Se o STF não defender a Constituição, para que ele serve?, por Renato Janine Ribeiro

Mas me surpreende que neste momento, em que sai uma norma inconstitucional do governo por dia (praticamente), o presidente do STF esteja fazendo pacto com o presidente em vez de defender a Constituição.

Se o STF não defender a Constituição, para que ele serve?

por Renato Janine Ribeiro

Por volta de 2006, fui convidado a falar na AGU. No fim da palestra me apresentaram o ministro Toffoli. Faziam um trabalho bom de inclusão de crianças em condições difíceis. Mesmo assim, estranhei um vídeo de uma ação deles em cooperação com alguém em Cubatão (SP), que incluía a formação de adolescentes uniformizados marchando em pelotões. Não achei educativo.

Foi a única vez que o vi.

Mas me surpreende que neste momento, em que sai uma norma inconstitucional do governo por dia (praticamente), o presidente do STF esteja fazendo pacto com o presidente em vez de defender a Constituição.

Hoje, o deboche de um sucessor meu, falando em tom de piada do Museu Nacional, patrimônio destruído pelas chamas. (Nem interessa se ele tem razão. A Leilane Neubarth, sem coragem de dar nome aos boys, o desmentiu na GNews mais tarde. Contou que o corte de 12 milhões, atribuído pelo ministro à bancada do Rio, foi determinado por Paulo Guedes).

Ou a proibição de protestos por parte de professores, alunos e funcionários.

Ou a proibição de universidades federais terem seus sites.

E Toffoli, não diz nada? Apenas adia o julgamento do processo sobre homofobia, que já tem votos suficientes para proclamar a criminalização desse preconceito desprezível?

Se nesta hora difícil o STF não defender a Constituição, para que ele serve?

9 comentários

  1. Podem fecha, não serve para nada…….

    Que criem outro tribunal, com mandato fixo, sem a idiotice da tv, com ministros proibidos de darem entrevistas sobre assuntos que não lhe dizem respeito antes de serem ajuizados, com uma bela quarentena, e quem não quiser que vá advogar.

  2. Se até agora, além de se omitir em momentos críticos, tem tomado decisões que afrontam até o leigo, que só sabe um pouco de ética e moral, há muito pouco esperança de que assuma suas obrigações com a Constituição e com o povo, quando o que preside o órgão vai tomar cafezinho e almoçar com quem deve monitorar de forma crítica e forte. “A mulher de César não basta ser honesta, é preciso estar acima de qualquer suspeita”…Julio César
    Saudade do tempo em que o povo nem sabia o nome dos ministros, mas confiava.

  3. Serve para o que sempre serviu.
    Defender o interesse da casa grande ignorante e submissa aos interesses dos ricos do norte.ç

  4. São medrosos e covardes. Não têm estofo para defender nossa constituição. Apenas reverberam o que querem grandes empresários e, principalmente, militares.

  5. Nassif: a pergunta veio a calhar. Uma Corte suprema que não segue a Constituição, pra quê? Mas o Brasil tem sempre uma resposta, também na forma de pergunta. Pra que a “arma” dos VerdeSauvas, que só serve pra fazer conspirações políticas, depor governos democraticamente eleitos e atirar em negros, a partir da Querência do sul do País? Respondendo uma, se responde a outra.

  6. O articulista faz cada pergunta difiiicil…!
    Coloquemo-nos, em um exercício de empatia, no lugar do Toffee, o ministro bala:
    Emprego fixo, alto salário, bonificações, 2 férias por ano, todas as despesas remuneradas pelo empregador, auxílio de sobrevivência para si e para os seus em todos os aspectos da vida, inamovibilidade, irredutibilidade de vencimentos, inafastabilidade, vitaliciedade, honorabilidade, reverência, poder, influência, aposentadoria integral, carro oficial, seguranças, médicos, dentistas, hospitais, viagens, hospedagens.
    Para o exercício do difícil mister de julgar, auxiliares de todos os níveis, assessores diretos, conselheiros…
    E o migo vem perguntar pra que serve o STF?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome