Oposição acena apoio a candidato de Rodrigo Maia

Enquanto Arthur Lira tenta atrair ‘infiéis’ com promessas sob medida, PDT confirma apoio a representante do presidente da Câmara dos Deputados

Arthur Lira (esq.) e Rodrigo Maia.

Jornal GGN – A tendência dos partidos de esquerda em apoiar o candidato apoiado pelo atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem feito o candidato governista, Arthur Maia (Progressistas-AL), adotar uma estratégia específica para garantir tais votos.

Agora, a estratégia de Maia tem sido abordar os parlamentares de forma individual, apostando que a votação secreta o ajude a garantir votos “infiéis” de deputados dispostos a contrariar a orientação de seus partidos a seu favor na eleição programada para 1º de fevereiro.

Nesta terça-feira, o PDT confirmou o apoio ao candidato do grupo de Rodrigo Maia – o que deve também deve ocorrer com outros partidos de oposição, como PT, o PCdoB e o PSB, enquanto o PSOL tem sido pressionado a desistir da candidatura própria.

Novas conversas devem ocorrer nesta quarta-feira (16/12), e existe a possibilidade de ampliação do bloco de partidos que apoiam o candidato de Maia (atualmente composto por DEM, MDB, PSDB, PSL, Cidadania e PV). Caso consiga os votos da esquerda, o nome chancelado por Maia terá quase 290 votos.

Segundo Maia, dois nomes dentro do bloco estão na disputa: Baleia Rossi (MDB) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas). A votação em 1º de fevereiro também vai renovar o comando do Senado. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

 

Leia Também
Arthur Lira nega mudanças em Lei da Ficha Limpa
Para Maia, governo “antecipou” sua sucessão
“Aderi para ter protagonismo”, diz Ramos sobre chapa de Arthur Lira
Lira promete ao PT barrar lavajatismo e pauta de costumes de Bolsonaro
STF barra reeleição de Maia e Alcolumbre: é inconstitucional

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. É sempre assim. “Na campanha, oferecem flores. Quando eleitos, dão banana”. É erro grasso apoiar esse traíra que responde sob a alcunha de Maia. Quer apoio da oposição para continuar apoiando e acobertando as sacanagens do governo. O pior de tudo é que as opções oferecidas são: “o diabo ou o capeta”. As duas levam direto ao inferno, sem escalas.

  2. A esquerda está enfraquecida, a disputa se dá entre a extrema direita e a direita camaleão, mais falsa que nota de dezessete dólares. Portanto deve apoiar a quem pagar mais em cargos na mesa.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome