Gilmar induz que Dilma pode ser responsável por corrupção nas contas de Temer

“Na verdade, a campanha presidencial é feita em conjunto”, disse o ministro sobre R$ 1 milhão da Andrade nas contas de Temer. “Mas é claro que os recursos são captados em nome da candidatura à presidência”, no caso, à Dilma, afirmou Gilmar
 
 
Jornal GGN – O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, reavivou a tentativa de separação da responsabilidade de Michel Temer nas irregularidades da campanha da chapa de 2014, disputada com a então presidente Dilma Rousseff. Nesta quarta-feira (16), Gilmar afirmou que o TSE buscará saber se “a responsabilidade eventualmente atribuída a presidente seria também de ser compartilhada pelo vice”.
 
O anúncio é mais um passo nas estratégias elaboradas pelo próprio alvo da possível cassação, Michel Temer, de ver o seu mandato encurtado com a criminalização das contas de campanha, diante das delações a andamento das investigações da Lava Jato, agora a nível da Corte eleitoral.
 
Na última semana, o GGN mostrou que, diante da tentativa da defesa do peemedebista, os advogados de Dilma apresentaram ao Tribunal que, se a sua campanha contou com recursos de desvios da Petrobras, parte dela veio pelas contas de Michel Temer.
 
Isso porque os advogados comprovaram que R$ 1 milhão doado pela Andrade Gutierrez, que segundo o delator Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira, disse que a Andrade repassou a quantia como pagamento de contratos assinados com o governo, entre eles a construção da Usina de Belo Monte, no Pará.
 
O depoimento prestado em São Paulo por Otávio foi ouvido pelo próprio relator do processo, o ministro Herman Benjamin do TSE, e contradizia, em parte, os documentos apresentados posteriormente por Dilma. A defesa de Dilma Rousseff recorreu aos comprovantes das transações e mostrou ao TSE que o montante entrou no caixa de Temer. 
 
Para seguir a estratégia iniciada neste ano, em articulações junto a ministros do TSE, conforme revelou o GGN em outubro, para separar as responsabilizações de Dilma e de Temer, Gilmar teve que dar duas alegações opostas e contraditórias entre si.
 
Se, para sustentar que ambos poderiam ter culpas diferentes em um mesmo processo, Gilmar afirmou que o TSE irá verificar se a responsabilidade atribuída a um é a mesma da atribuída ao outro – abrindo a possibilidade para a separação, por outro, ao argumento dos advogados de Dilma de que o montante teria vindo do peemedebista, respondeu que “a campanha presidencial é feita em conjunto”.
 
“Na verdade, a campanha presidencial é feita em conjunto. Quem lidera a campanha é o candidato a presidente que faz a captação e claro que há recursos que são transferidos para a campanha do vice-presidente. Não é essa a questão que será discutida no TSE”, disse.
 
Em seguida, mesmo que sem relatar os processos de cassação contra a chapa – competência esta de Herman Benjamin, afirmou que a corrupção poderia ser de responsabilidade do lado petista, no caso Dilma Rousseff, ainda que esses recursos tenham entrado pelas contas do peemedebista, Michel Temer.
 
“É que se a responsabilidade eventualmente atribuída à presidente seria também de ser compartilhada pelo vice. Porque claro que recursos da campanha da candidata a presidente foram utilizados na campanha do vice, isso é bastante claro e nem poderia ser de outra maneira. Até porque a campanha é uma única campanha, ninguém vota para presidente e vice presidente de forma independente. Portanto, a campanha é única embora eles possam estar em lugares separados e terem eventos autônomos. Mas é claro que os recursos são captados em nome da candidatura à presidência”, concluiu.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Aprovado em sabatina, Kassio se alinha a Bolsonaro contra o aborto

30 comentários

  1. Òbvio que todos os males do

    Òbvio que todos os males do mundo são culpa do PT,

     

    antes não tinha corrupção e agora com o PT fora acabou………

     

    o problema não é a corrupção, é quando não participam dela, aí o pessoal fica doido…….

  2. Deixa ver se entendi, o nome

    Deixa ver se entendi, o nome dela é Michel Temer ? É isso? E se ela fosse no banco descontar aquele cheque? Eles diriam, aguarde, Sr. Michel ? . . . .

     

  3. O empresário, ministro do STF

    O empresário, ministro do STF e agora presidente do TSE Gilmar Mendes é uma piada.

    Juíz previsível (pau no PT e suave com a Big House), nem disfarça mais sua extrema parcialidade.

    Ao lado de Moro, não vejo mais qualquer outro juíz no planeta que seja tão escancaradamente parcial como ele.

  4. O MOLEQUE DA BOLA E O NEYMALA.

    Uma vez fui a campo de várzea e conheci um garoto que todos falavam ser o MOLEQUE DA BOLA, arrumava com a pelota mutretas e fintas mirabolantes que desafiavam as leis do futebol, toda vez que um amigo entregava o jogo ele resolvia em uma jogada só, a qualquer hora da noite ou do dia resolvia com seus gols espiritas e tudo mais, era um terror para seus inimigos e adversários no campo, dava chutes e pulavam feito canguru, uma vez não se fez de rogado e proibiu o juiz de dar cartão vermelho para um jogador do seu time, uma vez marcou um gol com um chute tão forte que bola caiu dentro do lago de FURNAS, ele era um garoto honesto com a bola no pé, mas quando sai dali, qualquer microfone era seu destino, porém temos que admitir jamais em um microfone falou dos amigos mesmo aqueles de honestidade duvidosa, até os elogiavam como gente da melhor especie, outros dizem que a desenvoltura com a bola, era poque era protegido por capangas, ninguém sabe se eram capangas do seu time os Pavões Soccer Decanos da Bola ou se eram seus mesmo, a má sorte ou boa sorte é que teve de andar de bengala, pois machucou o pé numa CUNHA de madeira jogada no campo, ninguém sabe por quem e porque, ele machucou o pé e foi parar no HC, entrou no HC pulando feito canguru, não quis cadeira de rodas e nem nada. O MOLEQUE DA BOLA hoje tem uma ESCOLINHA e dizem que ganha muito dinheiro das empresas de seus protegidos fans. O nosso futebol precisa de moleques da bola, esse não, endeusou, contentemos NEYMALA.

  5. O Sr. Infeliz

    O que poderíamos esperar de uma das figuras mais reprovadas, mais rejeitadas , mais intoleráveis e das que mais desonram o judiciário? O que esperar de uma figura como ele?

  6. Inovação nas aulas de Direito

    Agora o Ministro também dita para a defesa a estratégia a ser por ela usada? Ô País!

  7. A raposa e as capivaras

    E as ovelhas vão caminhando em direção do cadafalso sem se darem conta. De um lado a Lava Jato que grita contra a corrupção. A corrupção segundo Sério Moro. De outro, dona raposa, ou seja, Gilmar Mendes inventa mais uma jabuticaba na frutifera seara do judiciario-politico brasileiro. E ao final, as capivaras dirão, muito bem, raposo, você mais uma vez salvou a nossa patriazinha. Passemos às uvas!

  8. O cheque era nominal ao

    O cheque era nominal ao Temer, mas a culpa só poderia ser da Dilma, claro…

    Um santo homem como Temer jamais aceitaria corrupção. Gilmar sabe das coisas… Por isso ele tem cada um daqueles juizecos no seu bolso.

  9. INUSITADO.
    Numa matéria hoje

    INUSITADO.

    Numa matéria hoje no S T F,, Gilmar vota e pede vista.

    Isso nunca aconteceiu antes.

    O entrevero deu-se com Ricardo Lewandowski .

    Carmem Lúcia suspendeu a sessão.

  10. Que o PT

    e a esquerda como um TODO se borre de medo do jagunço Gilmar, todos nos sabemos. Até ai nenhuma novidade. Chocante é não ver NENHUM jurista, sério que tenha uma biografia a preservar, chamar esse jagunço sujo, rábula de porta de cadeia para “dançar” e deixar claro o seu partidarismo, o quanto é nocivo e perigoso para o Brasil. É assustador, todos os dias esse cretino deita a falar merda sem nenhum contraponto, e quando há um contraponto é cheio de dedos. Exceção foi o Nassif que peitou esse valentão de bar e como todo valentão e bar, o Gilmar piscou.

  11. Só falta Gilmar “Dantas

    Só falta Gilmar “Dantas Abdelmassih” Mendes afirmar que os 10 milhões que o Marcelo Odebrecht deu ao Temer em grana viva, numa noite em pleno Palácio do Jaburu, era pra entregar à Dilma, mas o Temer esqueceu no bolso e acabou dividindo a grana com o Eliseu Padilha.

  12. Esse descalabro ambulante,

    Esse descalabro ambulante, cada dia, mais aumenta a incapacidade de raciocinar um mínimo condizente com sua função fulanizada de escombro do esseteesse: houve senado neste país-de-araque e o dito cujo nem teria chegado lá. Não vale o que come, que dirá …

  13. E se a Mulher do Gilmar recebesse uma doação do Cachoeira?

    Se fosse povado que a mulher do Gilmar Mendes recebeu uma doação do bicheiro Cachoeira, o Gilmar pagaria o pato?

    Se o traficante flagrado com a mão na massa afirmar que a droga não é dele, que ele apenas está transportando a droga para o Celso de Mello fazer a cabeça, como fica? O traficante fica impune enquanto o Celso de Mello se tora?

    Acho que o Gilmar Mendes daria um habeas corpus para o traficante, para o Abdelmassih e para o Daniel Dantas. Todos tem direito a uma opportunity.

  14. dois pesos, duas medidas

    Primeiro ele separa os processos, cada um cometeu atos isoladamente, depois alega que campanha é conjunta. A justiça que se dane, a conveniência é que prevalece. Vai Brazil com Z.

  15. ” o TSE buscará saber se ‘a

    ” o TSE buscará saber se ‘a responsabilidade eventualmente atribuída a presidente seria também de ser compartilhada pelo vice’ “.

    Claro que não! Responsabilidade só se exige da gentalha, mão de obra batata, ralé. Os nobres não precisam se preocupar com esses detalhes.

    É um “privilégio natural dos nobres”.

    Reverenciemos os nobres inimputáveis do Brasil!!! 

  16. Falar nos autos

    Um juiz não deve falar fora dos autos sobre tema que possa vir a ser julgado por ele, sob pena de ter-se que declarar impedido, ou uma das partes pedir para que ele seja impedido.

    Nesta caso, é muito mais grave ainda, pois gilmar mendes está falando fora dos autos sobre assunto que JÁ ESTÁ SENDO julgado pelo tribunal que ele preside!!!

    Vivemos numa democracia ou não?

    • O dinheiro não foi só pro Temer, foi também pro Lula

      Observe que o cheque foi nominal ao Temer e ao Lula.

      Lula não toma jeito, mermo

  17. Eu já disse e repito: Temer

    Eu já disse e repito: Temer acordou com Gilmar Mendes a sua renúncia no ano que vem. Em troca, ele livra a cara de Temer e condena as contas de Dilma e Temer em separado, Temer renuncia e um nome do PSDB assume para um mandato tampão.

    O Gilmar Mendes é um tucano de toga (muitíssimo sagaz, diga-se de passagem) que age às vistas, com todo o seu partidarismo aberto e declarado.

    Caso Temer não cedesse ao acordo, GM cassaria as contas em conjunto e Temer cairia com Dilma. Não tendo opção, Temer aceitou ficar até 2017 (ano em que só serão possíveis eleições indiretas) e apoiaria um nome tucano para um mandato tampão até 2018, preparando o terreno para Alckim ou qualquer outro nome tucano.

  18. Temer não se preocupa. O TSE está em boas mãos

    “Esse cheque é de uma conta do PMDB, assinado pelo PMDB, nominal à candidatura do vice-presidente. No TSE, não tenho preocupação quanto a isso.” –  Michel Temer, Entrevista Roda Viva

    A despreocupação do Michel Temer quanto ao cheque me fez lembrar do Daniel Dantas, o qual disse ao seu advogado:

    “Resolva meus problemas na primeira instância, que lá em Brasília eu resolvo”.

    É a certeza da impunidade.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome