Cármen manobrou para derrotar Lula e maioria do STF

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Prestes a sofrer, nas palavras do ministro Celso de Mello, um “constrangimento inédito” no Supremo Tribunal Federal, a presidente Cármen Lúcia subitamente decidiu pautar o julgamento do Habeas Corpus preventivo de Lula contra a sentença do triplex para esta quinta (22). Mas, na visão da defesa do ex-presidente, Cármen fez isso apostando que o HC será derrotado, junto com a revisão da prisão em segunda instância.

“Na avaliação de advogados ligados a Lula, a presidente do STF, que é contra mudar a jurisprudência do tribunal, fez essa opção porque teme ficar vencida se as ações forem julgadas. Ao pautar o habeas corpus, dizem, ela aposta em um placar desfavorável ao petista”, divulgou a coluna Painel.

Os ministros do Supremo vinham pressionando Cármen Lúcia, publicamente, a colocar em pauta algumas ações que podem provocar uma rediscussão acerca da prisão em segunda instância. Como o tema ganhou muita atenção da mídia, porque interessa a Lula, a presidente decidiu bater o pé e não permitir a votação, com medo de que o placar apertado (6×5 a favor da execução antecipada de pena) seja revertido.

Analisar o caso específico de Lula pode fazer com que os ministros recuem e votem a favor da prisão em segundo grau, acredita Cármen Lúcia.

O ministro Celso de Mello teria dito, nos bastidores, que “o ideal seria analisar primeiro as ações que questionam a orientação do STF sobre prisões de condenados em segunda instância. Lidar com o caso específico de Lula deixará o tribunal muito exposto”, acrescentou o Painel.

Ainda de acordo com a coluna, há pelo menos duas incógnitas no julgamento do HC de Lula: Gilmar Mendes, que votou a favor das prisões em 2016, mas tem dado sinais de que quer mudar de lado, e Rosa Weber, que votou contra as prisões, mas agora segue os ministros que permitem a execução de pena a partir de condenação em segunda instância. 

18 comentários

  1. Antes do transito em julgado todos são presumidamente inocente

    Mas eu sou $uprema, eu tenho a força e o poder, e prendo inobstante a presunção de inocência.

    Benta Carreira, a Vampirona Brasileira, Velhota do Caritó, carente. Vai viver 109 anos, pois não bebe, não fuma, não fo….ge da raia miúda.

    Que catinga. A Carmem cagou ou arrotou?

  2. A Carmen Lucia se acha a

    A Carmen Lucia se acha a encarnação da Justiça no Brasil. E não é que é verdade: a Justiça brasileira é indecente, inoperante, preconceituosa, corrupta e injusta. Indigna do país que esfola sem dó com seus salários e penduricalhos exorbitantes e inoperância. 

    É tão poderosa que desbancou a Têmis. Carmén é a musa da Justiça brasileira.

  3. Mesmo pessoas desprezíveis

    Mesmo pessoas desprezíveis não gostam de ser constantemente chantageadas e ameaçadas,

    Quando isto ocorre,e está ocorrendo,alguma coisa está muito torta com esta pessoa que precisa ceder a esta chantagem.

    Mesmo a emissora golpista,carro chefe da ameaça,parece estar sendo chantageada pela mão invisível do golpe.

    Não há na história da humanidade tamanha coesão contra o próprio país como a existente hoje no Brasil.

    Ou decepamos de vez a mão invisível ou em pouco tempo nada restará em nosso país.

    • Um outro anagrama: “Medo Pro Regresso”

      Desta ridícula frase que se identifica com os interesses da Casa Grande.

      Seu signficado real é: Ordem (na senzala) e progresso (da Casa Grande).

      Ou algum país em sua bandeira teria algo como desordem e atraso?

      Resumir o símbolo maior de uma nação à uma frase com 2 itens (farsescos) é o “ó” do borogodó, o “de” da mediocridade.

       

    • Explica para mim?

      A que está no espelho é a mulher do Moro, mas quem é a outra figura, essa mistura do Bozó (no caráter) e do Bento Carneiro (na aparência)?

  4. Nassif;
    A natureza foi

    Nassif;

    A natureza foi madastra com esta pessoa em todos os sentidos.

    Faz tempo que ela não solta uma frase de parachoque de caminhão então famos fazer por ela: “Nem tudo que reluz é ouro, mas tudo que balança cai”

    Genaro

  5. A sinistra

     Temos o vampiro e a sinistra, o casal  20 da republica que não existe mais Constituição, vale o que eu penso sobre a Lei, juizes não se pautam mais pelas leis, mas sim pelas suas convicçoes, o Lula eh ladrao,, então vamos encaixalo na lei para prende lo, e Deus me livre de ir contra a opiniao publica, não sou louca de dar um Habeas Corpus pro Lula, vou ficar falada na televisao, A sinistra ministra presidente do STF é mais uma que não cabe no cargo que ocupa, é como a desembargadora que quer morrer a ver uma professora com sindrome de Down, que dias tristes vivemos.

  6. Poderosaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. 

    Poderosaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. 

    Recebeu ontem O Vem Pra Rua, sustentado pelo Lemann golpista que quer roubar a Eletrobrás, e do qual faz parte Jailton Almeida, ex-assessor do Gedel Vieria Lima e atual assessor da presidência. Dá pra entender porque a presidenta quer condenar o Lula. Ela gosta de corruptos comprovados como Aécio, Temer e o assessor do homem do apartamento dos 51 milhões. Só eles, pela malandragem, estão a altura da presidente do STF que é dada a cambalachos como comprovou ontem.

  7. Mas seria um escândalo se
    Mas seria um escândalo se antes de examinar o caso concreto do Lula um dos ministros não suscitar a questão de fundo, que é a mais importante, sobre a inconstitucionalidade da prisão por condenação em segunda instância.

  8. Dona Mortícia Carminha

    Dona Mortícia Carminha Addams, deveria dar um tempo na perseguição que move contra o maior presidente brasileiro de todos os tempos, e cuidar de por ordem na esculhambação em que seus subordinados marajãs intentam transformar o stf.

    Não é possível vossas excrescências consumirem vultosos recursos do sofrido povo brasileiro, para se dedicarem a essa insana perseguição ao presidente Lula, e nos interstícios, se dedicarem a bater boca como se essa merda fosse a casa da mãe de vossas excrescências. PARA COM ISSO! cambada de imorais!

    Orlando

  9. Carmen “manobra”? Nunquinha, ela é MANOBRADA!

    A mediocridade tem todo esse “poder” no brazil porque OBEDECE bem a quem lhe comanda.

    Precisamos entender isso definitivamente, pois quem comanda, num misto de vergonha alheia, riso e prazer, está “certo”.

    Nós é que estamos errados em submetermo-nos a tanta e tão secular mediocridade.

  10. STF entre a constituição e a mídia.

    Uma clara manobra de Carmem joga a pressão da mídia do mercado dos poderosos e dos políticos sobre os ministros do STF. O julgamento de constitucionalidade, que deveria ser prioritária, foi combatida por Carmem alegando que o julgamento seria apenas um casuismo.   Na verdade Carmem sempre foi casuista e na iminência de perder o seu palanque midiático e descumprir os seus acordos com os grupos com que é comprometida, Carmem adiou o máximo que pode o julgamento de uma questão constitucional. Estimulada pela mídia ( diga-se Globo) que fez campanha durante as duas últimas semanas, ombreada com a republica de Curitiba, que se pôs a escrever e dar entrevistas coletivas e até mesmo ameaças veladas ao citar nominalmente todos os juizes garantistas. Em silêncio Carmem não apenas foi conivente como foi cumplice destes atos. Raquel Dodge entrou no processo com a mesma desfaçatez que usou para arquivar os casos contra os tucanos Serra e Richa. E Carmem  que acusava todos de  casuismo, jogou o supremo para discutir um assunto constitucional em cima de um caso. Aliás do caso. Não se pode acusar Carmem de coerência.

    Em resumo houve uma profunda mobilização para a prisão de Lula , por um triplex que até mesmo o Juiz Moro faz questão de atestar com documentos publicos que pertence a OAS. A desfaçatez  atual é para se chegar o que será o ápice da Lava-Jato, prender Lula mesmo sem provas.  Moro faz questão absoluta de dizer que não tem provas nem evidências. Moro faz questão absoluta de dizer que vai prender Lula porque ele ousou ser presidente e porque ele pode. Afinal Moro se sente a vontadae para  dizer até o que o Supremo deve fazer .  Após prender Lula ele poderá se refugiar nos Estados Unidos.

    Nesta semana continuamos imersos nesta peça do absurdo em que transformaram o país. Mas ao invés de Esperar Godot  estamos  Esperando a Prisão de Lula.

    E no palco temos Carmem, Moro, Dallagnol, Dodge  pregando pela justiça e no palco apresentando a peça para os delatores e para as pessoas com casos arquivados , que refestelados em suas casas de luxo ainda virão às telas se apresentar como  heróis da nação, parodiando Roberto Jefferson.

    Hoje veremos se resta ao Supremo algum instinto de sobrevivência.

  11. A manobra (que NÃO é dela) é simples:

    Como sem votar as ADC’s, a jurisprudência “flexível” em vigor permite que alguns como Gilmar Mendes votem contra Lula.

    Depois de Lula preso aí votam as ADCs, que podem mudar esta juris(IN)prudência “pret-a-porter” de ocasião, que poderia, em remotíssima possibilidade, afetar digamos um tucano como Aécio “manda matar” (Neves) Cunha.

    Então poderá prevalecer o respeito à Constituição (que se estiver errada, deve e só pode ser mudada no Legislativo).

    Mas aí o brazil já terá passado a internacional VERGONHA de ter uma justissa que prende inconstitucionalmente sem crime e sem provas.

    No caso a VERGONHA terá ampla repercurssão porque será específica de um ex-presidente reconhecido, respeitado, agraciado e premiado internacionalmente ,com a melhor avaliação de um presidente na História nacional.

  12. A manobra (que NÃO é dela) é simples:

    Como sem votar as ADC’s, a jurisprudência “flexível” em vigor permite que alguns como Gilmar Mendes votem contra Lula.

    Depois de Lula preso aí votam as ADCs, que podem mudar esta juris(IN)prudência “pret-a-porter” de ocasião, que poderia, em remotíssima possibilidade, afetar digamos um tucano como Aécio “manda matar” (Neves) Cunha.

    Então poderá prevalecer o respeito à Constituição (que se estiver errada, deve e só pode ser mudada no Legislativo).

    Mas aí o brazil já terá passado a internacional VERGONHA de ter uma justissa que prende inconstitucionalmente sem crime e sem provas.

    No caso a VERGONHA terá ampla repercurssão porque será específica de um ex-presidente reconhecido, respeitado, agraciado e premiado internacionalmente ,com a melhor avaliação de um presidente na História nacional.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome