Tempo e Razão, por AurelioJunior50

Tempo e Razão

por AurelioJunior50

Comentário ao post Xadrez da lista de Janot, o senhor do Tempo

O condominio PGR – MPF/LJ – STF  podem até ser os “Senhores do Tempo”, mas não da razão ou sequer da racionalidade, uma vez que esta enxurrada de inquéritos, lançados ao bel prazer para variadas interpretações, podem reduzir a todo o sistema politico nacional, a uma anarquia continuada, a um real caos institucional, e o pior : de longo prazo, pois “selecionar” réus estará na prerrogativa – até mesmo constitucional – do “condominio”, o qual associado a midia de massa poderá aniquilar qualquer um, bastará que alguns “Judas”, desta extensa lista, sejam “escolhidos” para o cadafalso.

A “seleção”: Pelos nomes constantes na “lista” observa-se que varios “Cardeais” – da direita a esquerda – nela estão expostos, todos praticamente são membros do ” Alto Clero” congressual ou deles associados, portanto para o “Condominio” todas as opções estão em aberto, para “salvar o Brasil” (de acordo com a visão deles) dos corruptos contumazes, ao “condominio” bastará escolher – um “dedazo”, com apoio da midia será suficiente, ainda mais se algum dos futuros réus resolver “abrir a boca”, a razzia será perpetuada, o sistema politico da CF/88 acabou hoje, o qual bem ou mal, com todos seus problemas, ainda é o que se tem, MAS o que pode vir depois?

Claro que o “condominio” deve possuir alguma ideia sobre o amanhã, afinal os poderes Executivo e Legislativo hoje ainda operacionais, com estes inquéritos abertos será atingido de “morte”, pois é cabal que Temer et caterva e o Congresso não terão condições de reagir de momento a esta pressão, a população será manipulada pela midia e redes (anti)sociais, o que “se vayan a todos” estará presente e ativo. E pergunto novamente : Qual é a idéia do condominio ?

Mais uma peça fundamental para as “eleições gerais 2018”, foi hoje colocada em campo, estas eleições não estão mais em um futuro distante, estão no presente, quem escolherá os futuros “politicos”, até mesmo os Executivos, não será o Povo, mas o “condominio”, ou caso eles errem – o que considero bastante provável – arrivistas, salvadores da Pátria, tipo de Dória a Bolsonaro, passando por “Augustos”, irão viabilizar-se e se consolidar.

O “golpe” sobre a Sra. Rousseff foi o 1o movimento visando 2018.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora