PT se mobiliza para o registro da candidatura de Lula no TSE


Foto: Agência PT
 
Jornal GGN – O registro da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para a disputa nas eleições 2018, será acompanhado de uma série de atos organizados pelo PT. 
 
Militantes de todo o país estão sendo convocados para o evento, marcado para o dia 15 de agosto, com o objetivo de reunir de 30 mil a 40 mil pessoas em Brasília. De acordo com o Painel, da Folha de S.Paulo, o partido está se mobilizando para a divulgação da convocatória, com a produção de 1 milhão de folhetos.
 
Ainda, no dia 4 de agosto, o PT também convoca militantes do partido para realizar um jejum nacional, quando ocorre a convenção que oficializa a candidatura de Lula à Presidência da República. 
 
O gesto é de apoio aos 11 manifestantes que realizam greve de fome, em apelo à liberdade do ex-presidente e contra as medidas do Judiciário, que não vinha pautando a análise dos recursos de Lula. Juntamente com o jejum, os militantes decidiram acampar em Brasília até que os processos contra Lula sejam analisados pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
 
Para convocar os esperados 40 mil militantes do partido, o PT vem se organizando em diversos estados para a saída desde o dia 12 de agosto de grupos de pessoas interessadas em participar do ato do dia 15, que será a data da oficialização da candidatura de Lula e último prazo eleitoral para o registro no TSE.
 
Ainda, outra atividade organizada pelo partido em diversos estados é a colheta de alimentos para doação a famílias das periferias das cidades do país, com a mensagem “foi Lula quem mandou entregar”. Esse e outros atos vem sendo organizados para suprir a ausência do ex-presidente em pleitos da pré-candidatura.
 
 

3 comentários

  1. Boa hora para ter um quebra
    Boa hora para ter um quebra quebra geral.
    Quem sabe os togados não puxem um pouco o freio de mão nas armações.

    Estão precisando de um tratamemto de choque.

    Esse negócio de paz e amor, e respeito às leis não está funcionando muito bem.

  2. NÂO DOEM NADA!

    O TSE só quer um pretexto para barrar a candidatura e qualquer doação, ainda mais com essa frase, é o pretexto perfeito para cassar a candidatura por compra de votos. Me surpreenderia se essa ideia veio mesmo do PT, seria um amadorismo muito grande depois do caso do gov. Jackson Lago (que sofreu armação monumental).

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome