Guedes mostra contrariedade com recriação de ministério

Promessa de Jair Bolsonaro ao Centrão em troca de votos para Arthur Lira foi alvo de críticas do ministro da Economia nos bastidores de Brasília

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, considera “fora de cogitação” e “sem sentido” a recriação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), um dos pedidos do Centrão ao presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a jornalista Carla Araújo, do portal UOL, Guedes afirma nos bastidores que as especulações em torno do tema eram “fake news”, mas auxiliares de Bolsonaro no Planalto admitiam que a recriação da pasta estava na conta pela campanha que deu a Arthur Lira (PP-AL) a presidência da Câmara dos Deputados. O tema deve ser abordado em encontro entre Lira e Bolsonaro nesta quarta-feira (03/02).

As reações contrárias tem se mostrado contundentes, e pessoas próximas a Guedes sinalizaram que o ministro poderia desistir do cargo se tais negociações prosseguissem – além disso, integrantes da equipe econômica dizem que, ao atender o pleito do Centrão, Bolsonaro poderia afundar a agenda liberal de Guedes.

Esta não é a primeira vez que o assunto é abordado em Brasília, seja por Guedes ou por Bolsonaro – tanto que, em evento realizado na última semana, o presidente admitiu que novas pastas poderiam ser criadas após a eleição do Congresso.

 

 

Leia Também
Após 7 anos de polêmicas, força-tarefa da Lava Jato em Curitiba chega ao fim
Agora é o “melhor momento” para aprovar pautas ruralistas, diz líder
Pacheco e Lira alinham pautas econômicas e querem “pacificar” Congresso
Cunha, Cláudia Cruz e empresas áreas são alvos de operação do MP

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora