STJ anula condenação de Paulo Preto, o operador de propina do PSDB

Argumento é o de que o ex-presidente da Dersa tem direito a se manifestar depois de delatores na fase de alegações finais, na primeira instância

Jornal GGN – O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Reynaldo Soares da Fonseca, anulou a condenação do engenheiro Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, considerado operador de propinas do PSDB. O ex-diretor da Dersa foi condenado em São Paulo a 145 anos de prisão pelos crimes de formação de quadrilha e peculato (desvio de dinheiro público).

Acusado de ter desviado R$ 7 milhões de verbas de indenização destinadas a famílias que viviam no traçado do Rodoanel, Paulo Preto deveria ter sido ouvido ter o direito de entregar as alegações finais de seu processo depois de seus delatores. O entendimento, dado pelo Supremo Tribunal Federal, é novo, e tem levado uma série de condenações de volta à primeira instância.

O operador tucano está preso no Paraná desde fevereiro. Pela Lava Jato em Curitiba, ele é acusado de administrar a propina da Odebrechet e de ter movimentado ao menos R$ 130 milhões em contas na Suíça, de 2007 a 2017.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fora de Pauta

2 comentários

  1. 150 anos de condenações. O silêncio ensurdecedor garantindo o apoio dos comparsas. Justiça Brasileira fingindo que Paulo Preto, um simples Diretor de Autarquia, mandava em São Paulo nestes últimos 30 anos. A Esquerdopatia num beco, pois não quer o Estado e suas Elites sujeitos à Justiça e Tribunais. O Tucanato sabe jogar este jogo, muito melhor que o rival.

  2. Lamento petista…
    espelho, espelho meu, se sou eu que luto para conseguir, se sou eu que gasto meus discursos de defesa, que pago meus advogados, por que são os tucanos que sempre se beneficiam mais do que eu?

    alguém que não seja espelho pode responder?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome