Aécio e mais 15 pessoas são denunciadas por corrupção ativa e passiva

Deputado federal já havia sido indiciado pela Polícia Federal em maio; acusação está relacionada a obras de construção na Cidade Administrativa

Aécio Neves (PSDB-MG), ex-governador de Minas Gerais e atual deputado federal. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Jornal GGN – O ex-governador de Minas Gerais e hoje deputado federal Aécio Neves (PSDB) foi denunciado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) junto com outras 15 pessoas pelos crimes de peculato, corrupção e lavagem de dinheiro, relacionados à licitação e construção da Cidade Administrativa, sede do governo mineiro.

Segundo a promotora Paula Ayres, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPMG, a denúncia trata dos fatos ocorridos entre 2007 e 2010 e foi ofertada em face do então governador do Estado de Minas Gerais, do então diretor da Codemig Oswaldo Borges da Costa, conhecido como Oswaldinho, e de outras 14 pessoas.

As apurações feitas pela Polícia Federal indicam que as irregularidades causaram uma perda de mais R$ 50 milhões aos cofres públicos do Estado. Após o processamento da denúncia, testemunhas devem ser ouvidas e diligências realizadas conforme os pedidos dos envolvidos.

“As investigações tiveram início em 2017 em razão de colaboração premiada que celebrada no âmbito da Lava Jato em dezembro de 2016 que trazia informações a respeito dos fatos criminosos ocorridos em Minas Gerais”, disse a promotora, lembrando o fato de a investigação ter começado perante o Supremo Tribunal Federal (STF) devido a prerrogativa de foro do então governador, mas que o processo foi remetido à Justiça comum da capital mineira em maio deste ano. As informações são do jornal O Tempo.

 

Leia Também
Toffoli suspende inquérito contra Aécio
Andrea Neves, irmã de Aécio, é indiciada por receber informações da Polícia Federal
Aécio é indiciado por corrupção na construção da sede do governo mineiro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora