Datafolha confirma favoritismo de Lula em 2022 e balde de água fria na terceira via

Lula é o favorito a vencer a próxima corrida presidencial, batendo Jair Bolsonaro no segundo turno por 56% contra 31%

Jornal GGN – Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17), depois dos atos antidemocráticos convocados pelo bolsonarismo em 7 de Setembro e do primeiro protesto em massa realizada por candidatos virtuais da chamada “terceira via”, o cenário para 2022 permanece estagnado. Lula é o favorito a vencer a próxima corrida presidencial, batendo Jair Bolsonaro no segundo turno por 56% contra 31%.

No primeiro turno, Lula segue na liderança em todos os cenários testados. Para a terceira via, os números representam um balde de água fria. O melhor cenário para um candidato que tenta quebrar a polarização Lula x Bolsonaro é um em que Ciro Gomes alcança 12% de intenção de voto no primeiro turno (na pesquisa anterior eram 9%), mas ainda assim continua bem atrás de Bolsonaro, com 25% e Lula, com 46%.

No começo de setembro, o instituto Quaest já havia chamado atenção para a dificuldade de uma terceira via se viabilizar no País a tempo de concorrer ao Planalto. Leia mais aqui.

Bolsonaro continua com recorde de rejeição, com 59% do eleitorado afirmando que não votaria nele de jeito nenhum. Na sequência vem Lula (38%) e João Doria (37%).

A pesquisa ainda mostra que embora a rejeição de Bolsonaro entre evangélicos tenha crescido, esse segmento religioso não troca o extremista de direita por Lula. Hoje, 29% dos evangélicos consideram o governo Bolsonaro ótimo ou bom. Antes eram 40%. Mas num segundo entre Lula e Bolsonaro, 38% votariam no ex-capitão e 34% em Lula. 44% dos evangélicos rejeitam Bolsonaro, ante 47% que não votam em Lula de jeito algum

O levantamento do Datafolha foi realizado nos dias 13 a 15 de setembro, com 3.667 pessoas entrevistadas presencialmente em 190 municípios. Na pesquisa geral, a margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. Na pesquisa com evangélicos, a margem de erro é de três pontos.

LEIA TAMBÉM:

1 – Tebet, Pacheco e Leite têm mais chances como “terceira via” do que Ciro, Doria e Mandetta, aponta pesquisa

2 – A incrível incapacidade de construir a terceira via, por Luis Nassif

3 – O 12FLOP, o nem-nem e o balde de água fria na terceira via, por Eliara Santana

4 – O impeachment morreu abraçado pela “terceira via”, por Guilherme Scalzilli

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome