teorias de conspiração em todos os cantos e não querem encarar a realidade: 

    Lula afirmou que levou a Dilma pesquisa interna do PT no ABC paulista: Para ilustrar a profundidade do poço em que se meteu o PT, Lula citou uma pesquisa interna do partido, que revela que a crise se instalou no coração da legenda, o ABC Paulista. Muito rouco, o ex-presidente dizia coisas como “o momento não está bom” e “o momento é difícil”.

    — Acabamos de fazer uma pesquisa em Santo André e São Bernardo, e a nossa rejeição chega a 75%. Entreguei a pesquisa para Dilma, em que nós só temos 7% de bom e ótimo — disse Lula aos religiosos.
    http://jornalggn.com.br/noticia/a-auto-critica-de-lula-inclui-dilma Já em artigo de 6.6.15 Carta Capital publicou:
    Nos últimos dias, um dos grandes institutos descobriu que o que já era ruim, ficou pior. O índice teteria caído a 7%.
    http://www.cartacapital.com.br/politica/impopularidade-o-drama-de-dilma-6540.html       
     
     

  26. Mais um factóide para animar

    Mais um factóide para animar os paneleiros dessa república bananeira (está produzindo bananas como nunca dantes).

    E daí? 2018 ainda está longe, coxinhas!

  27. pesquisa pelo telefone

    Pesquisa pelo telefone…

    -(Triiimm…)Alô? Estamos fazendo uma pesquisa. O senhor aprova o governo Dilma?

    (Nassif)-Não.

    (Merval Imortal)-Não.

    (Lula)-Não.

    (FHC)-Não.

    (Gilberto de Carvalho) – Não.

    (Dudu Cunha) – Não.

    (Levy)-Sim.

  28. É sempre assim…

    O PT sempre está acabado e sempre perderá a eleição – até o dia da eleição, quando ganha.

    A Oposição tem um defeito genético: como não tem proposta e nem organização, aproveita-se de eventos passageiros e fabrica crises. Mas só consegue fazer isso fora de hora. Detonou o mensalão um anos antes da eleição, fabricou e amplificou os protestos de junho um ano antes da eleição, turbinou o petrolão e a crise econômica 3 anos antes da eleição.

    Achavam que Lula estava acabado com o mensalão e perderam. Achavam que Dilma estava acabada no 2º turno com dom José Serra I, o carola homofóbico e beijador de santinhos, e perderam, acharam que Dilma estava acabada com Marina Malafaia Silva e depois com Aécio “à direita de Hitler” Neves, e perderam.

    Sempre haverá uma pesquisa mostrando que o PT acabou e que seu candidato perderá a eleição. O que os direitistas parecem não ter percebido que isso sempre acontece num governo do PT. Ou seja, preveem há doze anos a queda inevitável que nunca aconteceu. Mais ou menos como a Miriam Leitão, sempre prevendo o fim do mundo pra semana que vem…

    • Meias verdades

      O PT não ganhou nada sozinho senão 2002.

      O resto que você descreve como vitórias petistas foi a vitória de uma coligação recheada de partidos comprados a peso de ouro, principalmente o PMDB e que tem grande penetração nos estados do norte e nordeste.

      Onde está o eleitorado mais politizado, berço do PT, não ganham faz tempo.

      • A grande verdade…

        É que o senhor só aparece para desmerecer os governos petistas. Muita falta de coerência ao não reconhecer os acertos desses governos. Seus ídolos, com certeza, estão no seu estado: A suspeita república do Paraná .Podemos citar alguns: Moro, Francischinni, Beto Richa, Álvaro Dias. Que tal encontar motivos para elogiá-los? Se encontrar, melhor seria abrir o jogo e narrar seus interesses, ou confessar-nos sua patologia. Jamais pensei em responder-lhe, pois há sempre a suspeita que faz parte dos famosos contratados. Saudade do Argolo que fazia suas críticas, mas não se furtava aos elogios quando eram merecidos. Boa noite e sonhe com seus ídolos de barro. Inclua aí Agripino, Aécio, FHC, Carlos Sampaio e os demais que admira. Cuidado pois poderá ser derrubado da cama. Essa TURMA traz veneno na alma.      

        • Elelê

          Não, amiga.

          Diferentemente de você e alguns outros por aqui, não tenho ídolos não. Muito menos ídolos políticos ( que idiotice ).

          O único problema por aqui é ver essa massa ignara que não compreende que, entre os seus e os outros, não há a menor diferença crucial, apenas difrenças cosméticas, de estilo.

          Por isso gosto de escancarar a hipocrisia de vocês. Só isso.

          Igualmente lhe desejo uma boa noite.

          • Mais um…

            “Vou ali dizer umas verdades para aqueles petralhas e desmascará-los!”…

            Junte-se ao Leonidas e ao Rebolla e fundem um sindicato… 

      • Ah, tá…

        Então foi o PMDB que ganhou a eleição. Quantas eleições pra presidente o PMDB ganhou sozinho?

        Não se preocupe em responder: pra derrotados o choro é livre!

  29. Precisei ir num UPA, hoje, e

    Precisei ir num UPA, hoje, e entendi porque tantas críticas ao governo, e a popularidade tão baixa. Sei que o a atendimento é municipal, mas quem está com dor e precisando de atendimento médico, quer saber lá disso! Veja que sequestraram minha identidade, então eu não podia sair dali para comprar um remédio qualquer para dor, e nem recebieria qualquer remédio nas próximas horas. Para rever meu documento só abrindo mão da comanda de ordem que as 10:30 da manhã era n° 232. Péssima experiência, nunca queria term conhecido as pessoas que conheci lá, desde o atendente, até a assistente social.

  30. Aécio só ganha eleição quando
    Aécio só ganha eleição quando NÃO tem eleição.
    Me lixo para opinião pública. Me lixo para opinião da Folha.
    Estou com Dilma porque não gasto voto com vagabundo.
    Estou com Lula porque Lula, assim como Dilma, trabalha pelo bem do país.
    Nem sempre acertam, mas no momento, são os únicos que o estão fazendo.

  31. Incrível !

    É a postura da Rede Globo, que sem mais nem menos está defendendo o FIES com unhas e dentes. Diariamente ela fala s/ o tema, até com mentiras, como foi o caso da estudante, que reclamou das mentiras ditas pela “loura platinada” . Inflação então, não aguento mais. E a Lava Jato, agora “pegaram ” o ex presidente Lula, antes de qualquer depoimento. Mas falar do Richa ?, nananinanão, do Instituto Butantã ? de jeito manera. Dos imbecis que foram à Venezuela ? capaizmemo! Dos escândalos do futebol, zelotes, HSBC, nunca ouvimos falar, mas tudo é culpa do PT. Qual presidente teria uma avaliação boa ? E ainda tem gente dizendo que a culpa é toda da presidente Dilma. Que pessoa no mundo não estaria desorientada ?

    Até o “Seo” Nassif, não faz outra coisa.

  32. Pé no chão é sempre bom. Em

    Pé no chão é sempre bom. 

    Em 2014 eu dizia que não ganharíamos no primeiro turno e poderíamos perder no segundo, sob críticas da grande maioria dos comentaristas. Foi o que aconteceu. Ganhamos no sufoco, no segundo turno.

    Dizia, não por ser mais inteligente, e sim porque ouvia as ruas, conversava com as pessoas e sentia que elas estavam totalmente de cabeça feita pela mídia.

    Desde a “revolução dos laranjas”, em 2013, para mim estava claro que o tal gigante despertara na população muitas dúvidas que foram capitalizadas pelo PIG que passou a dar a direção que eles queriam para o povo, que caiu de quatro, movido a medos imaginários.

    O que foi aquele tanto de voto que um Aécio Neves teve? O que foi aquele circo na morte do Dudu, de onde apareceu aquela Marina, de onde surgiu tanto ódio?

    Enfim, não me surpreende que o PT esteja, como diz o Diogo Costa, muito por erros estratégicos, no fundo do poço. A inanição, a arrogância do Diretório Nacional, a acomodação dos seus quadros, levou a esta situação.

    O PIG tem muita culpa, mas o que fizemos pra nos defender? Não falo de Regulamentação da Mídia, falo principalmente de trabalho de base.

    E a cereja do bolo veio com o pacote do Levy.

    Só pra lembrar: sempre disse que dificilmente o Lula vencerá em 2018 e, tomara que não concorra! Já fez muito pelo país e pode continuar fazendo sem o desgaste de mais uma candidatura em que será alvo das maior ignomínia.

     

     

  33. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome