Regina Duarte é convidada para assumir Secretaria de Cultura

Atriz deve responder até amanhã; global já é conhecida por suas posturas de direita

A atriz Regina Duarte com o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Twitter.

Jornal GGN – Conhecida por seu posicionamento à direita, a atriz Regina Duarte foi convidada pelo governo Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria Nacional de Cultura.

Em sua coluna no jornal Folha de São Paulo, a equipe da jornalista Monica Bergamo diz que a artista deve responder até este sábado. Ela chegou a dizer que ficou animada com a proposta, mas que está em dúvida sobre assumir a pasta.

Regina Duarte tem sido sondada por pessoas do entorno de Bolsonaro desde o anúncio da saída do dramaturgo Roberto Alvim, oficializada nesta sexta-feira após exibição de discurso com estética e conotação inspiradas no nazismo. O nome dela também foi indicado por parlamentar próximo a um dos filhos do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Outros Poderes estão em estado de alerta por beligerância do Planalto

14 comentários

  1. Bom seris que aceitasse. Talvez assim o medo que ela diz ter em toda campanha eleitora se tornasse em pavor. Principalmente agora que o governo investiga os salários na globo.

  2. Nassif: te cantei essa bola, por volta das 13h de hoje, lembra? Um passarinho me gorgiou o papo. Ela tava se conçando por uma boquinha no governo. Fogosa, como nos tempos de SinhôzinhoMalta, a potranca prometia dar conta do recado, se as milícias do Queiroz ajudassem. Porém, com esse reboliço do secretário demissionario pode ser que peça arrego e fuja da raia. Ou assuma, com tudo que tem direito. E aí, como cantou Sá&Guarabyra (o que diz o C”), “coitado do Povo infeliz”…
    (https://youtu.be/68EcDGW7vBU)

  3. Um sim ou um não, de imediato, seria o esperado. O sim, ao convite, não surpreenderia pela sua postura política já demonstrada. Porém, penso que se fosse um não, ela talvez iria surpreender menos ainda, por conta de não querer correr riscos de novos embates contra companheiros de profissão que estão, em muito maior número, do lado oposto ao seu. Optando pelo pensar, no momento em que a cultura nacional está no centro de uma violenta tentativa de censura e de repressão, por parte do governo que a convida, eu imaginava que ela já tinha uma direção, um norte, uma resposta e uma decisão formada pelo assunto, em função de tudo que o governo já fez contra a cultura e contra alguns artistas.

  4. Após virar ministra, a Damares subiu na goiabeira. A Wall nao precisou virar ministra para subir no açaizeiro. Outros subiram nas Laranjeiras -o apto do F Bolsonaro ficava nas Laranjeirass. A Rd não irá subir numa jaqueira?
    E viva o laranjal milicio-colobio-bolsonariano abastecendo com avião oficial a Espanha

  5. Namoradinha do Brasil (anos 70), a um passo de virar lacaia do Bozo…tem meios mais dignos de encerrar a existência…

  6. As pessoas foram pra rua a partir de uma farsa jurídica já mundialmente conhecida e reforçada e convocada pela rede Globo e cia. Manipulação do povo brasileiro esteve em alta e ainda está sempre com sua ajuda grotesca e generosa dessa oportunista. Vá de retro satanás !!!

  7. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome