No Paraná Pesquisas, Bolsonaro vence Lula e Moro no 2º turno de 2022

Bolsonaro também venceria Ciro Gomes (48,1% x 31,1%), João Doria (51,7% x 23%), Fernando Haddad (46,6% x 32%) e Luciano Huck (50,8% x 27,6%)

Jornal GGN – Um estudo feito pelo Paraná Pesquisas, divulgado pela Veja nesta sexta (24), mostra que Jair Bolsonaro lidera a corrida presidencial de 2022 e venceria qualquer candidato no segundo turno, inclusive Sergio Moro e Lula.

Contra Lula, no segundo turno, Bolsonaro tem hoje 45,6% das intenções de voto, contra 36,4% do petista. 13,7% dizem que não votariam em nenhum dos dois e 4,3% ainda não sabem.

Entre Moro e Bolsonaro no segundo turno, 44,7% ficariam com o atual presidente, ante 35% com o ex-juiz. Outros 14,6% não votariam em nenhum dos dois e 5,6% ainda não sabem.

Bolsonaro também venceria Ciro Gomes (48,1% x 31,1%), João Doria (51,7% x 23%), Fernando Haddad (46,6% x 32%) e Luciano Huck (50,8% x 27,6%).

A pesquisa mostra que o melhor desempenho de Bolsonaro no primeiro turno se dá na ausência de Sergio Moro.

Quando o ex-juiz não está no páreo, Bolsonaro atinge 30,7% das intenções de voto, contra 14,5% de Haddad, 10,7% de Ciro Gomes, 8,3% de Luciano Huck e 6,1% de Luiz Henrique Mandetta. Flávio Dino tem 1,6% e Doria, 4,6%.

Quando Moro está no jogo, Bolsonaro tem 29%, contra 17,1% do ex-juiz, 13,4% de Haddad, 9,9% de Ciro e 6,5% de Huck.

Com Lula, Moro e Bolsonaro, o placar do primeiro turno fica 27,5% para o atual presidente, 21,9% para o petista e 16,8% para o ex-juiz.

A pesquisa foi feita entre 18 e 21 de julho. A margem de erro é de 2 pontos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

21 comentários

  1. Vindo de onde vem, já podemos desconfiar que os paranaenses querem curtir uma outra overdose de destruição do país…

    mas tenho quase certeza de que os resultados serão os mesmos em todos os Estados

    Segredo da vitória é falar de Deus, moral e bons costumes para ignorantes, políticos?

  2. Pesquisas refletem o momento, é verdade.
    No entanto, serve também para aqueles que acreditam em frentes,que somos 70%,etc etc, para verificar que nada mudou e que nada mudará se os pilares basilares do golpismo não forem alterados.
    O sujeito que ocupa a presidência da República é o que menos importa.
    Importa a demonização da política que continua ativa (vide as últimas operações da PF,contra os bicudos),a sistemática censura ao aparecimento de membros do PT nos principais canais da mídia golpista e a continua campanha realizada contra o atual mandatário mas com viés totalmente favorável a ele, já que as críticas são sempre referentes a questões que,embora importantes,como a pandemia, são amplamente superadas pelas questões econômicas mostradas como o Brasil no caminho certo e da grandeza, ou seja,é campanha direto a favor do sujeito.
    Não bastasse Isso,ainda existem os quintas colunas que nunca foram esquerda mas fingem atuar nela e que tem o único objetivo de dividi-la.
    É preciso entender de uma vez por todas aquilo que a direita já entendeu e por isso tenta neutralizar: oposição organizada e com chances de derrotar o projeto fascista liberal se chama PR e presidente Lula.
    Assim, se pensarmos em tentar sair desse buraco, é entorno deles que se deve aglutinar as forças democráticas e não tentar criar factóides para tentar desgata-lo

  3. Não sei se a pesquisa reflete a verdade ou não, o que sei desde que Bolsonaro foi eleito é que ele não tem culpa nisso, a não ser que seja comprovada fraude em sua eleição. Se descartarmos fraude considero-o o político mais honesto que concorreu à presidência desde sempre. Não enganou ninguém, sempre disse que ia fazer o que está fazendo. Os culpados de verdade são as instituições, públicas e privadas, que trabalharam a seu favor e, principalmente, os seus eleitores, que votaram nele sabendo de tudo. Essa pesquisa, se refletir a verdade, comprova integralmente minha tese. A tragédia é que minha tese comprovada seria, é, uma tragédia pior, muito pior, do que a pandemia, uma simples gripezinha perto dela.

  4. Mais de 30 anos atrás eu cansei de repetir nas aulas de ciências humanas da USP, que haveria reação conservadora aos excessos na liberação de costumes.
    Quanto mais casais gays masculinos e femininos aos beijos e abraços nas ruas, mais violenta seria a reação conservadora, que chegaria cedo ou tarde, era só questão de tempo.
    Não tem problema nenhum ser gay, ser liberal em costumes, mas sejam discretos, se beijem em casa.
    Pois aí está a resposta deles.
    E vai piorar…

  5. É estarrecedor o número de assassinados pela Polícia Militar paulista, mais de 500 mortos só em 2020.
    É de prender a respiração o número de gays mortos e espancados nas ruas.
    Uma tragédia.

  6. Jair Bolsonaro será reeleito em outubro de 2022.
    Paciência.
    A esquerda faz discursos bonitinhos e escreve livros e artigos que só esquerdistas leem.
    E nada mais acontece…

  7. Conclusão da ópera: ou a globo se redime da maneira correta com o Lula, porque o moro com aquele carisma de alkmin com dor de barriga não passa de maringá, ou vai ser atropelada pelo fascista. Prestem bem atenção nesta pesquisa. Com todos os vícios de um instituto que elegeu o aécio, ela revela algo muito assustador. O psicótico presidente está passando o seu pior momento (pandemia, uma cagada atrás de outra, fisiologismo descarado etc) e mesmo assim mostra que vence a reeleiçao? Imagina quando isso passar o povo começar a sair de casa e a economia começar a dar sinal de vida? Vão dar a ele todos os créditos dos males e os débitos passarão a ser creditado aos adversários. Ganha no primeiro turno. Então dona globo, stf e companhia, se não querem o fascista por mais quatro anos, comecem a se mexer.

  8. Como pesquisa reflete o momento a gente nao duvida do resultado. Não duvida muito!
    Afinal, 600,00, pesquisa por telefone, policiais e milicos, mantém o sujeito. Mas este, assim como Moro e demais, são sazonais. Perene no imaginario popular só Lula, como a pesquisa teima em mostrar.
    Lula, mesmo silenciado pela grande midia, demonizado por canalhas evangélicos e injustamente condenado por curitiba (com apoio do fbi e israel), continua sendo a única opção contra os loucos fascistas que estão destruindo o país.

  9. Penso que nenhuma análise correta foi feita ainda, sobre essa enquete do Paraná Pesquisa para 2022.
    O instituto em si tem algumas suspeitas em torno de si. Supostamente já inflou muita gente.
    E por todo o país o empresariado equivocado (talvez uma minoria?) vem financiando campanha em apoio ao seu líder decadente. Bolsonaro vinha ou ainda vem derretendo a popularidade.
    E por todo o interior do país e grandes cidades surgiram outdoors apoiando-o.
    A mídia bate, mas fala bem da economia.
    Ainda assim prefiro acreditar que o apoiamento não é do empresariado de fato: é fake!
    Como assim fake?
    Na verdade os empresários do interior, das médias e pequenas cidades estão esgotados economicamente e enfurecidos com a postura de um presidente da república que brinca com uma pandemia que pode, até outubro, matar cerca de 210 mil brasileiros e estrangulando negócios.
    Quem financia os outdoors? Dinheiro externo? Interno? Qual a origem desses recursos?
    É de se investigar.

  10. Tais “pizzquizzas” estão sendo fabricadas a peso de ouro, para tentar confundir a mente dos eleitores menos avisados. É um esquema preparatório para o escabroso sistema de apuração eletronica da votação, que quase com absoluta certeza será objeto de fraude na apuração. A ver os resultados.

  11. Podem entender como preconceituoso o comentário de Renato. Mas o que ele quis dizer é a mais pura verdade. Grande parte não vai ligar com a sucata que o Brasil está se tornando, desde que não haja normalização de lgbtq+. Estão dispostos a qualquer preço por três itens da chamada moralidade: não legalidade do aborto; não legalidade de drogas, maconha, etc; não legalidade de lgbtq+; Essa última é a que mais dá voto pra Bolsonaro e partidos de direita. Vi com os meus olhos, pastor ensinando a igreja a não valorizar os benefícios e o bem estar imediatista das políticas sociais de esquerda, e ‘omitir’ o estrago moral, por ela ‘manter e promover’ essa normalização e a ‘perdição’ da geração. Acreditem: Estão decididos a sofrer o dano, qualquer dano. Se a esquerda não se atentar para esse ‘colégio’ eleitoral que elege bolsonaros no Brasil, e tentar uma conciliação, não retoma tão cedo. O sonho de Curitiba, e em comum, o sonho de bolsonaros, é destruir definitivamente PT e esquerda. Tá triste ver o desmonte e o entreguismo.

  12. E ai Nassif, gostou da falsa pesquisa? Estás feliz.
    A onde a vaca vai… o boi vai atrás…
    “Einstein: Só duas coisas são infinitas, o Universo e a estupidez humana”.
    A hiena miliciana vem nos lesando há mais de 28 anos, deu pra roubar bem e comprar muitos canalhas, as câmaras e o o congresso com seus pulhas venais et caterva que o digam. Nada que o tempo não resolva. — Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos… Nelson Rodrigues

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome