Marco Aurélio: Moro atropelou regras

:

do Brasil247

Marco Aurélio: Moro atropelou regras

Primeira crítica contundente do Supremo Tribunal Federal à ação do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula nesta sexta-feira 4 veio do ministro Marco Aurélio Mello; “Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado”, afirmou; “Precisamos colocar os pingos nos ‘is'”, continua; Mello criticou o argumento de Moro, de que a medida foi tomada para assegurar a segurança de Lula; “Nós, magistrados, não somos legisladores, não somos justiceiros”, e ensinou: “Não se avança atropelando regras básicas”

4 DE MARÇO DE 2016 ÀS 16:50

247 – A primeira crítica contundente do Supremo Tribunal Federal à ação do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dentro da 24ª fase da operação Lava Jato veio do ministro Marco Aurélio Mello. 

“Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado”, afirmou Mello, segundo a colunista Mônica Bergamo.

Marco Aurélio diz que é preciso “colocar os pingos nos ‘is'”. “Vamos consertar o Brasil. Mas não vamos atropelar. O atropelamento não conduz a coisa alguma. Só gera incerteza jurídica para todos os cidadãos. Amanhã constroem um paredão na praça dos Três Poderes”, afirmou.

O magistrado criticou também o argumento utilizado por Moro para embasar a condução coercitiva de Lula, de que a medida seria para a própria segurança do ex-presidente. “Será que ele [Lula] queria essa proteção? Eu acredito que na verdade esse argumento foi dado para justificar um ato de força”, segue o magistrado. “Isso implica em retrocesso, e não em avanço.”

O ministro do STF disse que o juiz Sérgio Moro “estabelece o critério dele, de plantão”, o que seria um risco. “Nós, magistrados, não somos legisladores, não somos justiceiros”. E ensina: “Não se avança atropelando regras básicas”.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

30 comentários

  1. Moro dizer que toda essa

    Moro dizer que toda essa palhaçada autorizada por ele foi pensando na segurnaça do Lula só mostra que, além de facista, ele não é homem o suficiente pra assumir suas ações. Um borrabotas. 

    • Lembrei do Pedro Simon à


      Lembrei do Pedro Simon à época da CPI dos Correios. Depois de conferir a direção dos ventos,  aparecia  na comissão no final da tarde e fazia seus longos discursos, em consonância  com a tendência do dia.

  2. Moro dizer que toda essa

    Moro dizer que toda essa palhaçada autorizada por ele foi pensando na segurnaça do Lula só mostra que, além de facista, ele não é homem o suficiente pra assumir suas ações. Um borrabotas. 

  3. Agora é tarde

    As instâncias superiores deveriam ter se pronunciado e tomado as devidas providências quando o árbitro extrapolou a primeira vez. Passaram a mão na cabeça e não fizeram nada. Agora é bastante provável que ele os engula.

  4. Se o STF não reagir a sanha

    Se o STF não reagir a sanha persecutoria de moro e seus rapazes quem irá fazê-lo?

    Hoje, diante do estado de exceção implementado no país à sorrelfa, um estado de terror em que o cidadão é encarcerado primeiro para depois ser investigado, uma aberração só vista em países autoritários e ditaduras, ninguém está a salvo.

    O Brasil vive um longo pesadêlo em que a aliança política entre judiciário, procuradores e mídia criou um estado sem controle, um verdadeiro leviatã.

  5. de minha parte, tranquilão…

    a cada fase da lava jato fica mais claro que o Lula chegará em 2018 passado a limpo e imbatível

    todos que tentam mostrar alguma sujeira, antes se sujam na mídia golpista

  6. Ao atropelar regras básicas

    Ao atropelar regras básicas do Código de Processo Penal, mostra-se um juiz de 5a categoria e escancara sua parcialidade. Isso enseja a arguição de suspeição do juiz, nos termos do art. 135, V, do CPP.

  7. não deixem passar ao largo a chamada principal…

    …devemos dar mais valor, mais atenção, à segurança do que à liberdade…

    lava jato representa uma insegurança total para todos

  8. O momento não é de defender

    O momento não é de defender Lula, mas de destruir de uma vez por todas este fantoche do mercado e do PSDB chamado Sérgio Moro:

     

    Alô, alô

    O juiz mequetrefe e justiceiro que atacou Lula instiga o povo a fazer o mesmo com os inimigos do ex-presidente.

    Se a isenção da não existe e se o não a preservar punindo Sérgio Moro, a guerra civil será trágica e sangrenta.

    A justiça que Lula não encontrou na será feita nas ruas do país se o acoitar o juizinho mequetrefe que tucanou!

    Desonrou a toga o juiz mequetrefe e justiceiro que abusou do cargo para destruir Lula. Ele deve ser afastado e exonerado pelo !

    Se não afastar Sérgio Moro do cargo por ter proferido uma decisão abusiva que iniciou uma guerra civil o se tornará inócuo!

    RESUMO DO DIA Um juiz mequetrefe da atacou Lula e incendiou o . Agora está com medo de ser punido pelo .

  9. Parece que desvendaram o

    Parece que desvendaram o mistério de Moro. Na verdade, ele é o Joaquim Barbosa travestido de italiano. Tem o mesmo modus operandi (nem sei se está certa a grafia).

  10. Esse tipo de ação da justiça tende a favorecer as esquerdas.

    Moro já é um juiz amplamente desmoralizado pelo caso Banestado.

    Agora, no seu afã de incriminar petistas, Moro pode estar mostrando à população que a proposta política da direita é a violência e a crítica.

    Não foi assim com o fascismo na Europa ?

     

  11. Não da pra confiar em ninguém
    Não da pra confiar em ninguém de lá, só no Gilmar Mendes que deixa claro que não aliviará nunca pro PT, tem lado mesmo, não se preocupa em ser imparcial, já sabemos, desde crancinhas, como ele irá votar caso Lula e Dilma apareçam por lá. O resto diz uma coisa aqui e faz outra ali, é como o Lula disse eles têm medo da imprensa.

  12. Como é possível…

    … querer punir uma transgressões à lei ( e no caso, não comprovada, e nem se osse comprovada)  transgredindo a lei? Ë como alguém que quer consertar uma merda com uma cagada. E sobre a Constituição. Vão aguardar o PT sair do poder o exercício da lei voltar à normalidade? Moro abre precedente para que ele mesmo seja conduzido coercitivamente ao CNJ. Mas isso, para ele, seria a glória, uma vez que a manada berrraria a seu favor. Mas a roda da fortuna gira e o juizinho terá o seu lugar que merece na História.

  13. O Morojá acabou de

    O Morojá acabou de esculhambar a combalida justiça do Brasil. Mandar 200 policiais prender alguém sem motivo algum é coisa de megalomaníaco, ditador e que não preza pelo dinheiro público.

    PS: O síndico tucano do meu prédio que não presta contas há mais de um ano bateu palminhas pro jornal dos homers.

  14. Mas, de que adianta o tal

    Mas, de que adianta o tal CNJ? Para levantar e aplaudir o ínclito presidente em sua chegada? Houvesse CNJ e essa palhaçada (des)moro(nada) teria acabado há muito tempo: é só verificar os fundamentos das prisões, das conduções coercitivas e das sentenças (diga-se, sempre corroboradas pelo amigo do tribunal da 4a.). Pois é…

  15. espero que os outro ministros

    espero que os outro ministros tb sigam

    o mesmo raciocínio

    democrático

    e garantista

    do senhor marco aurélio

    até aora estou embasbacado com a informação   de que a repóter

    da glbo newa esrtava em curitiba para receber lula…

    mostra quem comanda a operção, pelo jeito…

  16. Até que enfim alguém do

    Até que enfim alguém do Supremo Tribunal Federal se posiciona contra a ilegalidade e arbitrariedade do Juiz do Paraná, Sérgio Moro. E logo o Ministro Marco Aurélio de quem eu pouco poderia esperar tal atitude. Estamos progredindo.

  17. quando os petistas 

    quando os petistas  simplesmente deram um chega para lá no seu Lula não devolvendo a ele o que ele acha ser o dono: presidência. Agora Moro faz tudo que Elle mais precisava para voltar aos braços do povo.

  18. Não vou elogiar Março
    Não vou elogiar Março Aurélio. Como disse em outro lugar:

    A justiça no Brasil deixou de existir. Já estamos na ante-sala de um Regime do Terror. Em breve, como sugeriu o Ministro Marco Aurélio de Mello, os perseguidos pelo Tribunal de Exceção da Imprensa começarão a ser arrastados de suas casas pelos verdugos da PF para serem fuzilados num paredão a mando de Sérgio Moro.

    Marco Aurélio de Mello, contudo, ajudou a criar este monstrengo. Durante o julgamento do Mensalão ele disse – e a manifestação dele foi gravada em vídeo – que os juízes devem respeitar a “opinião pública” (eufemismo para “opinião publicada” pela imprensa). Naquela oportunidade os jornalistas exigiam diariamente a condenação de José Dirceu e José Genoino. Os juízes que se recusaram a acatar a condenação proferida pelo Tribunal de Exceção da Imprensa foram intensamente hostilizados pelos veículos de comunicação.

  19. O juiz Moro transformou a PF em Policia Politica Facista.

    Essa é a grande verdade.

    Sairam da operação da Petrobrás para ir atrás da policagem que lhe interessava, o presidente

    Lula. Isso aí é a prova do FACISMO do Juiz Moro. Não é Justiça, é politicagem usando a força

    institucional do estado, para desviar a finalidade do poder estatal.

    Lembrando que o Aécio Neves foi citado por três delatores, na frente desse Juiz, na cara dele,

    que o Aécio é proprineiro. Mas o Aécio Neves deu entrada no Jornal Nacional, ontem, como 

    porta voz da moralidade. E nem foi chamado para ser ouvido. Esse juiz é um FACISTA!

  20. O juiz Moro transformou a PF em Policia Politica Facista.

    Essa é a grande verdade.

    Sairam da operação da Petrobrás para ir atrás da policagem que lhe interessava, o presidente

    Lula. Isso aí é a prova do FACISMO do Juiz Moro. Não é Justiça, é politicagem usando a força

    institucional do estado, para desviar a finalidade do poder estatal.

    Lembrando que o Aécio Neves foi citado por três delatores, na frente desse Juiz, na cara dele,

    que o Aécio é proprineiro. Mas o Aécio Neves deu entrada no Jornal Nacional, ontem, como 

    porta voz da moralidade. E nem foi chamado para ser ouvido. Esse juiz é um FACISTA!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome