Xadrez do inquérito do STF e o The Intercept, por Luis Nassif

Deve ter sido um vazador comum, o mesmo que vazou a delação de Alberto Yousseff para Veja, as sucessivas delações de Antonio Palocci para a Globo, as de Léo Pinheiro para o Estadão.

Xadrez da investigação do STF e do dossiê do Intercept
Vamos montar um Xadrez bastante delicado.

Lance 1 – o volume de informações do dossiê Lava Jato

Pelas informações do The Intercept, o volume de dados do dossiê Lava Jato é superior ao do próprio caso Snowden.
Alguns dos diálogos divulgados, além disso, mostram que foram captadas conversas até entre duas pessoas – no caso, Sérgio Moro e Deltan Dallagnoll. O que comprovaria, em tese, que o vazamento não se deu a partir de uma pessoa infiltrada nos grupos de discussão, mas de hackeamento de vários celulares.

Lance 2 – o inquérito do STF

Houve a investigação de arapongas da Receita nas contas de Gilmar Mendes e Dias Toffoli e esposas, e vazamento posterior para a mídia. O fiscal envolvido já tinha participado das investigações da Lava Jato. O sentimento de impunidade seguiu os mesmos procedimentos de abusos anteriores:

1. Moro alegou engano ao vazar conversas de Dilma Rousseff e Lula grampeadas depois do final do prazo para o grampo autorizado. Foi desculpado.

2. No grampo ao escritório de advogados de Lula, alegou engano, que a intenção era grampear apenas a empresa de palestras de Lula. Novamente, foi desculpado.

3. No vazamento das investigações da Receita, alegou-se que o fiscal enviou o e-mail com os dados por engano para algumas pessoas.

Com seus métodos e falta de limites, a Lava Jato tornou-se uma ameaça, inclusive para o Supremo, que sabia estar enfrentando uma organização poderosa, armada de poder do Estado e com liberdade ampla para grampear, levantar informações e assassinar reputações, vazando para a imprensa. Com Sérgio Moro na Justiça, comandando a Polícia Federal, procurando influenciar a COAF, havia o risco concreto de criação de um estado de terror.

Leia também:  “In Fux nóis num trust” (Batatinha quando nasce...), por Armando Coelho Neto

Em 14/03/2019, o presidente do STF, Dias Toffoli, anunciou a abertura de investigações contra a proliferação de fake news, especificamente contra ameaças a Ministros do STF.

Aproveitou críticas ao Supremo, da parte do procurador Diogo Castor, da Lava Jato, para estender as investigações aos procuradores.

O relator indicado foi o Ministro Alexandre de Moraes, ex-Secretário de Segurança de São Paulo e ex-Ministro da Justiça do governo Temer. Moraes colocou à frente da investigação delegados de confiança, tirando o poder de manipulação do Ministro da Justiça Sérgio Moro, a quem a Polícia Federal está subordinado.

Quatro dias depois, em 18/03/2018, na visita de Jair Bolsonaro aos Estados Unidos, em pleno vôo, Moro decidiu visitar a CIA e o FBI, um encontro fora da agenda.

Segundo o porta voz, o encontro não foi divulgado antes porque foi decidido durante o voo de Brasília a Washington, “embora nós já estivéssemos efetuando os contatos”.

Em 24/04/2019, o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, divulgou a suspeita de que poderia ter sido grampeado.


Lance 3 – o inquérito do STF

Nada se sabe ainda dos resultados das investigações do STF. Apesar de claramente inconstitucional, teve apenas uma reação contrária de Raquel Dodge, Procuradora Geral da República, mas tudo ficou no esperneio. Afinal, depois de todos os abusos da Lava Jato, sustentados e apoiados por Ministros do STF, como Luiz Edson Fachin, Luis Roberto Barroso, estimulados por PGRs, como Janot, não questionados pela própria Dodge, quem teria moral para rebater as inconstitucionalidade do Supremo?

Leia também:  Exclusivo: Moro interferiu na sindicância do grampo ilegal na PF, por Marcelo Auler

Ocorre que o inquérito do STF tinha como objeto os fake news e ameaças recentes. Tudo o que fosse levantado, além disso, não estaria no escopo do inquérito e não poderia ser utilizado.

Coincidentemente, é o material que The Intercept apregoa ter recebido.

Na única vez que conversei com Janot sobre vazamentos, especificamente o que gerou a capa da Veja, que quase decide as eleições, ele deu de ombros.

– Não podemos fazer nada porque quem vazou, provavelmente, foi o advogado do Yousseff.

Foi alguém do STF que planejou isso? Claro que não.

Certamente ocorreu o mesmo que nos vazamentos da Lava Jato. Deve ter sido um vazador comum, o mesmo que vazou a delação de Alberto Yousseff para Veja, as sucessivas delações de Antonio Palocci para a Globo, as de Léo Pinheiro para o Estadão.

Mas, certamente, o lance jogado foi xeque mortal: acertaram  a cabeça da jararaca.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Essa é realmente a hipótese mais provável, caro Nassif. Acho que você matou a charada. O material é extenso demais para que fosse conseguido por um haker independente. O mais provável é que tenha sido conseguido via investigação oficial que grampeou vários aparelhos telefônicos, conseguindo, inclusive, o histório do Telegran de vários deles. Portanto, não foi hacker, foi grampo investigativo. Como esse material não cabia na investigação oficial, foi vazado para o Intercept, por alguém de PF ou mesmo do STF. Indícios de que o STF pode estar por trás do vazamento: - Há uma fala enigmática de Tofolli, dizendo para as pessoas aguardarem, pois saberão que ele tem razão em insistir nas investigações, mesmo sendo ilegais e de ofício. - Gilmar pede vistas no HC de Lula que alega parcialidade de Moro (em que Lula provavelmente perderia) e libera justamente agora, quando a bomba da vazajato explode. É muita coincidência. E Gilmar nem espera 1 semana para disfarçar: parece um recado direto para seus inimigos da lava-jato. Se o material do Glen não comprometer Tofolli nem Gilmar, é muito provável que eles pelos menos sabiam dos vazamento. A República de Curitiba está liquidada. E, por ironia, com a sua maior arma, os vazamentos.

46 comentários

  1. Essa é realmente a hipótese mais provável, caro Nassif. Acho que você matou a charada. O material é extenso demais para que fosse conseguido por um haker independente.
    O mais provável é que tenha sido conseguido via investigação oficial que grampeou vários aparelhos telefônicos, conseguindo, inclusive, o histório do Telegran de vários deles.
    Portanto, não foi hacker, foi grampo investigativo. Como esse material não cabia na investigação oficial, foi vazado para o Intercept, por alguém de PF ou mesmo do STF.
    Indícios de que o STF pode estar por trás do vazamento:
    – Há uma fala enigmática de Tofolli, dizendo para as pessoas aguardarem, pois saberão que ele tem razão em insistir nas investigações, mesmo sendo ilegais e de ofício.
    – Gilmar pede vistas no HC de Lula que alega parcialidade de Moro (em que Lula provavelmente perderia) e libera justamente agora, quando a bomba da vazajato explode. É muita coincidência. E Gilmar nem espera 1 semana para disfarçar: parece um recado direto para seus inimigos da lava-jato.
    Se o material do Glen não comprometer Tofolli nem Gilmar, é muito provável que eles pelos menos sabiam dos vazamento.
    A República de Curitiba está liquidada. E, por ironia, com a sua maior arma, os vazamentos.

    31
    • Foi feito por várias pessoas, como asseverou Ciro: foi por serviço de inteligência de algum país. Acho que foi um Putin, afinal, os EUA sabotaram o BRICS , é o troco.

  2. Nassif: seu xadrez está parecendo receita da pedra filosofal escrita pelo Nicolas Flamel. Só os iniciados conseguem entender… Tá mandando recado pra alguém ? Tipo: eu sei o que vocês fizeram no verão passado…

    12
    2
  3. Será que não tem o dedo do Snowden nesse hackeamento? Interessante que o Romulus Maya está contestando fortemente o Greenwald, o que corrobora as suspeitas do Nassif.

    7
    3
  4. Nassif, não compro a história da invasão indiscriminada de celulares e computadores, nem da Vaza Jato, nem de nenhum outro vazamento anterior.

    Neste caso específico da Vaza Jato, inclusive, é bem caso de ataque de engenharia social… o que é mais sofisticado que pura e simples invasão.

    6
    2
  5. Agora sim,o Moreno de Poços acertou a mão.O texto anterior que versa sobre o mesmo assunto,me pareceu meio confuso,especialmente quando acenava algum poder de reação das forças moristas,comandadas pela Globo.Que porra nenhuma.O gringo pegou a turma toda de calças nas mãos,e os deixou completamente nus com as elas nos bolsos.Talvez,pelo impacto da materia,tenha produzido o maior trabalho jornalistico do seculo.Se segurem cambada de FDP, a ema vai gemer no tronco do juremá.Conheço politica por que sou um estudioso dela,mas jamais vi,li ou ouvi nada nem parecido em minha vida.Fudeu.

    21
    1
    • A História te dirá, é por aí, se Dilma e Lula trabalhassem com inteligência, nada disso teria acontecido.

  6. Coluna enigmática.
    A jararaca é a Lava Jato?
    Quem ou o que é Lava Jato?
    Um grupo de juízes e procuradores manipulado pelo grande capital internacional e nacional com apoio da grande mídia para botar em marcha a classe média a favor de seus interesses, ou um grupo com vida própria?
    “Certamente ocorreu o mesmo que nos vazamentos da Lava Jato. Deve ter sido um vazador comum…”
    Por que alguém faria jogo duplo? Um técnico operador, franco atirador?

  7. Já pensou se todo juiz indecente e criminoso, criasse grupo de zapzap com promotores e procuradores para atacar e cercar os “seus” réus? Na ciosa coligação cínico-fraudulenta-criminosa da mídia golpista/tucanos/lado podre da lei, isto pode. Com STF, com tudo. Para que então judiciário e com tantas benesses, marajaismo e salários indecentes?

    12
  8. Embora não acredite que o vazamento consistiu de dados que não poderiam ser usados no inquérito do STF, um fato favorece essa tese: as revelações parecem estar centradas em Moro, Deltan e o MP, segundo Greenwald tem ameaçado. Faz sentido preservarem membros dos tribunais (TRF-4) e do próprio STF. Mas acho que o vazamento é fruto do descuido do Deltan com seus equipamentos, visto tudo girar em torno dele e não de Moro. As próximas reportagens do Intercept permitirão avaliações mais precisas.

  9. “Balde de pipoca” numa mão,”breja gelada” na outra e um sorriso “de orelha à orelha”, esperando novos “vazamentos intercepticos”, preparado para mais um emocionante “episódio” de “Game of Thrones Brasil”…..
    Mas falando serio, no tempo do impichi da Dilma, fiz um comentário dizendo que “Moro não leu os clássicos da literatura e como consequência, não entendeu que “voar” perto do Sol com assas de cera e penas e um um grande risco…..já estávamos “assistindo ao derretimento da cera e ao descolamento das penas”……agora a coisa é inexorável, e a queda com consequente “esborrachamento”, uma certeza………..
    PS: Estou muito preocupado……uma pergunta me atravessa a mente……como estará a “qualidade” do sono da galerinha do TRF4…….estão dormindo bem?…..comendo direitinho?……; )

    9
    1
  10. É uma das grandes desconfianças que tenho, ou seja, enquanto a Lava Jato era um projeto em conluio com os USA e a Globo que visava apenas destruir o PT e Lula estava tudo bem, tudo certo, tudo maravilhoso.
    A coisa mudou quando se deram conta que todos haviam sido enganados: na verdade a Lava Jato (como eu escrevi uma vez aqui) ia muito além, ou seja, era um projeto de poder que visava deslocar toda classe política brasileira em benefício dos próprios USA, que para tanto, contava com a conivência de um judiciário despreparado, ignorante, jeca e preconceituoso, isso sem falar na lesa-pátria de sempre, a Globo.
    Para tanto, claro estava, seria necessário um instrumento de perseguição política irrestrita para arruinar seus inimigos (como pretendia fazer com a COAF e o tal fundo de 2,5 bilhões), que seria turbinado pela Globo.
    Não sei quem vazou, nem com que objetivo. Mas claro está que o efeito é um só: destroçar a Lava Jato, antes que ela atinja seus objetivos, mesmo que para isso seja necessário inocentar Lula.

    8
    1
  11. os vazamentos vil e amplamente utilizados pela Lava Jato & Associados agora se voltam contra ela.

    com o cadáver do rei nu apodrecendo às vistas de todos, o que a Ex-querda tem a propor?

    vozes se levantam a proclamar que o “sistema” como um todo faliu e é preciso por abaixo a Bastilha, algo que só o povo nas ruas deve fazer?

    não precisamos EXATAMENTE de qualquer “democratização dos meios de comunicação”. nosso maior problema atual não é este. nunca foi.

    precisamos de uma Esquerda que não tenha medo de se assumir como tal.

    precisamos de lideranças que, a exemplo de Bolsonaro, não hesitem em reverberar a falência do sistema político, mas, ao contrário daquele, tenham propostas claras e concretas para inaugurar um novo ciclo.

    mais um pacto entre as elites se anuncia, agora batizado de “pacto entre os poderes”. resultará inútil. larva alguma brotará deste cadáver infecundo.

    não há saídas. ou a Esquerda assume a vanguarda das mudanças estruturais. ou os Generais vão fechar o regime.

    ainda assim, um fechamento aos moldes do AI-5 apenas será mais uma fuga para a frente. em direção a nenhuma perspectiva de recuperação da economia, nenhuma cena externa de superação de uma crise sistêmica.

    à nossa frente, o caos e a barbárie.

    ou…
    .

    4
    1
  12. Bolsonaro tem confiança irrestrita no $érgio Moro assim como Clyde tinha tinha confiança irrestrita em Bonnie.

    Asinus asinum fricat

  13. Claramente esse material não foi retirado de celulares, ele saiu dos servidores do próprio administrador do app. É bom lembrar que o Telegram é criação de russos.
    É bem possível que não tenha sido trabalho de hackers mas um ínside job.

    3
    2
  14. O MP é órgão de acusação e portanto, é PARCIAL por natureza. Jamais deveria investigar pois com tantos poderes pode manipular fatos e provas para bter a condenação como pode “aliviar” a acusação engavetando processo, por exemplo, como já noticiou a imprensa. A polícia age imparcialmente investigando mas quem vai acusar quer condenar de qualquer jeito

  15. Nassif,

    Por seu texto, a impressão que fica é a de que os rastros apontam para o Supremo ou alguém a este ligado a fim de realizar uma contra-ofensiva, quer para desacreditar Bolsonaro, quer para desacretidar Moro e Farsa- Jato. Outra hipótese seria a de alguém infiltrado nos grupos, talvez da PF ou do MPF, que foi acumulando estes dados ao longo dos anos. Se da PF, imagino que tenha sido alguém contrário à turma do Moro, se do MPF, alguém contrário à turma do DD.

    Digo isso porque hackear muitos celulares é difícil. Provavelmente, algum dos hackeados já teria feito a denúncia há algum tempo.
    Em outras palavras: vc deu uma volta para dizer que cheira como o STF, anda como o STF, tem penas como o STF, quaqueia como o STF, mas é um pato… 😉

    Fica o abraço de sempre.

  16. Nassif,
    Por seu texto, a impressão que fica é a de que os rastros apontam para o Supremo ou alguém a este ligado a fim de realizar uma contra-ofensiva, quer para desacreditar Bolsonaro, quer para desacretidar Moro e Farsa- Jato. Outra hipótese seria a de alguém infiltrado nos grupos, talvez da PF ou do MPF, que foi acumulando estes dados ao longo dos anos. Se da PF, imagino que tenha sido alguém contrário à turma do Moro, se do MPF, alguém contrário à turma do DD.

    Digo isso porque hackear muitos celulares é difícil. Provavelmente, algum dos hackeados já teria feito a denúncia há algum tempo.
    Em outras palavras: vc deu uma volta para dizer que cheira como o STF, anda como o STF, tem penas como o STF, quaqueia como o STF, mas é um pato… 😉

    Fica o abraço de sempre.

  17. Isso ai foi coisa da ABIN. Só foi vazado agora, depois das eleições é claro.
    Coisa de profissional, dos golpistas, que agora querem se livrar da guarda pretoriana do Paraná.
    Golpe de mestre!

  18. Se alguém acredita que a os lojistas vão se regenerar esqueçam……
    É melhor o intercept mostrar a artilharia pesada de vez e matar a tentativa de desqualificar as denuncias….
    É mostrar o que tem de conversas não republicanas de gatos gordos e pressiona-los contra a parede, sem dó e e sem medo…..
    Se o país se esfacelar, paciência………melhor isso do que o povo sendo sempre a parte castigada………..
    Já estão demorando………

  19. O mais provável é a hipótese do Nassif: foi grampo do STF e parte da PF. Hacker sozinho não creio, pois o vazamento é grande demais.
    Se a primeira hipóse não se confirmar, a outra possibilidade mais lógica é que tenha sido o próprio Telegran ou alguém lá de dentro. Aí já haveria a possibiliade de serviços secretos russos (e o governo Putin, pois o telegran é russo) estarem na jogada. A coisa mudaria de figura e deixaria de ser conflito doméstico, passando a dimensões geopolíticas.
    É bom lembrar que o Intercept trabalha com Wikiliaks e Snowden, cujas atuações são internacionais e envolvem geopolítica.

  20. Sugiro ao Nassif que retire esse termo Xadrez das suas “análises “.Xadrez é um jogo estratégico em que se conhece todas as peças,nunca vai aparecer uma nova de surpresa .A política está mais para o pocker,onde as peças (cartas) estão encobertas e a cada rodada surge uma revelação. O Glenn (Intercept) e o Hacker são cartas novas que apareceram agora na rodada.

  21. Bom falar,Nassif sabe como ninguém o desdobramento desses casos(vide o Caso de Veja).O Gringo magistralmente tornou-se o senhor da vida e da morte.Cobra criada como já demonstrou ser,agora pela segunda vez,ele deve lançar mãos da Operação Conta-Gotas.Por prudência,devemos aguardar os próximos capítulos desse verdadeiro “jogo mortal”,e se materializando o que já declarou(+ de 1.700 horas de gravações e degravação),antevejo Vaga-lumes pra tudo que é lado,na noite mais escura que se abate sobre o País.Se o Gringo tiver a maestria de saber usar o tesouro que deve está em suas mãos,eu,humildemente confesso,de que não sei o que pode acontecer,a não ser uma coisa:Que tenha cuidado e coragem,de fio a pavio,ele está lidando,literalmente,com uma OCRIM.Todo cuidado é pouco.Aliás.ele sabe disso bem melhor que eu.

  22. GLI UOMINI D’ONORE – MÁFIA – ESTRUTURA

    MÁFIA. MODELO DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA
    Servindo de modelo básico aos outros grupos mafiosos e organizações criminosas temos, por exemplo, a Máfia Siciliana (Gamorra) com uma estrutura piramidal assim composta:
    a. BASE composta por criminosos comuns (como assaltantes, pistoleiros, sequestradores, extorquidores, corruptores, etc). Os “SOLDATIi”. É a linha de frente.
    b. NO ANDAR LOGO CIMA, os homens de (aparente) honra composta por criminosos engravatados infiltrados em Instituições, Organizações e Empresas tanto Públicas como Privadas, encarregados de darem proteção e legitimidade às organizações, ações e grupos mafiosos (como sacerdotes, pastores, religiosos, professores, comerciantes, industriais, empresários da mídia, jornalistas, Juízes/Magistrados, Procuradores/Promotores Públicos, Delegados/Agentes Policiais, Advogados, Militares, Políticos, Parlamentares, Governantes e outros tantos infiltrados). Os “UOMINI D’ONORE”. É a linha de retarguarda, de segurança e institucional das organizações criminosas.

    – fanno relazione con la politica, con la economia, con la chiesa, con i giornalisti… fanno relazione con tutti…un mondo di relazione… I’ uomini d’onore è il centro di un piccolo universo (Attilio BOLZONI, jornalista italiano e estudioso em Máfia com mais de uma dezena de Livros e Matérias publicados sobre a Máfia Siciliana, como por exempo, Il capo dei capi. Vita e carriera criminale di Totò Riina; La giustizia è cosa nostra. Il caso Carnevale tra delitti e impunità; C’era una volta la lotta alla mafia; Parole d’onore e outros )

    – “A máfia é forte porque se infiltra no Estado” (VITO LO MONACO presidente do CENTRO STUDI PIO LA TORRE, Instituto Italiano responsável pelo Projeto Educativo Antimáfia).
    – Nos últimos anos, eles [organizações mafiosas] desenvolveram técnicas mais sofisticadas para praticar corrupção com mais chances de ficarem impunes, como dissimular pagamentos de propinas, ou multiplicar conflitos de interesses” (Cientista Político e Professor ALBERTO VANUCCI, da Universidade de Pisa, It).

    c. ACIMA, ainda, os comissários mandatários regionais e de circunscrição, que se submetem ao chefe geral normalmente escolhido por eles. “COMISSIONE”: cúpula do comando nas regiões.
    d. Por último, o grande Chefe. O “IL CAPO”.
    ***
    – una decina di uomini d’onore forma una famiglia
    – diversi famiglie formano un mandamento [ circunscrição ]
    – più mandamenti eleggono un capo della cupola o comissione

    ***
    Moro e Dellagnoli bem (supoem-se) se encaixam nessa estrutura organizacional criminosa

  23. Telegram já confirmou que ninguém entrou sem autorização nem modificou nada internamente…

    sinal de que os dados não foram trabalhados, conforme a Globo quer que pareça

  24. O final é irônia pura, Nassif não ia arriscar um processo, mas o texto e sua conclusão são claríssimos. É só inverter o fina que fica claro.

  25. Os encontros secretos de Moro com supostos lobistas dirá muito…!
    Obs: Iria escrever sobre os militares mas pipoquei,as bases e sua cúpula entreguista q se entendam!!!

    • Nassif vc e toda a blogosfera tem q manter o foco,a ofensiva/controle das pautas,quando começa a esquentar temas realmente importantes p o Brasil/meio progressista aí vem…diversionismo partindo da mídia tradicional empresarial ,o debate econômico é o ponto fraco deles assim como o debate de quem realmente está infringindo a lei/constituição pois para o povão Bolsonarista há a percepção q td foi dentro da lei,veja bem não dêem corda ao intercept ele vai sequestrar o público progressista, vcs estão lidando com estrategistas altamente capacitados e q só fazem isso,filtrem bem a contrainformação,existe site/Youtubers de fora praticando isto habilmente,confundindo mais,dê mais confiança aos seus colaboradores,olhe à frente,sei q de alguma forma é vergonha ter q ler isto de um leitor igual a mim,é preciso saber quem são os adversários pra poder lutar !!!!

    • E tem mais,esquerda/progressistas não fiquem reféns do Intercept ele prometeu mais denúncias e não cumpriu perdeu a moral, não dêem corda ao site,vai passar a rasteira em toda mídia independente progressista,tudo armado pra reter o público e buscar protagonismo,”Dêem o q querem!!!”

  26. pois é, o telegram garnate que não há hacker nissso aí…
    e a divulgação dos restantes materiais existentes
    dependem do dono do intercept, o multimilionário
    Pierre Omidya, que deu ou está dando 250 milhões de
    dólares para o the intercept….
    espera-se que não aconteça o que aconteceu
    no caso snowden, quando de repente
    o wikileakes parou de dar a matéria….

  27. Creio que essa coleta de dados foi promovida por serviço secreto de algum país que tenha interesse em desestabilizar ainda mais nossas instituições, para poder influenciar e se beneficiar da dúvida e do caos. Pode ter sido tramada, também, pelo serviço secreto do exército brasileiro. Ou ainda, por algum megainvestidor que tenha grandes interesses especulativos pelo Brasil. Pode ter sido qualquer uma das opções, ou nenhuma delas. Pode ter sido geração espontânea divina. Que tal?

  28. Acho difícil que um arquivo tão extenso tenha sido produzido em tão pouco tempo. .,, na minha humilde opinião a fonte já agia há mais tempo,…

  29. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome