Juiz ordena que GGN tire do ar todas as matérias sobre o BTG

A decisão judicial diz que o conteúdo deve ser removido do site porque pode causar prejuízo financeiro aos acionistas do banco

Publicada em 29/08/2020

Jornal GGN – A Justiça do Rio de Janeiro determinou que o GGN “retire do ar” uma série de reportagens e artigos exclusivos, assinados por Luis Nassif e pela repórter Patrícia Faermann, sobre o banco BTG Pactual. Segundo a decisão, o trabalho da imprensa não pode “causar danos à imagem de quem quer que seja”.

O juiz escreveu ainda que o site “transbordou os limites da liberdade de expressão”. Sem entrar no mérito das informações levantadas pelo GGN, a decisão aponta que o conteúdo deve ser removido do site porque pode causar prejuízo financeiro aos acionistas do banco.

Confira a decisão:

Arquivo 00016 – 000217 – Concedida a Antecipação da Tutela

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora