Justiça leva um dia para analisar pedido e Léo Pinheiro deixa a prisão hoje

O ex-presidente da OAS teve sua delação premiada homologada na última sexta-feira (13). O pedido levou um dia para ser autorizado, e Léo Pinheiro deixou a prisão

Léo Pinheiro em depoimento a Sergio Moro. Imagem: reprodução

Jornal GGN – Após mudar seu depoimento na Operação Lava Jato e incriminar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o empresário Léo Pinheiro deixa a cadeia e passa a cumprir prisão em casa, com tornozeleira eletrônica.

O ex-presidente da OAS teve sua delação premiada homologada na última sexta-feira (13), o que permitiria a ele a progressão do regime. No mesmo dia, a sua defesa solicitou que ele cumprisse o resto da pena em casa, prisão domiciliar. O pedido levou um dia para ser autorizado, e Léo Pinheiro deixou a prisão hoje.

Pinheiro chegou à Justiça Federal de Curitiba por volta das 15h desta terça, passou por uma audiência para colocar a tornozeleira eletrônica e deixou o local por volta das 16h30.

Preso desde setembro de 2016 e condenado em 5 ações penais da Lava Jato, o delator foi quem imputou crimes a Lula, afirmando que reformou e reservou o apartamento triplex do Guarujá ao ex-presidente, acusações que embasaram toda a denúncia contra Lula, que cumpre pena desde abril de 2018 na sede da Polícia Federal de Curitiba.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "Janot tentou derrubar Temer para impedir escolha de Dodge à PGR", diz Elio Gaspari

4 comentários

  1. O golpe está nos poderes do país: Judiciário e Legislativo.

    A destruição do país está sendo legalizada por essa gente. E o uso do poder
    judiciário faz exatamente esse papel.

    Toda destruição do país está sendo legalizada pelas casas legislativas. Tanto as
    casas legislativas quanto o judiciário está empilhando.

  2. A era dos canalhas é o que estamos vivenciando e pode ir longe ainda. Com todas as denúncias já espalhadas nada se viu para reverter o mal que produziram especialmente na justiça onde o maior líder brasileiro dos últimos 50 anos segue preso e receio que não saia mais. Gostaria de estar errado.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome