Coronavírus: casos no Brasil se multiplicam por 13 em 12 semanas

Estudo divulgado pelo Imperial College mostra que taxa de contágio registrada no Brasil completa 12 semanas fora de controle

Jornal GGN – O total de novos casos de coronavírus a cada 100 mil brasileiros aumentou em 13 vezes no período entre 28 de abril e 12 de julho, passando de aproximadamente 19/100 mil para perto de 250/100 mil, segundo levantamento elaborado pela ECDC, a agência europeia de controle de doenças.

De acordo com o jornal Folha de São Paulo, a taxa de contágio indica, em média, quantas pessoas são contaminadas por cada infectado que transmite o coronavírus: os cálculos do Imperial College mostram que, no Brasil, a variação é de 1,03 – ou seja, cada 100 contaminados pelo vírus no Brasil transmitem a doença para outras 103 pessoas, que passam o vírus para outras 106, e assim espalham a doença em uma velocidade cada vez maior.

O Imperial College também traçou um prognóstico do número de mortes por Covid-19: na semana iniciada no dia 12, a previsão é que 7.860 doentes acabem morrendo por causa do coronavírus.

Tais números são a consequência de o Brasil estar há quase quatro meses com a epidemia fora de controle (com uma taxa de contágio acima de 1).

 

Leia Também
Coronavírus: frigoríficos brasileiros estão relacionados ao avanço do vírus
GGN-Covid: aumento de óbitos afeta regiões com 56% da população de SP
Os erros dos economistas com a curva do Covid-19, por Luis Nassif

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Moro diz que Aras não tem "nada de concreto" contra a Lava Jato em Curitiba

1 comentário

  1. Em São Paulo – o túmulo do samba e da democracia -, pessoas em padarias, consumindo bebidas em mesas internas, mas não portavam máscaras.
    Nas ruas, pessoas sem máscaras – nem ao menos no queixo.
    Nos supermercados, você não sabe se é individualismo ou algum tipo de emburrecimento, gente distraída, alheada, mal sabendo onde estão e para onde vão.
    Aceito passagem pra fora do país, só de ida.
    E se me aceitarem por ser brasileiro.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome