Medo, um dos piores componentes do mundo todo, por Matê da Luz

Medo, um dos piores componentes do mundo todo

por Matê da Luz

Hoje, particularmente, meu medo é coletivo. Pela primeira vez em muitos anos, senti medo do futuro do País. Fiz a besteira de clicar em dois vídeos do Bolsonaro falando sobre economia e afirmando livremente nos dois que “nos governos militares blablabla”… E minha nuca arrepiou aqui, porque quem em sã consciência acha de verdade que o militarismo é um caminho positivo para o Brasil?

Os golpistas estão de parabéns, viu, porque o discurso de “qualquer coisa menos o PT” colou de tal forma que a gente vai regredir milênios, inclusive economicamente e, olha, daí não vai adiantar ser rico não, desmemoriado. Sim, desmemoriado, porque esse “cidadão comum”, assim como muitos outros, fez parte dos Cinquentinha do Collor. Tenho, de forma vaga, uma memória dos adultos falando sobre isso na época e, logo após, veio o impeachment, o que trouxe a sensação de que o País estava sim batalhando pelos seus direitos e deveres e que, enfim, não estávamos dispostos às loucuras de um coletivo de políticos que desejavam roubar o Brasil. 

Onde foi parar o bom senso do povo brasileiro? Aquele povo que foi às ruas exigir respeito ao País e que, hoje, está tão cego de “ódio do PT” que prefere um governo ditador, militar e que rouba tão descaradamente que chega a rir da nossa cara de manhã até a hora de dormir, colocando a mão na barriguinha mas que, veja bem, não é o PT nem o Lula nem a Dilma, e então tá tudo bem. 

Estou aguardando aqui, sério, por favor me acionem diretamente nos comentários aqueles que tiveram suas economias confiscadas pelo governo e acharam que foi por um bem maior, porque se naquela época, onde o País era bem mais apolítico, este roubo já foi relevante, me digam o que é preciso fazer pra que os olhos sejam abertos e a gente não vote no retorno do militarismo, no retrocesso. 

Por favor, acompanhe essa entrevista aqui. E essa. 

Agora, convoco a quem interessar possa a me mostrar pelo menos um ponto positivo da volta do militarismo, da eleição do Bolsonaro e dessa tal mudança – que, espero, estejam pelo menos achando que seja pra melhor, mesmo que, olha, que difícil, que dolorido, que assustador: dá pra piorar, e não é pouco não. 

Um dos pontos mais assustadores, aos meus olhos:
– No militarismo, pessoas perderam a nacionalidade, deputado.
– Sim, mas que pessoas?! 

A gente tomou um golpe duro, duríssimo, e acho que não vai dar tempo de ter esperança, viu? Que medo. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. Confisco

    Sim, na época, Collor confiscou tudo o que minha família tinha no banco, o dinheiro de toda a vida. Eu era criança ainda, meu pai na época ganhava muito bem, uns 30, 40 mil seriam hoje por mês, mas vendeu a imobiliária que tinha, vendeu todos os imóveis da família, e investiu tudo no over-night, que dava muito mais dinheiro do que trabalhar. Então um dia nós fomos dormir ricos e acordamos na miséria total, sem nada, pois Collor confiscou tudo, só deixou o equivalente a a uns 50 reais no banco.

     

    Quando Collor devolveu o dinheiro, não valia mais nada, pois a correção monetária da inflação não havia sido reconhecida pelo governo. Meu pai, desgostoso da vida, decaiu na bebida, depois de um tempo não conseguiu mais arrumar serviço, já de idade, e sem aposentadoria, pois nunca pagou INSS, e desde então tive de trabalhar nos piores empregos possíveis para sutentar a família, desde cedo, a troco de salário mínimo. 

    Passamos fome, me lembro de um dia meu pai ter ido ao banco, o mesmo que ele um dia teve a segunda maior conta da cidade, e o gerente tocou ele do banco, dizendo que a partir dali ele não era mais bem vindo como cliente naquele banco. 

    Precismos comer plantas das matas para sobreviver, pois o salário mínimo não dava para comer, a natureza é muito mais generosa do que a maioria da humanidade. A natureza era supermercado, farmácia, e tudo o mais. 

    Me lembro que na época meu pai fez até campanha para Collor em 89 , pois tinha medo do Lula ser comunista e tomar todas as nossas posses. O verdadeiro tomador de bens do povo no final foi Collor.  O medo é o pior conselheiro numa tomada de decisão, quase sempre que se vota ou se decide com medo, se decide errado. Este é o pagamento que a extrema  direita dá aos que a apoiam. 

     

    . Tive uma grande lição, sempre que a mídia manda votar em um candidato pula fora que é fria, como dizia o velho Brizola. Se a mídia mandar votar em um candidato, vote o contrário que é melhor para o país. 

  2. Collor

    Nossa, Zé, que triste história! Vivi esses tempos (tenho 62 anos) e lembro bem disso, das pessoas com medo, e, no final, ouvi de um velho capitalista aqui de Itajubá MG: puxa vida, antes tivesse votado no barbudo!

    Mas as pessoas em geral tratam o assunto muito superficialmente, o que possibilita sempre a volta das soluções mirabolantes, militarismo, etc.

    Toda minha solidariedade a vc e à sua família!

  3. A melhor definição do BOLSONARO até agora …!

    TENHO MAIS MEDO DELE DO QUE DE QUALQUER OUTRO !!

    Já vimos este FILME antes !!

     

    A melhor definição do BOLSONARO até agora …!



    BOLSONARO é um cara que..:

            – não entende nada de ECONOMIA;

            – não entende nada de POLÍTICA;

            – não entende nada de DEMOCRACIA;

            – não entende nada de POVO;

            – não entende nada de CIDADANIA;

            – não entende nada de DIREITOS HUMANOS, ..

            – nem de DIREITO, muito menos de “ESTADO de DIREITO”;

            – não entende nada de CAPITALISMO;

            – não entende nada de SOCIALISMO;

            – não entende nada de COMUNISMO;

            – não entende nada de MONARQUIA;

            – não entende nada de PARLAMENTO (só entende parasitar o ERÁRIO a mais de 20 anos);

            – não entende nada de NEOLIBERALISMO;

            – não entende nada de COLONIALISMO;

            – não entende nada de TRABALHO e EMPREGO;

            – não entende nada de CIÊNCIAS e LETRAS;

            – não entende nada de TRABALHO ESCRAVO;

            – não entende nada de PETROLEO;

            – não entende nada de MINERAÇÃO;

            – não entende nada de RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS;

            – não entende nada de SEGURANÇA PÚBLICA;

            – não sabe ATIRAR por isso foi EXPULSO do Exército;

            – não entende nada de FAVELA, muito menos de CRIMINALIDADE na ROCINHA e no RIO;

            – não entende nada de TRÁFICO, TRAFICANTES e CONTRABANDOS;

            – não entende nada de FRONTEIRAS e TRATADOS INTERNACIONAIS;

            – não entende nada de FORÇAS ARMADAS;

            – não entende nada de EDUCAÇÃO;

            – não entende nada de SAÚDE;

            – não entende nada de MEIO AMBIENTE;

            – não entende nada de INDÍGENAS e QUILOMBOLAS;

            – não entende nada de MOVIMENTOS SOCIAIS;

            – não entende nada de POLÍTICAS e PROGRAMAS SOCIAIS;

            – não entende nada de INDÚSTRIAS;

            – não entende nada de BANCOS;

            – não entende nada de COMÉRCIO;

            – não entende nada de TERRAS;

            – não entende nada de AGRICULTURA e AGRONEGÓCIO;

            – não entende nada de FOLCLORE (festas e comemorações) BRASILEIRO;

            – não sabe a origem e a história da BANDEIRA BRASILEIRA, nem a data em que se comemora seu dia;

            – por isso BATE CONTINÊNCIA à BANDEIRA AMERICANA e comemora “HALLOWEEN” (sem saber o que é) ao invés do DIA do SACI e o DIA do ÍNDIO;

            – não sabe o que é ONU, OEA, FMI, OIT, BRICS, Banco Mundial, UE, NAFTA, etc.    

            – enfim, não entende nada,.. nem de HORTA CASEIRA,

     

    por isso vive dizendo “ABOBRINHAS” por aí o tempo todo, mas sendo aplaudido e idolatrado por um “MONTE de GENTE IGUAL a ELE” que também NÃO ENTENDE NADA de NADA, … de BRASIL ou de MUNDO que por isso: APOIAM, IDOLATRAM e SEGUEM (o que é um direito deles, respeito !)_o “JAIR BOLSONARO”, um MITO de MODERNIDADE do “SAPONE” (SAbedoria de POrra NEnhuma !!)…!!

     

    É o BRASIL cada vez mais atolado no LODAÇAL debaixo de uma PINGUELA que LIGA NADA a COISA ALGUMA, num ENROSCO SEM SAÍDA…!

    CAMINHAMOS RÁPIDO para um IMPASSE POLÍTICO e SOCIAL!

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome