A perda de relevância do PT

Lula tem dois enormes desafios pela frente. O mais distante são as eleições de 2018; o mais premente, é dar relevância ao PT.

A proposta de criação de um gabinete de crise – composto, entre outros, por Gilberto Carvalho, Marco Aurélio Garcia, Luiz Dulci e Humberto Costa – não se refere propriamente à crise política atual, mas ao próprio partido.

Nos últimos anos, o PT tornou-se um partido insignificante. Tem apenas um porta-voz, o presidente Rui Falcão, que em geral não se pronuncia em momentos cruciais. Intelectuais, personalidades públicas, juristas simpatizantes surgem em seu apoio quando a democracia é ameaçada, mas há muito deixaram de ter voz ativa no partido.

Esse isolamento tem muito a ver com a personalidade de Rui Falcão. Repete-se, em escala nacional, o mesmo que ocorreu com o Sindicato dos Jornalistas nos anos 80.

O Sindicato entrou na década com enorme peso, devido à gestão Audálio Dantas e mesmo a de David de Moraes, que presidiu-o na infausta greve de 1979.

Na sucessão de David montou-se uma frente composta por membros do recém criado Partido dos Trabalhadores com a esquerda independente contra o Partidão. A frente elegeu Gabriel Romeiro e a chapa contava com diversos jornalistas de peso, mas não alinhados.

Rui era a liderança de fato por trás de Romeiro. E, durante todo o primeiro ano, seu trabalho foi o de ocupar todos os espaços do sindicato, focado muito mais em reduzir o espaço dos aliados do que dos adversários.

Ao final de um ano, todos os independentes – que nunca haviam feito da política sua missão principal – afastaram-se. Ficaram Rui e os chamados “tarefeiros” – a jovem rapaziada pau para toda obra. Com a saída dos independentes, como o Sindicato perdeu expressão tornou-se desinteressante para Rui que, logo, depois de tê-lo utilizado como escada, se afastou.

Nunca mais o Sindicato foi sombra da expressão que havia adquirido na década anterior.

No PT, repetiu-se essa estranha autofagia. Primeiro, Rui tratou de viajar o país, tentando consolidar uma estrutura de influência em cima da herança de José Dirceu – com quem rompeu.

Quando sentiu o terreno consolidado, fechou-se, não deu espaço para mais ninguém e tratou de ocupar todos os espaços internos, deixando o partido do tamanho do seu presidente. As personalidades ligadas ao partido foram se afastando gradativamente. Grandes nomes já haviam saído rumo ao governo.

Aliás, essa autofagia ficou nítida nas disputas com Fernando Pimentel durante a campanha de 2010.

O PT assistiu inerte a eclosão das manifestações de junho de 2013.  Perdeu o bonde dos novos movimentos, pois poderiam gerar novas lideranças, colocando em risco o predomínio dos jurássicos. Não se apropriou do intenso trabalho intelectual da Fundação Perseu Abramo, pois dali poderiam emergir novos rumos e, com eles, novas lideranças.

Agora, segundo notícias de ontem, a primeira missão do tal gabinete de crise será correr atrás da nova geração de movimentos que emergiu das manifestações de 2013..

Vai chegar tarde. O PT envelheceu, perdeu o viço dos movimentos sociais, a vitalidade intelectual, a dimensão pública. E, especialmente junto à juventude, a Lava Jato terá um poder corrosivo mil vezes maior do que a AP 470.

Fica o país órfão de partidos, entre o PT, que perdeu a dimensão do nacional, e o PSDB, que tornou-se um partido golpista, com suas principais lideranças se permitindo ser coadjuvantes de revoltados online. E sem Marina que continua chorando pelos cantos como uma hárpia autocompadecida.

168 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Eduardo Topazio

- 2014-12-23 12:42:16

Concordo com o comentário

Perfeito, assino sem restrições.

Ricardo CP

- 2014-12-20 12:45:15

Você deve estar mentindo

Você diz que: (1) "O plano de governo do Aécio tido como gerador de desemprego, crise, aumento de juros, etc...., está sendo copiado até nos detalhes pelo Governo Petista" e também diz que (2) "se criou uma corrente para  fazer oposição sistemática ao Governo Petista , e sem nenhum chamamento, surgiu como indignação dos desvios e mentiras , impetradas pelo PT e seu Governo." Então, supondo verdadeiras estas duas afirmativas, sou obrigado a concluir inevitavelmente que vocês são PTistas de raiz! Pelo absurdo da conclusão, então só me resta concluir que ao menos uma das duas afirmações é falsa.

 

"

Jorge Moraes

- 2014-12-18 02:07:13

Vários porquês

O registro crítico à direção do Rui Falcão parece ter suporte no real. Ainda assim, atribuir a um único dirigente a decadência de um partido com o histórico, longevidade e peso do PT me parece bastante exagerado. 

Seriam vários os porquês da - relativa - decadência do Partido dos Trabalhadores. 

Uma delas, possivelmente, decorrente do processo de metabolismo próprio do regime do capital: a redução do número de unidades produtivas e - mais ainda - do número de trabalhadores por unidade. 

O mecanismo, dialético à evolução do capital, ao mesmo tempo em que reduz a possibilidade da eclosão de formações defensivas da classe trabalhadora, pela via sindical, empurra boa parte dos desempregados industriais (e filhos) para a condição de "autônomo", precarizada e avessa à luta política quase que por definição.

 

Joao Paulo Lourenço

- 2014-12-17 18:22:33

Partido Morto

Ótimo texto, Nassif. Se não fossem os militantes nas ruas e nas redes sociais, o PT -- se dependesse de seus caciques -- teria sofrido derrota nas eleições presidenciais de outubro. Passou raspando. Diminuiu sua influência no parlamento. Está minguando, e parece ser um caminho de que, embora haja volta, não há desejo de voltar.

Passou 12 anos apanhando da imprensa, sem desejo algum de ao menos ter um porta-voz, sem coragem de fazer a regulação da mídia. Perdeu a CPMF, tornou mais nefasto o fator previdenciário, e aparelhou muito mal o Estado, escolhendo, na maioria das vezes, os piores para os cargos importantes. Veja só o ministro da Justiça, os ministros do STF (nunca um ministro no supremo se voltou contra o presidente que o indicou, mas o PT conseguiu essa proeza, e mais de uma vez.)

Se não tirar a mortalha, podemos esquecer 2018. Isso se um golpe à paraguaia não acabar com o sonho antes.

luisnassif

- 2014-12-17 02:09:20

O episódio merece um relato,

O episódio merece um relato, sim. 

luisnassif

- 2014-12-17 02:07:40

Querido Sérgio Sister sua

Querido Sérgio Sister

sua memória falha. No dia em que pedi demissão do sindicato também pedi da Folha. e por  ter me sentido manipulado por ambos. Em um campeonato de falta de escrúpulos,creio que o Sindicato venceu a Folha. 

SERGIO SISTER

- 2014-12-17 00:20:50

Sindicato dos jornalistas

Querido Nassif,

Deixando de lado o seu ressentimento pessoal com o Rui Falcão, gostaria de dizer que a gestão de Gabriel Romeiro no Sindicato dos Jornalistas, da qual nós dois participamos, em nada se assemelha à descrição feita por você. Foi independente, bastante focada (e vencedora) na valorização salarial dos jornalistas e na resistência ao processo de enxugamento das redações. Eu recordo que eu o substitui como tesoureiro porque você, demissionário, não se sentia à vontade ante as novas responsabilidades assumidas na Folha de São Paulo - você teve que efetuar grandes cortes de pessoal exigidos pelos seus chefes.

Abraço

Sérgio Sister

Alvino lemos

- 2014-12-16 23:57:20

Nassif, gostaria de

Nassif, gostaria de manifestar minha opinião sobre o seu post mas, pela relevância que dou a questão, gostaria que você esclerecesse  o que o Wagnerk postou.

Alvino lemos

- 2014-12-16 23:57:16

Nassif, gostaria de

Nassif, gostaria de manifestar minha opinião sobre o seu post mas, pela relevância que dou a questão, gostaria que você esclerecesse  o que o Wagnerk postou.

NICKNAME

- 2014-12-16 20:43:10

: PT-PE não elegeu 1 só deputado federala DN e jornalistas sabem

e não foi por culpa do PIG, somente, não!. A sujeira aqui é tamanha, a DN ajuda a sujar, ou parte dela, e Pernambuco, com capital mais importante, de nomes dos mais importantes na década de 60 e 70 hoje é tomado pelo neocoronelismo corrutpo e corruptor dos eduardos camopos , filho, irmãs, psb, emoção (sim, emoção é super importante, vejo isso na pobreza dos participantes raríssimos, lentissima mente aparecendo, em seções de cultura). Emoções empobrecidas, visões piores do que as minhas. Covardia é não assumirmos os prórpios erros, nossas limitações, nossas ignoráncias, nossas petulâncias que abundam por aqui (provoquei algumas, noutras a sério, noutras pra rirem coisa que nem senso de humor podem ter, coisas que fiz contra mim mesmo, me debochando). Os olheiros dos marketings dos demais grupos devem dar muita risada ou chorarem de rir.

NICKNAME

- 2014-12-16 20:37:49

a DN e jornalistas sabem: PT-PE não elegeu 1 só deputado federal

e nãofoi por culpa do PIG, somente, não!. A sujeira aqui é tamanha, a DN ajuda a sujar, ou parte dela, e Pernambuco, com capital mais importante, de nomes dos mais importantes na década de 60 e 70 hoje é tomado pelo neocoronelismo corrutpo e corruptor dos eduardos camopos , filho, irmãs, psb, emoção (sim, emoção é super importante, vejo isso na pobreza dos participantes raríssimos, lentissima mente aparecendo, em seções de cultura). Emoções empobrecidas, visões piores do que as minhas.

Franklin Caetano de Freitas

- 2014-12-16 15:00:52

Oportunidade petista.

Concordo com o Nassif. Só que o PT tem a oportunidade de mudar isso. O partido tem intelectuais e jovens capazes de conduzir o partido nesses novos tempos. O que se faz quando um prédio está velho e corroído? Implodisse ele e se faz outro novinho em folha, moderno e às vezes referência arquitetônica para a cidade. Querem destruir o PT, os próprios simpatizantes, eleitores, filiados acham que deve mudar, então essa é a hora. Tem que tirar essa véiarada do poder, tem que dar espaço para as tendências mais jovens mesmo que ingênuas elas devem conduzir o partido nesse momento. A bola está quicando na frente do PT, porque como Nassif escreve se o PT perde relevância, não a nada mais na oposição. O PSDB já acabou faz tempo é um partido golpista, Marina Silva não tem nada a oferecer não entende de desenvolvimento, só fala em meio ambiente, mas também não sabe como protegê-lo. Enfim, é preciso derrubar o prédio para se construir outro no lugar, esse pessoal do comando petista atual precisa cair, ou daqui a alguns anos o PT não será nada e o povo vai ter que esperar mais uns vinte anos para uma nova geração política ter relevância.

 

Ricardo Cavalcanti-Schiel

- 2014-12-16 14:41:06

Caricaturar é reduzir a realidade à grosseria

A pequena política é apenas a arte do possível. A grande política é também a arte do impossível.

Quando comecei a militar no PT na década de 80, a intenção deliberada do projeto político coletivo em que ali se apostava era exatamente o contrário da tradição caciquista. Os grande nomes eram os representantes evidentes, mas o partido se pensava como construído pela militância. E foi assim, e exatamente por isso, que o partido cresceu.

Insistir no atavismo das "ordens naturais" é apenas render-se à pequeneza e abandonar as apostas verdadeiramente transformadoras. Seu único destino possível é o conformismo ou o cinismo.

O PT de hoje é apenas o que abandonou seu projeto histórico e rendeu-se à pequena política.

Não é casualidade que os petistas de hoje estão cada vez mais parecidos com os brizolistas de 25 anos atrás.

Ricardo Cavalcanti-Schiel

- 2014-12-16 13:36:06

Militantes e militontos

"Sociologicamente", eu não interpretaria as coisas por esse caminho das opções voluntariosas da "cúpula", mas, grosso modo, o que o processo de burocratização perversa do partido (iniciado em meados da década de 90) acabou produzindo foi isso mesmo: uma cúpula divorciada de qualquer organismo partidário com alguma capilaridade social.

Na semana passada a GGN transformou em matéria uma postagem do meu blog aqui no portal (https://jornalggn.com.br/blog/ricardo-cavalcanti-schiel/a-presidente-em-seu-labirinto-por-ricardo-cavalcanti-schiel) e os tarefeiros do PT caíram de pau em cima.

(Essa minha análise linkada acima é uma espécie de continuação de duas outras: https://jornalggn.com.br/blog/ricardo-cavalcanti-schiel/a-vitoria-da-nova-politica-por-ricardo-cavalcanti-schiel  e  https://jornalggn.com.br/blog/ricardo-cavalcanti-schiel/quatro-anos-cruciais-para-o-progressismo)

Qualquer um que, como eu, tenha militado no PT desde a década de 80 sem se render a nenhuma seita (seja tarefeira seja esquerdofrênica) tem vontade de dizer as mesmas coisas que o Nassif disse. Até o Tarso Genro já sugeriu que o PT está virando um "PMDB pós-moderno"!...

Simplesmente o partido perdeu a orientação utópica, para se render a uma endogenia viciosa. A "autofagia" a que se refere o Nassif seria apenas um dos sintomas dessa síndrome.

Um outro sintoma generalizado foi diagnosticado na muito oportuna distição cunhada pelo Breno Altman entre militantes e militontos (http://operamundi.uol.com.br/brenoaltman/2014/11/24/diferencas-entre-militontos-e-militantes-pro-dilma/)....

alvaro marins

- 2014-12-16 13:00:04

O PSB que você está falando

O PSB que você está falando que era o "futuro da esquerda" é aquele que lançou a candidatura da Marina Silva e depois o PSDB conseguiu "convencer" sua direção a apoiar Aécio para presidente? Não, deve ser outro. Eu devo ter me confundido...

José X.

- 2014-12-16 12:04:33

PSDB é só um apêndice da mídia golpista, mais nada

Resumiu tudo. Sem o apoio maciço dos segmentos reacionários (mídia golpista, judiciário, mp) o PSDB seria mais um nanico como o DEM. Tá certo que a população de SP e do sul não ajuda muito, reelegendo gângsters, mas acredito que isso seja resultado da ação da mídia desde o início do 1º governo Lula. Acredito que uma hora a ficha dessa gente vai cair (por exemplo, no Paraná o Beto Richa já aplicou um tarifaço).

Nostra Vamus

- 2014-12-16 11:52:21

Petrobrás

Pois é Nassif, não é que o PT tenha perdido relevância, o PT perdeu representatividade, notadamente nos Estados do Sul do Brasil, perdeu credibilidade por inação. As lideranças petistas, por terem suas ações e opiniões bloqueadas na administração, deixaram de atuar, deixaram de convocar e acionar suas militâncias. E o quadro das eleições revelou um partido eleito pelos interessados em receber subsídios governamentais. Hoje a ideologia petista ficou esquecida e agora, depois de toda esta gritaria da mídia, destas manifestações e de todas as ações pensadas para tumultuar a economia, o PT se recolhe e observa o que acontecerá.

Na semana passada vimos ser colocado o prego que faltava no caixão da Petrobrás. Após a insistência reveladora da mídia, que sublinhou, grifou e passou marca-texto sobre as denúncias na PF, temos finanlmente o resultado desejado pela imprensa que serviu aos interesses partidários oposicionistas: a Petrobrás está a um passo do abismo.

Não que eu seja contra a moralização, mas trazer com destaque justamente agora um fato que presumimos estar acontecendo desde que somos crianças é no mínimo de um extremo cinismo. Bem, o que está feito não pode mais ser desfeito. O problema não ficará restrito à Petrobrás e aos seus acionistas. O País passa a ser, a partir de agora um local que não despertará interesse em investir, justamente agora que os USA estão recuperando sua economia.

Uma terra de ladrões, é o que pensarão. Não apenas não investirão, mas também tratarão de realizar os investimentos que fizeram e gradativamente irão caindo fora. Isto já aconteceu em 2004, quando muitas jovens empresas estrangeiras encerraram suas atividades. Tratei do encerramento de muitas delas naquela época. Era o primeiro mandato de Lula e o medo estava no reforço do sindicalismo. Só isso, hein? E já foi motivo.

Voce já pode se considerar realizado. Suas mais sinistras perspectivas para 2015 realmente se realizarão. Será um ano muito difícil, não por vocação, mas por indução. Foram criadas as condições para restringir o mercado de trabalho e a recessão virá com certeza. O PT, sabe o que fará?  Usará sua influência para aumentar a quantidade de trabalhadores informais e, através de administração de alíquotas de tributos fará crescer a drenagem que já está operando nas finanças da classe média, para direcionar recursos à sustentação dos seus programas populistas que servem para manutenção da base de apoio eletiva.

Compraremos tudo mais caro. A justificativa será a inflação, mas na verdade o preço estará formado com impostos mais pesados. É assim que funciona a "redistribuição de renda" que muitos defendiam no fim dos anos 80.

Quero parabenizá-lo, e à toda a imprensa golpista, porque voces decididamente venceram. Conseguiram colocar fogo no circo. Ah!...sim, o impedimento... Antes poderia ser uma impossibilidade, agora, será uma certeza. Há muita sujeira sendo desenterrada. É altamente improvável que, após tanta escavação, não apareçam alguns ossos no quintal de D.Dilma. Cairemos nas mãos do PMDB, o partido burocrata que tem obsessão por cargos.

Favas contadas.

 

O Mar da Silva

- 2014-12-16 11:28:55

Cruz credo! Sinto

Cruz credo!

Sinto cheiro.

Parece que algo se anuncia ao longe.

Não é a Grécia.

Não é a Espanha.

Parece um misto de França e Itália.

 

MarcosDF

- 2014-12-16 11:09:13

Triste vaticionio, porém

Triste vaticionio, porém verdadeiro. E me arrisco ainda mais: Como nasceu, cresceu e chegou ao poder como partido de esquerda o PT é reconhecido como tal por toda população. Isso faz com que a população, orientada pela midia ou não identifique esquerda com corrupção. Imediatamente, a Direita opositora, como é natural, surge no imaginário coletivo como a vestal capaz de fazer as cerimonias de purificação no Governo. Só que como a Direita brasileira, ainda que lustrada pela midia, detém um historico pouco recomendável, muitos brasileiros se perdem na hora do voto, buscando algo que ser revele mais puro. Marina poderia ter sido a opção racional não tivesse ela cometido erros tão crassos e reconhecidos que não preciso mencionar aqui, mas que, a despeito disso deveria ter ficado como lição. Tivesse ela se mantido longe de quem deveria, tivesse ela mantido a aura que não conseguiu manter pela pressa de chegar ao poder - Lula, mais tarimbado depois de algumas eleições perdidas, conseguiu fazer isso magistralmente. Deu no que deu. Aliou-se ao diabo para governar e quase se perdeu. Seu governo, ficou HISTORICAMENTE MACULADO exatamente porque não conseguir governar sem o apoio das forçcas conservadores às quais teve que fazer tantas concessões para chegar e se manter no poder apesar do mensalão - talvez tivesse conseguido ganhar as eleiçoes. Mas ela demonstrou de maneira clara, pelo menos num primeiro momento, que há espaço à ESQUERDA, para se ganhar as eleições no Brasil, mesmo não sendo Partido dos Trabalhadores. Ela perdeu não porque fois desconstruida pelo PT, mas porque se desconstruiu ao buscar apoios à Direita - aliás, bem mais à Direita que Aécio! E essa lição é que o PT deveria aprender! Lá fora existem milhões de votos de esquerda que só foram do PT porque julgaram que Aécio era pior e, milhões de votos que foram para o PSDB porque julgaram que seria melhor castigar o PT pelos seus erros! Não reconhecer isso vai levar o PT, como bem disse Nssif à irrelevância mais absoluta. O espaço à esquerda está vago.

MarcosDF

- 2014-12-16 10:50:27

Triste, porém verdadeiro

Triste, porém verdadeiro vaticinio...

NICKNAME

- 2014-12-16 10:07:36

As "Bases", a "naturalidade" dos carreirismos, dos arrivismos

É isso - e uma hipótese c/fortes indícios - q facilmente podermos ver e sentir na vida sindical e partidária e me relatam pessoas de muito senso crítico, cidadãos e cididãs de outros setores: A habilidade, inteligência, q alimenta e realimenta perpetuações nos sindicatos e seus grupos, a vaidade humana em enfeixar o "pequeno" poder e bancar revolucionários . As bases como são manipuladas e enganadas, daí um baque, a desilusão, o afastamento, não fatal, mas possível mais dia menos dia. "Brasileiro é tão bonzinho... " dizia uma antiga propaganda na televisão, bem refletindo nosso aspecto pior aparentemente das melhores qualidades, jeitinhos brasileiros, "o homem cordial", etc .

Cleuber tales

- 2014-12-16 09:57:41

A cupula do PT abandonou a base do partido

A cupula do PT (dilma/lula/falcao) fechou com a Direita e deixou a base jogada fora. Esse foi o governo que trabalhamos para eleger com levy, katia abreu e demissao dos honestos pra fechar com o mercado.

NICKNAME

- 2014-12-16 09:53:43

Boa, Nassif, tocar em feridas nos dói mas é fundamental

"(...) Quando sentiu o terreno consolidado, fechou-se, não deu espaço para mais ninguém e tratou de ocupar todos os espaços internos, deixando o partido do tamanho do seu presidente. As personalidades ligadas ao partido foram se afastando gradativamente. Grandes nomes já haviam saído rumo ao governo(...). Menos mal, ainda bem, que você usou indefinido, porque não foram só grandes nomes que foram rumo ao governo. O arrivismo, o carreirismo ,o traquejo no discurso e inteligência -claro - levaram nomes menores a Brasília.

JOÃO JOSE KOHL DE OLIVEIRA

- 2014-12-16 09:21:24

Bestial

Fanatismo é ficar cego e surdo sobre o assunto e ainda se achar entendido para dar pitacos groceiros. A discução até então estava no nível das idéias. Ignóbil.

nem me diga

- 2014-12-16 08:46:50

O que mais interessa agora ao

O que mais interessa agora ao petismno é estourar outro escândalo, BNDES?, que faça o petrolão virar coisa de primeira instãncia, para delegado tipo bate pau do interior, invesgtigar.

um fato

- 2014-12-16 08:33:55

Quem criou essa porcaria de

Quem criou essa porcaria de tercerizaçao foi o PSDB e, portanto, deveriam irem atrás desssa turma para assumirem essas desgraça e não o PT.

=========

Centrais cobram solução para demissões de terceirizadas da Petrobras

 

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/163797/Centrais-cobram-solu%C3%A7%C3%A3o-para-demiss%C3%B5es-de-terceirizadas-da-Petrobras.htm

 

carlos z

- 2014-12-16 08:30:48

RELEVÂNCIA DO PT

É SÓ AUMENTAR O VALOR DO  BOLSA VOTO. 

Volnei João

- 2014-12-16 07:09:56

O Brasil

É importante a consideração de que tudo que somos é o resultado de uma trajetória.  O Estado Brasileiro e sua dinâmica política é uma construção dialética ( processos de antagonismos ) cuja síntese é o resultado do poder e da vontade social. O PT é um pesonagem social deste processo. Ele é uma síntese das possibilidades reais. O grande desafio que temos hoje  está relacionado a propria crise civilizatória que o mundo atravessa, com a fragmentação das espectativas universais do ser humano e suas estruturas sociais de poder. O  grande desafio do PT é consolidar uma tragetória de comunicação de valores relacionadas à evolução de uma repactuação social envolvendo a maioria da população brasileira disposta a defender um projeto democrático para a sociedade brasileira. O discurso da Dilma, por ocasião de sua vitória eleitoral valorizando a necessidade do dialogo demonstra a percepção desta necessidade.  A reação conservadora pós eleitoral de inviabilizar o dialogo,  é a demonstração didática da importância de construir um novo processo de pactuação social. A melhor síntese deste dialogo seria o fortalecimento no interior de nossas instituições,  dos valores republicanos, com a participação e inclusão social , política e econômica  da maioria da população brasileira. Além disso,  é necessária  a defesa da cidadania diante dos ataques corporativos dos agrupamentos sociais diversos que compõem o cenário socioeconômico e políticol da nação. A tarefa é  gigantesca, exatamente do tamanho do  Brasil . Concluindo: sempre é bom lembrar que o Brasil é a síntese dos anseios e vontade de seu povo.    

 

Luis Fraga

- 2014-12-16 05:01:26

ÔOpaaa!

Então, como não existe vácuo na política, logo chegará algo ou alguém para ocupar o espaço.

Clareando

- 2014-12-16 03:13:12

Releia o que escrevi...

 

Em nenhum momento neguei que o PT tivesse contribuído com melhorias para o país e sua população.

Agora, reconhecer isso não significa aceitar que as barbaridades que estão acontecendo sejam justificativas para alcançar os objetivos que você citou.

Essa relativização da ética pregada pelo governo, de que os fins justificam os meios, é um absurdo. 

Mas não tenha dúvida de que os próximos 4 anos em que teremos que aturar essse bando de saqueadores (de vários partidos, já que os bandidos não são exclusividade do PT) serão reveladores, e que ainda assim muitos ainda se recusarão a enxergar.

nem diga

- 2014-12-16 03:11:57

Ao contrário dos demais, o

Ao contrário dos demais, o petismo foi o único partido que fez proposta para que  o Brasil, ao invés da cultura da corrupção que sempre infestou tudo quanto é setor público e privado desse país, tomasse outro rumo. O fracasso do petismo nisto, pelo fato do povo fazer questão de votar no mais corrupto possível,   não o faz irrelevante, mas apenas um pouico corrupto, mas nada além do que todos os demais sempres foram e eternamente serão.

Clareando

- 2014-12-16 02:49:42

Fala sério!

Aparece cada um por aqui.

Esse país em que você pensa que vive é aquele que o governo quer que você acredite que é.

Qualquer um que não esteja alienado dos fatos acontecendo no país, ou que esteja cego por qualquer pensamento ideológico, consegue sentir o cheiro do país apodrecendo.

Dizer que leva a PTbrás a ferro e fogo? Está é metendo ferro e tacando fogo na empresa, que só hoje desvalorizou 10% na bolsa.

Esses inimigos poderosos que você criou apenas estão relatando o que está acontecendo, de acordo com instituições isentas da contaminação do governo, como o Ministério Público, e quem tem olhos, bem veja. 

Mas sempretem os que preferem não enxrgar...

nem diga

- 2014-12-16 02:01:50

Lobão era petista que viu

Lobão era petista que viu tudo isso e caiu fora?

ontreus

- 2014-12-16 01:52:58

O P T esta morrendo

O P T esta morrendo faz tempo, hoje é o partido que representa a corrupção instituida, um partido q tem aqueles humoristas que levantam a maozinha pra protestar e deois pra colocar as algemas. Um partido que tem em seus quadros politicos envolvidos com o P C C, ou integrantes que escondem dinheiro na C UE CA!

Não ha de se eperara nada de bom dessa facção criminosa!

João Maria Fernandes de Sousa

- 2014-12-16 01:38:32

E durante semanas...

antes da Copa:

"A rua é a maior arquibancada do Brasil" (que conclamava o "povo" para protestos "pacíficos" a exemplo do que fez em Junho de 2013)

enquanto nos seus jornalísticos programas sentava o pau na organização do evento e por tabela em Dilma Roussef.

11 entre cada 8 crentes da Globo devem ter entrado em parafuso quando viram de fato o que foi "uma das melhores copas de todos os tempos" segundo a própria Fifa.

João Maria Fernandes de Sousa

- 2014-12-16 01:29:53

Funeral!

"O PT envelheceu, perdeu o viço dos movimentos sociais, a vitalidade intelectual, a dimensão pública. E, especialmente junto à juventude, a Lava Jato terá um poder corrosivo mil vezes maior do que a AP 470."

Sendo isso concluo o seguinte:

1) Haddad não deve ser petista, é o novo, é a novidade na política e no trato com a coisa pública... mas não deve ser filiado ao PT... ou se é, a cidade de São Paulo é insignificante no cenário nacional;

2) Se o “mensalão” (AP-240) não conseguiu ainda, a Lava Jato será de fato o cataclísmico grand-finale do PT (e quem sabe da Petrobrás, esse paquiderme dolente e incontrolável) e de suas "jurássicas" lideranças (Lula, Dirceu, Vicentinho, Genoíno, Mercadante, Suplicy, Gushiken (em memória)); repete-se o mantra da mídia que blinda lindamente os outros partidos, com destaque para o PSDB.

A delação premiada enviesada Nassif, só está fazendo estragos no PT, e me parece que essa vai ser a toada até o final de seus escombros; penso eu que fica mesmo muito difícil para uma agremiação política ganhar a simpatia de quem quer que seja estando apanhando tanto desde Janeiro de 2003, a sua defesa nesses momentos passa a ser tachada de fanatismo e religiosidade política (o mote agora é dizer que eleitores do PT são cúmplices da corrupção.... Alexandre Garcia disse isso em grande estilo); somente a História e quiçá uma futura Comissão da Verdade, que investigue também, além do surgir e agora do apagar das luzes do PT,  tudo que aconteceu nesse país nos dois mandatos do PSDB no Planalto, será capaz de dar aos brasileiros o tamanho e as causas viscerais dessa "irrelevância".

Rpv

- 2014-12-16 01:19:35

Os partidos e a cultura política brasileira.

O PT não existe. Nossa cultura é diferente.

Não são os partidos que viabilizam os candidatos, são os canditados que viabilizam os partidos. Sem eles, os partidos se repartem ou perdem sua força.

Quem é o PMDB? E o PTB do Vargas? O PDT do Brizola? 

Vejam os casos emblemáticos de Ciro Gomes e Marina Silva, comparativamente ao Eduardo Campos, por exemplo (neste útlimo caso, fortuna à parte).

Não exsitem partidos, o que existe são pessoas capazes de construir um partido.

PT = Lula;

PSDB = FHC;

PSB = Eduardo Campos (com sua partida o partido parte para a irrelevância);

PPS = Roberto Freire, sic.

PSDC = Emaiel

PRTB = Levy Fidelix

PSTU = José Maria

PCO = Rui Pimenta

Ah, mas tem o Psol. Acho que ele é uma confederação. Para se consolidar precisa alguém que o hegemonize.

Não estou concordando, ou defendendo esta prática personalista. Estou relatando como ela é, na cultura brasileira.

Miguel A. E. Corgosinho

- 2014-12-16 01:18:13

O PT é o partido que o mundo

O PT é o partido que o mundo inteiro reconheceu que usou métodos invejáveis para fazer o crescimento econômico nos três mandatos de Lula e Dilma.

Agora o partido precisa se desvencilhar da pecha que o mensalão e a operação Lava Jato ainda repercutem na mídia comprada, principalmente, pelo forte interesse na privatização da Petrobras.

Toda diferença do PT de antes (trabalhismo) está na nova equipe econômica, ajustada meio a meio(?), com os neoliberais do PSDB..

Com o aumento 0,50 na taxa de juros está 1 X 0 para o PSDB (capitalista).

O Tombini não engana ninguém de que lado ele está.

hc.coelho

- 2014-12-16 01:14:29

Irrelevante?

Pode ser, mas ele derrotou uma quadrilha poderosa formada em todos os cantos deste brasilsão. Venceu uma eleição contra tudo e contra todos (bandidos). Faz um governo excelente e que o povo reconhece apesar da inexistendia de qualquer propaganda, a não ser a fraquissima que sua secretaria de (des)informação faz nas revistas e e jornais inimigos. Quem ensina ao mundo como se faz distribuição de renda e estoura todos os indices de avanço social?

Leva a Petrobrás a ferro e a fogo para frente apesar do fogo cerrado dos inimigos poderosos e altissonantes como o jornal o globo, que a odia desde que foi criada. Pig, verdadeira oposição torpe, que tenta destruir a petrobras a qualquer custo.

Quem tem um elenco de politicos como tem o pt, pelo menos uns vinte? e quem conta com estes astros do política internacional como Lula e Dilma? Se contrastar com o outro partido com um ou outro político e cuja figura principal (???) é um fhc, triste e baixa figura.

Diante de tantos desafios, o pt tem defeitos, quem não os têm, ele vai em frente, e com o povo. O outro lado sabe bem quem é o pt.

Ricardo A A Pereira

- 2014-12-16 01:13:09

Não olhe só para o PT

Nassif, 

Sempre votei no PT porque sempre acreditei na sinceridade de seu discurso em favor de um projeto político que buscasse elevar as condições sociais, econômicas e culturais do nosso povo e de nosso país. Eu continuo acreditando nesta verdade. E mais que isso, ainda não vislumbrei em nenhum outro partido essa vontade sincera de realizar o sonho que o PT nos faz sonhar. Por isso não posso concordar com o que você diz. O PT não envelheceu. O PT não se tornou irrelevante. Quando vejo o fogo cerrado a que o nosso partido vem enfrentando, seja no dito mensalão, seja agora no irresponsável ataque à PETROBRÁS, mais ainda eu percebo o quão necessário é um partido como o PT para defender os interesses do nosso povo e de nossa maior companhia, orgulho desta nação. Não posso acreditar que você esteja vendo patriotismo ou intenção de beneficiar a nossa empresa e nosso país nas ações dos que atacam o governo petista no comando deste país. NÃO SE ENGANEM!!! Estes acusadores não querem o bem do Brasil, da Petrobrás nem do povo brasileiro. Antes que me acusem de querer abafar a roubalheira, que fique bem dito: QUE SE APURE ATÉ O FINAL TODA A ROUBALHEIRA. Mas não percamos de vista que os que hoje acusam o PT são piores e tiveram 500 anos para nos convencer do contrário e não conseguiram.

Osvaldo Ferreira

- 2014-12-16 00:59:27

Entendo que há uma crise do

Entendo que há uma crise do modelo  tradicional de representação política em todos os quadrantes do planeta onde se respira algo de democracia formal. Não podemos circunscrever esta crise apenas ao Brasil Ela é global.

Por óbvio este processo chegaria ao Brasil, onde espaços antes inexistentes à participação e opinião foram abertos pelas novas tecnologias ( agora amplamente acessíveis), mas também pela disposição do partido no governo em ampliar e acelerar aquilo que era direito mas que vinha sendo tratado como letra morta na Constituição de 88 até o início dos 2000.

Por isso o PT não é nada irrelevante. 

O PT estabeleceu novos parâmetros no processo de modernização do Brasil desde Vargas, depois do interregno neoliberal e catastrófico dos anos 90, cujo único produto de nota foi o fim da hiperinflação, às custas do desemprego e da entrega vexatória da soberania do país ao FMI.

Por isso o PT não  é nada irrevelante ao lançar as bases de um capitalismo moderno e de massas no Brasil, coisa antes inexistente.

No entanto sabemos que um partido de esquerda no poder (independentemente do espectro à esquerda que ocupe), e que em 2018 completará 16 anos à frente do executivo nacional tende a sofrer inevitáveis desgastes e esgarçamentos, fruto da contradição entre defender teses modernas em um país em que 50% da população ainda sofre as consequências de 300 anos de escravidão diante de uma elite econômica selvagem, branca, violenta e inflexível (apesar do seu verniz cosmético moderno), e que de fato controla os principais aparelhos do Estado. 

Por isso o PT não é nada irrelevante, pois, pela primeira vez na história do Brasil há políticas claras de resgate e de valorização da autoestima da maioria da população que é negra, através de inúmeras políticas públicas. Jamais este país teve qualquer política pública para os negros.

O PT não é nada irrelevante para os negros e mestiços do Brasil, que sabemos, votam maciçamente neste partido, vide Nordeste inteiro, com destaque para Bahia e Pernambuco, bem como  Minas Gerais e Rio de Janeiro no Sudeste, estados de fortíssimo percentual de negros e seus descendentes , versus Santa Catarina, São Paulo e Paraná, em oposição e na oposição.

O PT precisa se reinventar. Burocratizou-se pois o viço esvaiu-se por ser governo. Mas mesmo assim deixou um legado de modernização no sentido dos Direitos Fundamentais, dos Direitos Sociais e dos Direitos de última geração, que não podem ser mais demolidos. 

O PT não será nada irrelevante quando daqui há 50 anos historiadores de verdade contarem a história de um dos maiores e mais importantes países do mundo, onde um partido nascido de sindicalistas igrejeiros, em plena violência e truculência ditatorial, ousou sepultar a Casa Grande junto com a Senzala, colaborando decisivamente na construção de um espaço nacional de generosidade, originalidade, diversidade, modernidade e admirado por todos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eliane Ribeiro

- 2014-12-16 00:47:38

Acredito que . com o Lula na

Acredito que . com o Lula na frente regendo a rearticulação do PT e Dilma fazendo um 2 mandato marcante.

Será uma grande oportunidade para o PT renascer das cinzas e voltar a ser o Partido de massas e dos verdardaeiros sonhadore da soberania nacional.Com o desenrrolar da Lava jato é nitida a blindagem dos nomes do PSDB pela midia, e o Partido se comportando dessa forma golpistas é certeza que este será um eterno refém das oligarquias da Midia,

e de outros grupos economicos, através dos carteis.vai se o metro e vem o detran,merenda escolar outras obras.e permanece como seus pilares Alckim,Serra,FHC,Aecio...

O que mais me espanto no PSDB é a total falta de vontade de reestruração politica e bandeiras com as novas demandas,eles dependem totalmente dos noticiarios e baixarias facebuquianas para captar e alimentar um publico totalmente vazio e monstruoso ,misturando fetiches com odio e racismo.

Se o PT realmente vestir a camisa da Limpeza e não complacencia com bandidos,os blogs já estão ai para desmascar a hipocresia.Agora espera-se que a Fenix .

 

Alex Sotto

- 2014-12-16 00:30:56

Deixa eu ver se

Deixa eu ver se entendi.

Então todo mundo tem que, obrigatóriamente, defender um partido político ?

Alex Sotto

- 2014-12-16 00:28:08

Grato por participar também,

Grato por participar também, demonstrando seu fanatismo.

Já virei besta e corno sem nem me conhecerem.

Vamos ver até onde vai.

Anti PT

- 2014-12-16 00:25:31

Demagogo!

Você é o exemplo real de um débilitdo de inteligência!

Decoreba de frases de efeito não conduzem a pessoas que usam o raciocínio e ver que de fato a máquina pública esta nas mãos de um grupo político capaz de tudo para se perpetuar no poder!

Fernando Lamanna

- 2014-12-16 00:25:00

Olha, nós ainda vivemos no

Olha, nós ainda vivemos no mundo da disputa política com argumentação. Não adianta só apontar o dedo pra quem é o consciente e pra quem é o fanático porque só assim ninguém vence uma disputa. Apontar o dedo é muito fácil. Eu poderia fazer o mesmo: "os anti-petistas são fanáticos e religiosos; os petistas são conscientes e fim de papo".  O anti-petismo é uma opção políticae com certeza, quem o é, escolheu um partido pra defender.

Anti PT

- 2014-12-16 00:18:12

Brasil, terra de bandido!

Existem dois tipos de seguidores do PT, os aproveitadores e sebosos que ficam atrás de mamar nas tetas do governo ou prefeituras que estes se apoderam e também pelos debilitados mentais que acreditam que este partido de corruptos esta realmente interessado no bem do Brasil !

Chega de demagogia, cambada de pilantras !

Galvão

- 2014-12-16 00:13:48

Em 2018

Lula vai ser eleito por causa da Dilma.

Galvão

- 2014-12-16 00:11:26

Há divergência sobre o assunto

Alguns são encarnação da besta fera; Outros são corno manso, mesmo.

JOÃO JOSE KOHL DE OLIVEIRA

- 2014-12-16 00:00:50

Relevância do PT

O Nassif não entendeu que Lula é PT, mas o PT não pode ser o Lula. Hoje a força do PT esta no Congresso e no Senado, mas usam-na para prejudicar o Brasil, não cumprem a Lei. A relevância que o PT tinha, terá que ser reconquistada e esta na sua tenra idade ideológica, lá nos primórdios da sua fundação, nos ideais que provocaram seu nascimento. O que se pretende para o PT não é o ideal, mas o continuismo, a malandragem pela palavra correta e apresentar os atos falhos, para não dizer incoerentes, destorcidos, politicamente incorretos. Não... As palavras corretas e diretas aos atos dos petistas e cúmplices são: quadrilheiros, bandidos, moleques safados, baderneiros, incompetentes, aculturados, abomináveis, assassinos, etc... A correção no PT não será pelos pares de hoje, cúmplices dos mensaleiros, dos petralhas, do silêncio constrangedor da "presidenta", a anta marionete do Lula e sua corja de larápios, desde a muito macomunados em prol do dinheiro público e não do povo. Malditos que queimem no inferno por todo pecado e dor produzidos. Nassif... não se iluda. Se houver mudanças será pela nova geração que ainda chegará, esta geração perdida que aí esta pôs tudo a perder. Pensei que seria necessário começar do zero... Agora estou convencido que reiniciaremos no negativo do déficit econômico e moral do Brasil. E só após 2018. Será???  

 

AlexanderScherer

- 2014-12-15 23:46:47

Não força

           Tens toda a razão, me lembro até da chamada da Globo em sua programação por ocasião das manifestações:

            ' O BRASIL ACORDOU "!

AlexanderScherer

- 2014-12-15 23:46:45

Não força

           Tens toda a razão, me lembro até da chamada da Globo em sua programação por ocasião das manifestações:

            ' O BRASIL ACORDOU "!

Alex Sotto

- 2014-12-15 23:44:40

Grato por corroborar minhas

Grato por corroborar minhas palavras demonstrando todo seu fanatismo.

Para você, aquele que critica o PT é a encarnação da besta. Ou talvez, ela mesmo, usando seus poderes para incluir comentários anti-petistas no blog do Nassi.

Marco Antonio Silva

- 2014-12-15 23:15:01

O seu bestialismo não é fanatismo né

O seu bestialismo não é fanatismo né

Antonio Adalmir Fernandes

- 2014-12-15 23:05:35

Perda de relevância?

A relevância de um partido se mede por sua competência no governo. Nos últimos tempos, o que se percebe é crescente acumulação de fatos irrelevantes atribuídos ao maior partido brasileiro. Os fanáticos acham isso normal e absolutamente compatível com o país tupiniquim, cujo povo merece o governo que tem. Nunca na história deste país um partido foi tanto acusado de corrupção, mas isso é absolutamente normal, porque os demais partidos também cometem irregularidades com recursos públicos. Até agora, somente a presidente da República admitiu a catástrofe na administração da Petrobras, mas mesmo assim porque o noticiário policial estava estragando a reeleição dela. Depois disso, ninguém do governo entende que a tragédia na estatal afeta o partido governista, a exemplo do seu principal líder, que acaba de orientar seus correligionários para não aceitarem "desaforo", em se tratando de críticas da oposição sobre os desvios de dinheiros da estatal. Com certeza, nem nas republiquetas de décima categoria tantos escândalos, com graves prejuízos ao interesse nacional, conseguiria que a sociedade batesse palma para o partido que é acusado de comandar esquema de desvio de recursos da sua principal estatal, conforme evidenciam os depoimentos de ex-diretor da empresa e de importante doleiro que manipulava as aplicações no exterior do dinheiro sujo. Se o Brasil fosse um país com o mínimo de seriedade, a sociedade já teria se conscientizado sobre a urgente necessidade de moralização da administração do país, cuja mandatária assiste a tudo apenas afirmando que vem combatendo a corrupção, sem, no entanto, apresentar à nação um único fato que evidencia a sua atitude moralizadora, como, por exemplo, a exoneração da direção da estatal, que jamais poderia continuar sob o comando de quem jurava desconhecer os fatos irregulares, mas as denúncias recentes afirmam que a presidente foi avisada sobre as irregularidades nas contratações da estatal. Por sua vez, o partido do governo sepultou as investigações que deveriam ter sido implementadas pelas Comissões Parlamentares de Inquérito constituídas no Congresso Nacional, que contavam com a participação majoritária de governistas, que nada apuraram, quando as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público apontam montanhas de fatos irregulares, cujos envolvidos têm ligação com partidos do governo. Na verdade, país que não tem hábito de primar pelo princípio da transparência não pode contar com relevância nos partidos, que são os primeiros a omitirem a verdade sobre os fatos. A sociedade precisa, com urgência, separar o joio do trigo, de modo que o fanatismo político-ideológico não possa interferir, de forma preponderante, nos interesses nacionais, que são importantes para o fortalecimento das estruturas dos princípios democrático e republicano. Acorda, Brasil! 

Alex B

- 2014-12-15 22:38:45

PARECE MAS NÃO É

A inteligência é algo muito maior do que o estudo ou volume de informações adquiridas, se fosse assim poderíamos chamar um computador de algo inteligente, na verdade a inteligência é a simples capacidade de se ver a verdade quando a mesma é mostrada desnuda de fantasias, a pessoa que é cega à verdade desnuda, na realidade não é inteligente é apenas mais um ser embebido por loucura e fanatismo que a cega totalmente, a pessoa olhar para o Sol e dizer que se trata da Lua é no mínimo um louco ou pior que isso um mau intencionado.

Alex B

- 2014-12-15 22:38:42

PARECE MAS NÃO É

A inteligência é algo muito maior do que o estudo ou volume de informações adquiridas, se fosse assim poderíamos chamar um computador de algo inteligente, na verdade a inteligência é a simples capacidade de se ver a verdade quando a mesma é mostrada desnuda de fantasias, a pessoa que é cega à verdade desnuda, na realidade não é inteligente é apenas mais um ser embebido por loucura e fanatismo que a cega totalmente, a pessoa olhar para o Sol e dizer que se trata da Lua é no mínimo um louco ou pior que isso um mau intencionado.

Alex B

- 2014-12-15 22:28:56

FANÁTICO

No diagnóstico de um fanático sempre existirá o critério dele próprio não se achar fanático, pois se isso ocorresse ele, automaticamente, deixaria de ser fanático.

Alex Sotto

- 2014-12-15 22:00:49

O petismo virou religião faz

O petismo virou religião faz tempo. 

Como tal, quem tinha consciência, pulou fora.

Do lado dos militantes sobraram apenas os fanáticos, do lado dos líderes apenas os espertos. 

O anti-petismo não é uma ação, apenas uma reação, consciente, ao fanatismo dos petistas.

Conde de Rochester

- 2014-12-15 21:59:34

Em 2014 por causa do PSDB...

Em 2014 por causa do PSDB...

Gabriel P

- 2014-12-15 21:40:45

Perfeito Nassif Já passou da

Perfeito Nassif

Já passou da hora dos militantes e da base do PT se movimentarem para rejuvenecerem o partido, já passou da hora de velhos "caciques" que praticam a "velha" política darem lugar aos novos.

O trem parou na estação e não pegaram, mas ainda há tempo de entrar num dos ultimos vagões que estão passando e as chances ainda são grandes para embarcarem.

E um dos primeiros passos deve ser melhorarem a comunicação do partido e do governo com o povo. 

Não deixar a oposição encurralar e se adiantarem aos fatos. (Nada pior de que ser informado pelos outros de que tem culpa).

O PT ainda é muito grande e o governo Dilma e a eleição de 2014 talvez tenha sido a última oportunidade do partido voltar a ser popular e retomar sua importancia.

adolpho

- 2014-12-15 21:40:32

VC sabe o que acontece, meu

VC sabe o que acontece, meu caro? É a primeira vez que o governo tem que lidar com uma oposição que remotamente lembra o PT quando ele ocupava esse papel. Daí esse mimimi todo. É golpe! É jogo baixo!

Nada disso: é oposição, mesmo. Agora é que a coita tá ficando boa. E vai ficar muito melhor ainda, com o novo congresso que tá chegando.

E que governo não deixe brechas em sua ações. Se não, vai dançar miudinho...

Yacov

- 2014-12-15 21:37:04

Não força, Nassif... Chamar a

Não força, Nassif... Chamar a REVOLTA DOS COXINHAS & BLÈQUIBLÒQUIS do FEICIBUQUI convocados pela GLOBO em 2013, de movimentos sociais é o fim da picada. O PT não tem que se aproximar desse povo mesmo.  Queria que o PT se aproximasse também dos #NÂOVAITERCOPA e dos TIOZINHOS que foram á av. Paulista pedir impeachment e intervenção militar também ?!? Me poupe ...

"O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES - O que passa ana REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS"

Filipe Rodrigues

- 2014-12-15 21:31:16

Em 2010 Dilma se elegeu por

Em 2010 Dilma se elegeu por causa do Lula.

Em 2014 por causa do PT.

Fabiano Joel Duarte

- 2014-12-15 21:12:37

a perda de relevância do pt

Nassif: não ficarei como "barata tonta" fugindo para todos os lados e sendo perseguido por botas, sapatos fedorentos, chinelos inúteis, vassoura quebradas, etc. Já saí dopt há anos, mas sempre continuei votanto nos seus candidatos, aqueles que julgava mais integros, coerentes e que sempre fecharam com os trabalhadores. Mas até a cut! Proponho que nos unamos num movimento socialista, pois capitalismo, burguesia, golpistas, e o que mais existe por aí. Em todo o universo, os poderosos se unem para massacrar os trabalhadores. A barbárie se alastra e o império ocidental se desfaz. o Humano está sendo destruido pelo mercado, pelo dinheiro, pelo financeiro. Não sei como parar, mas precisamos nos voltar para o verdadeiro socialismo e fora dele não saberemos por onde caminhar.

edna baker

- 2014-12-15 21:11:09

Tá qurendo convencer quem?

Tá qurendo convencer quem?

junior50

- 2014-12-15 21:07:27

Estava cauteloso, mas otimista

  Não estou mais.

  Luis, antes de montar um "gabinete de crise para o PT", tem é que montar um gabinete de crise para o governo, este que ainda está - perdidinho - e o futuro, que tomará posse em 01/01, mas que se iniciará mesmo em fevereiro, com a posse dos novos congressistas, aliás acho, espero estar errado, que o governo não precisa só de um gabinete de crise, mas de um gabinete de controle e administração de danos.

   É só dar uma "rodada" por gabinetes em BSB, RJ e São Paulo, que parece que foi o PMDB que venceu a eleição, e os petistas estão em ritmo de "fim de governo", alguns até com a " bunda encostada na parede mais próxima", tremendo de medo, do que pode sair, não só da Petrobrás, mas de outras -Brás, do BNDES, BB, CEF, transposição, contratos militares (DCNS, Gripen, russos etc..)., tipo assim: "se der uma enxadada, em qualquer parte da terra, vai dar minhoca"

    Antes de pensar na relevancia do PT, ou em 2018, tem é que resolver Janeiro de 2015, ou nem vai chegar a outubro de 2016 - tanto o PT, quanto o governo.

    P.S.: Depender de Eduardo Cunha - já com apoio de Temer - e de seus fisiológicos, espalhados por todos os partidos, para poder nomear - na real: fatiar - o futuro governo, não é solução, é insegurança, desespero.

 

 

Yacov

- 2014-12-15 20:58:48

Pfffffffff.... Patético

Pfffffffff.... Patético ...

 

"O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES - O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS"

Midionauta

- 2014-12-15 20:41:57

Nassif, o futuro da esquerda

Nassif, o futuro da esquerda brasileira é o PSOL. Tinha tudo pra ser o PSB mas a louca cavalgada de Eduardo o tirou de rota. Agora é PSOL.

Galvão

- 2014-12-15 20:40:46

Irrelevância assim: só mesmo em Poços de Caldas

Presidência da República

Cinco governadores

Treze senadores

Setenta deputados

Seiscentos e trinta e cinco prefeitos

Cento e oito deputados estaduais

Preferido por 17% dos brasileiros (PSDB 5%; PMDB 4%)

Hum milhão quinhentos e noventa mil filiados, (o PMDB tem 2.356.000)

trower

- 2014-12-15 19:37:27

Se nossas análises

Se nossas análises continuarem nessa toada vamos sumir. Deturpar a realidade não leva a lugar algum. Botar a culpa nos outros sempre é de uma covardia descomunal. O povo percebe isso. Se não assumirmos nossos erros, afundaremos cada vez mais.

Marly

- 2014-12-15 19:30:53

Toma tenência, diria o meu pai!

Dilma também foi vitoriosa em meu estado ( Rio de Janeiro ) e, também no estado do Sr. Aécio ( Minas Gerais ). 

Galvão

- 2014-12-15 19:14:23

Caraca véio!

O cara tá de porre em plena tarde de segunda feira. Putz!

BETO

- 2014-12-15 19:13:53

CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ

CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ MARIA SILVA. NÃO SE PODE CHAMAR O PT DE IRRELEVANTE, POIS ENFRENTAR TUDO QUE O PT ENFRENTOU COM ESSA MIDIA GOLPISTA E AINDA ELEGER A PRESIDENTA DILMA, NÃO É FÁCIL. AINDA VEMOS ISSO NESSE MOMENTO, O "IMPLANTADO" DE PLANTÃO GILMAR MENDES, FAZ COM QUE A DEMOCRACIA NO BRASIL SEJA ENFRAQUECIDA, POIS OS GOLPISTAS SÓ GANHAM FORÇAS COM AS DECISÕES DESSE MINISTRO DO STF. O GILMAR MENDES CHEGA A FAZER PAPEL DE RIDÍCULO, POIS COM SEUS GESTOS E OPINIÕES EM FAVOR DO PSDB/PIG/GOLPISTAS SÃO CLARÍSSIMOS. FALTA INDEPENDÊNCIA IDEOLÓGICAS AOS MINISTROS DO STF.

Luís Henrique Donadio

- 2014-12-15 19:07:00

"A Dilma foi vitoriosa em

"A Dilma foi vitoriosa em votos  no Nordeste como todos sabemos, sabem porque, lá o Coronelismo ainda persiste e foi mais enraizado durante esses 12 anos de Governo."

Essa é outra fantasia tucana das mais resistentes.

Pensam que o Nordeste de 2014 ainda é o Nordeste dos anos cinquenta.

É para isso que o PSDB tem como líder máximo um sociólogo da Sorbonne? Para se iludir completamente a respeito do Nordeste e do voto nordestino?

Desse jeito vão precisar esperar o século XXII para terem alguma chance...

Avelino de Oliveira

- 2014-12-15 18:57:47

Caro Ricardão É sim, os

Caro Ricardão

É sim, os jornais tem dados os mesmos destaques do chamado Petrolão que os do Trensalão.

Eheheh

Aiai meusdeuses.

Também é sim, que o PT dá mais o que falar.

Meussais em dose triplex.

Depois dessas. 

Saudações

Luís Henrique Donadio

- 2014-12-15 18:57:35

Essa é a doce ilusão do

Essa é a doce ilusão do PSDB.

Mas não se sustenta minimamente, o PT é uma organização sólida. Se tem um problema que pode ser reduzido a uma palavra, é a burocratice, não a dependência do carisma de um líder.

victor1

- 2014-12-15 18:28:11

A perda de relevância do PT

"SEU NASSIF"

"A  PERDA DE RELEVÂNCIA DO pt"

Muito bem seu Nassif tô gostando de ver o Sr abrindo os olhos para a realidade, agora posso voltar a ler sua coluna com prazer.

Convenhamos seu Nassif o pt não é um partido no máximo pode ser  .....

E a petrabras o que o Sr acha vamos trocar toda diretoria incluindo a Gracinha, ou vamos continuar insistindo que a culpa do preço da ação ter batido hoje $ 8,00 ainda é do FHC?

Abraço

 

 

 

 

Itamar Branco

- 2014-12-15 18:22:35

Escassez de políticos competentes

O PT é Lula. Dilma (que nem petista era) caiu nas suas graças e tornou-se Presidente e agora, se me permitem, Represidente. E não dá ouvidos ao Partido. Lula sufoca qualquer liderança e não é solidário com companheiros que caem em desgraça (vide Dirceu, Genoíno, João Paulo). A única liderança produzida pelo PT foi Antonio Palloci (com cacife para sucedê-lo) que caiu  no ostracismo por suspeitas fortíssimas de corrupção e tráfico de influência. Os indícios eram tantos que nem se defendeu. E nem Lula o socorreu. Lula queimou figuras com Plinio de Arruda Sampaio, Francisco Welfort, Helio Bicudo, Erundina, etc. Sobraram os ossos  como Marco Aurelio Garcia, Gilberto Carvalho. Ou seja, medíocres sem voto. A sorte do PT é que a oposição (especialmente o PSDB) tem quadros igualmente ruins.

wagnerk

- 2014-12-15 18:12:46

Uma pequena correção

Uma pequena correção histórica.

Na sucessão do David Moraes, em 1981, Rui Falcão foi candidato a presidente e perdeu a eleição para o Emir Nogueira, que morreu durante a gestão e foi sucedido pela vice, Lu Fernandes.

Gabriel Romeiro elegeu-se na disputa seguinte, em 1984, numa diretoria da qual Luis Nassif fazia parte e da qual se afastou em data e circunstâncias que poderá, se quiser, revelar a seus leitores.

 

 

 

paulo moreira

- 2014-12-15 18:03:26

Oposição???

Fazer militância e pedir intervenção militar são coisas bem diferentes.

Ficar vigilante e pedir terceiro turno também são  coisas bem diferentes.

A oposição é essencial para o regime democrático; já a não aceitação dos resultados das urnas é uma ameaça ao regime democrático.

Fazer oposição não é distorcer fatos e circunstâncias; não é usar-se de uma mídia nitidamente interessada em uma linha de governo (interesse este cujo foco é tão somente o seu próprio benefício) para elevar um candidato em detrimento do outro; não é, por outro lado, processar jornalistas e usar de influência para desempregá-los, se os mesmos não lhe forem favoráveis; não e impedir investigações que possam lhe atingir de alguma forma; não é utilizar-se de termos incondizentes com a realidade para inserir nos eleitores a falsa impressão de estamos num modelo no qual não estamos.

Renato Ferreira Lima

- 2014-12-15 17:59:06

Autoritários esses petistas, hein?

Ou seja, quando a lei implica na punição do infrator, deve ser rasgada. Ora, quando se pede para que a lei seja ignorada em favor do governante, o que se tem? Golpismo, casuísmo. Democracia é que não.

Vamos deixar claro - golpista é quem rasga a lei e paga o Congresso. Golpista é quem aceita ou coleta suborno. Golpista é quem pratica e se beneficia de jogadas excusas com o patrimônio dos brasileiros.

Seguindo esse raciocínio, há um golpe sendo gestado sim, mas não é pela oposição. Não é dela a chave do cofre, há pelo menos 12 anos.

 

Wong

- 2014-12-15 17:34:27

Diagnóstico perfeito, causas discutíveis (e irrelevantes)

O apego às Teorias das "Vidas Passadas" para se explicar Comportamentos Atuais, usada e abusada pelo Nassif, é de eficácia duvidosa.

Porém, o diagnóstico do Nassif é uma verdadeira Foto:

PT, PSDB e a "Mulher Mais Influente da Política" já eram.

O Conselhão proposto por Lula cheira mais a Conselho de Anciãos dos Muppets - Gilberto Carvalho, Marco Aurélio Garcia, Luiz Dulci e Humberto Costa,...

https://www.youtube.com/watch?v=PGfx3QAV64M&index=7&list=RDlhmjnYKlVnM

Mas, preocupante mesmo é o "último" elogio do Lula ao Rui:

Aos 1:40 min:

http://www.institutolula.org/blog-do-josias-distorce-fala-de-lula-sobre-arrecadacao-de-campanhas-eleitorais

"Saiu INFINITAMENTE melhor que a Encomenda"...

É hora de uma "Metmorfose Ambulante".

Chega de Band Aids.

Dilma está SÓ!!!

lenita

- 2014-12-15 17:34:07

Os 4,5 milhões de

Os 4,5 milhões de simpatizantes do Aécio e outros milhões do seu partido, não são de fato simpatizantes, pois o partido não tem nada a oferecer ao povo. Não passam de antipetistas formados pela nossa "grande imprensa", o partido conhecido como PIG associado a este partido, que não deixou nenhum  legado, dígno de nota ao país e muito menos naqueles estados onde governam durante tanto tempo. De todos os legados, que me lembre foram o  APAGÃO do  Sociólogo e as privatizações feitas em benefício próprio e do partido e que até hoje corrompe a tudo e a todos. O governo de SP deixou como legado a excelente administração da SABESP, que agora pede socorro ao governo petista p/ não matar de sede o povo de SP. Em MG, fica o legado do reinado do governador, ou melhor do REI, que usa dinheiro público em benefício de familiares e proíbe a averiguação da cocaína encontrada em avião do seu correligionário político. Tenha a santa paciência e vá cantar em outro terreiro !

walter araujo

- 2014-12-15 17:13:56

Calmagente. O Nassif

Calmagente. O Nassif estáapenas pisando nos brios.

São dezenas as contestações.

Roberto Locatelli

- 2014-12-15 17:12:56

Quanta "irrelevância"

Sei, sei, o PT é "irrelevante". O fato de a presidenta reeleita ser do PT é só um pequeno detalhe.

Por mais que o PT seja um partido centrista, hesitante, etc, é o partido com o qual boa parte da classe trabalhadora se identifica.

PSDB é só um apêndice da mídia golpista, mais nada.

Cristiano Peixoto

- 2014-12-15 17:10:28

Fanatismo

O fanatismo, seja por um ídolo, por uma religião ou por um partido (ideal político), causa miopia ao adorador, as qualidades do adorado lhe parecem maiores do que realmente são, e os defeitos desaparecem de sua vista. O fanático foge da realidade, e sem perceber se aproxima da ignorância, mesmo sendo inteligente. Pois então, acho que só o fanatismo explica o conteúdo dos comentários publicados neste canal de comunicação.

zé edu

- 2014-12-15 17:05:42

a mão pesou

Acho que o Nassif errou a mão. Que o P.T perdeu capilaridade nos movimentos sociais, isso já é por demais sabido. No entanto, ganhou relevância em outros campos.

O P.T como partido de governo é mais relevante do qualquer outra coisa. 

Penso que o P.T está vivo mais do que nunca. 

Alephii

- 2014-12-15 17:00:05

Caraca véio! O que vc quis

Caraca véio! O que vc quis dizer?

 

Oliveira.com

- 2014-12-15 16:39:35

Gondim,  Numero por numero o

Gondim, 

Numero por numero o Pe. Marcelo Rossi tem mais 8 milhões de seguidores. E daí?

Maria Silva

- 2014-12-15 16:31:11

"Menas" ...

O PT pode esta passando por uma crise cronica, que ja dura alguns anos. Porém, esta longe de ser um partido "irrelevante". Tetra campeão de votos, com a grande  midia tradicional fazendo campanha anti petista 24 horas por dia, e ainda assim consegue eleger uma presidente como Dilma, não pode ser chamado de "irrelevante".  Essa irrelavancia se aplica a Marina Silva (bucha de canhão da direita e dos cinicos de plantão), é um vazio sem precedentes. Um bichinho amestrado que aparece de 4 em 4 anos pra repetir frases feitas e cliches direitistas. Por fim, o PSDB não é alternativa de nada. Não tem nada a dizer nem a propor. Tudos que diz, esta com a prazo de validade vencido. Só existe por que é protegido pela mídia. Só resta então o PT.

joao

- 2014-12-15 16:28:19

Antes tarde do que nunca!
Muito bom. Nao vamos perde as esperancas e se colocar este desafio olhando a candidatura do Lula, in felicidades nao tem opcao, sera ainda tempo pq soh agora a esquerda e conservadores resolveram peitar mesmo sem uma bandeira verdadeira no Brasil. Pq no mundo a esquerda e os progressista se evaporou. A marola esta enchendo neste periodo Dilma. Falta um timoreiro politico. Nao podemos eh recuar. Este seria um caminho e chamamento para discusao popular.

Ivan de Union

- 2014-12-15 16:08:44

"O plano gerador de Aécio não

"O plano gerador de Aécio não seria o mesmo que o iniciado por Dilma. Mais uma mentira tua":

E ele nem viu a contradicao propria...  Vejamos:

"O plano de governo do Aécio tido como gerador de desemprego, crise, aumento de juros, etc...., está sendo copiado até nos detalhespelo Governo Petista":

Se era esse o plano de Aecio e se eh esse o plano que esta sendo executado...  qual eh o problema?  E porque os "grotoes" coronelistas nordestinos votaram nele mas nao votariam em Aecio nem pintado de ouro?

Mais uma vez pra quem nao sabe:  Aecio so deu burrada.  Burrada apos burrada apos burrada.  Ja as enumerei varias vezes, ja devo ter umas 3 ou 4 mais pra adicionar.  Sem contar com a da semana que vem.  E da outra semana...

Lucio, aponte me SOMENTE UM projeto que Aecio emplacou e que beneficiou a populacao de Minas.

So um.

dirval

- 2014-12-15 16:08:23

Duas constatações fáceis: 1)

Duas constatações fáceis: 1) os robôs midiáticos e pagos do Aécio, depois de contaminarem o "Blog da Dilma", parecem que migram em massa (são direcionados) para este portal, que a direita tanto odeia, pela qualidade e oportunidade dos temas levantados. 2) A "irrelevância do PT" é mais uma das ocasionais derrapadas do Nassif, sem dúvida o melhor analista política de nossa imprensa, mas comete alguns equívocos. É verdade que o PT está em crise devido ao seu erro primário de descurar a formação política, principal ferramenta utilizada em sua origem. Longe, porém, de ser irrelevante seu envolvimento com o povo, notadamente com osmovimentos sociais. Não podemos confundir as práticas do Rui Falcão com a totalidade do PT.

Escrevo isso olhando de fora, pois não sou filiado ao PT, mas um observador da cena política.

Fernando J.

- 2014-12-15 16:05:45

Mais um apelido para dona Santinha

Nenhum político brasileiro arrebanhou tantos apelidos como dona Santinha. Mais um (ótimo) para a coleção: harpia 

Miguel A. E. Corgosinho

- 2014-12-15 16:05:19

"Nos últimos anos, o PT

"Nos últimos anos, o PT tornou-se um partido insignificante."

Qualquer partido político, em que os trabalhadores se educam e se tornam socialistas, não consegue manter o entusiasmo dos eleitores por muito tempo. A lógica das coisas corruptas pronunciar-se-á no curto prazo; e o socialismo como baluarte da situação material não conseguirá opor-se ao poder do capital. 

Se o Lula deseja levar a bom termo a sua eleição em 2018, para uma tarefa que deseja executar para a sociedade como um todo, tente desliguar-se de associação com partidos. 

Se a situação do país melhorar mais que o governo anterior, ele se torna socialista sem precisar de cooperação do financiamento de campanha.

Marcus Augusto

- 2014-12-15 15:57:13

Mujica Sabe...

"Essa velha é pior que o caolho..."

      José Mujica  -  Sobre Cristina Kirchner

VLO

- 2014-12-15 15:47:30

Você é que precisa de colírio

Você é que precisa de colírio e de uma consulta oftalmológica. Na verdade precisa se informar e deixar de ser tendencioso quando tiver que falar do PT. Se assim fizer, verá que o PT não é o partido mais corrupto do Brasil e que ele foi um partido fundamental na construção de uma democracia no Brasil. Os projetos sociais são elogiados em todo o mundo e servem de exemplo a muitos países. A melhoria da qualidade de vida foi significativa. E, se você for da classe média e vier com esse papo de que o governo do PT prejudicou a classe média, você estará sendo injusto: o aumento de vagas no ensino universitário foi impressionante, principalmente se compararmos com os números do governo do PSDB (nota zero nesse quesito). Também as melhorias na infraestrutura. As estradas no Brasil, na famigerada era FHC, eram uma vergonha. Hoje, estão muito, muito, melhores. Os portos criados, as leis e medidas adotads para beneficiar as pessoas com necessidades especiais. Enfim, uma ampla variedade de ações em prol da população. Não seja egoísta, não pense só no seu estômago. Olhe para os lados e reconheça a grande contribuição do PT e do governo no desenvolvimento do País.

JB Costa

- 2014-12-15 15:39:17

Tu não tens moral nenhuma

Tu não tens moral nenhuma para falar em mentira. Sabe por que? Por que és UM MENTIROSO! Ademais, é também ANALFABETO e DESONESTO INTELECTUAL. 

1) O que tu entendes por "coronelismo" e onde está tuas referências para afirmar que esse sistema ainda persiste no nordeste? Lava tua bôca com uma tonelada de sabão antes de tentar denegrir nossa região! A antítese desse "coronelismo" perssistente seria, por exemplo, votar em figuras como Bolsonaro? Insistir quase vinte anos com modelo(falido) tucano de governar? 

E por falar em tucano, por que a seletividade? Onde tu colocas os escândalos que vem desde 1994 nos governos do PSDB? Que partidos tem mais parlamentares e governantes cassados? Pois o PSDB e o DEM ganham disparados. 

O problema da Petrobrás foi gestado e em parte executado nos governos FHC. Coube ao PT dar continuidade. Por que tu só centras fogo neste último? 

O plano gerador de Aécio não seria o mesmo que o iniciado por Dilma. Mais uma mentira tua. Aumentar taxa de juros faz parte da política monetária e esta é gerida pelo BACEN em buscada da estabilização de preços. O âmago da política econômica do governo Dilma, seu mentiroso, continua sendo desenvolvimentista, e não mercadista. Aécio faria um neoliberalismo reciclado após a completa desmoralização deste.

Minas está quebrada. Herança de quem? São Paulo está estagnado. Sua capital e zona metropolitana está bebendo lama em vez de água. Será esse o modelo a nos inspirar? 

2) Como tu és capaz de mentir tanto assim ao fazer essa afirmação acerca da imprensa nordestina? Tu por acaso lê, ou já leu, por exemplo, os dos maiores jornais aqui do Ceará, O POVO e DIÀ|RIO DO NORDESTE? Tu achas, na tua extrema indigência mental, que esses periódicos são subalternos ao governo ou ap PT? 

É exatamente o contrário! Eles, até mesmo para a nossa desgraça, replicam as mesmas matérias que saem aí na imprensa partidariza e comprometida do sudeste. Em especial contra o governo federal e o PT. Rezam na mesma cartilha. 

Por fim,. como nordestino dispenso essas tuas elegias ao nosso povo porque são FALSAS! 

RICARDÃO

- 2014-12-15 15:35:34

SOMENTE VEJO A "MÍDIA

SOMENTE VEJO A "MÍDIA GOLPISTA" VINCULANDO O PT AOS CRIMES QUE ELE TEM COMETIDO RECORRENTEMENTE, COMO DEMONSTRAM A PF, A CGU, O MPF, O TCU, ETC. 

SE O PT APARECE BASTENTE, É PORQUE MERECE...

AFINAL, DESDE QUE SURGIU O CARTEL DOS TRENS DE SP, A MÍDIA TEM DADO  O MESMO DESTAQUE, PORÉM O PT DÁ MUITO MAIS O QUE FALAR...

m.cubiak

- 2014-12-15 15:34:54

Rumo a sua PMDBização

O PT já foi um tipo de vanguarda política, nos anos 1980. Em seguida, nos anos 1990, começou a se esgotar o modo petista de governar, iniciado com os primeiros governos nos anos 80. Em 2000, o modo petista de governar já estava obsoleto. E com o governo – e doze anos seguidos – foi o momento de enterrar-se como vanguarda e iniciar sua longa e triste caminhada rumo  se transformar no PMDB. O Partido se interessou por lideranças jovens apenas nos 80 e 90. Hoje, olha lá como militância. Do momento do poder até hoje, nunca se esforçou para tirar do refrigerador suas velhas lideranças congeladas. 

adolpho

- 2014-12-15 15:31:37

Caríssimos, só na cabeça de

Caríssimos,

só na cabeça de militantes totalitários achar que fazer oposição é ser "golpista". Relembrem sua própria história - linda história, por sinal! - em que se ia orgulhosamente às ruas para gritar "fora FHC!". Isso é ser golpista, também? Relembrem a ida às ruas, de preto, para gritar "impeachment, já!", contra o Collor. Isso é ser golpista?

Ora, o dever da oposição é ficar de vigilância, para aproveitar qualque deslize do partido que ocupa o poder e retirá-lo de lá, com s os instrumentos e remédios constitucionalmente previstos. Cabe ao partido sitiacionista se esmerar em não deixar brecha para ser atacado. Assim, nessa jogo de peso e contra-peso, prima-se pela correição das ações e pelo respeito ao povo, à lei, à demcoracia.

Edivaldo Dias Oliveira

- 2014-12-15 15:29:00

O PT de Rui e o vazio do vão do MASP

"O Vazio do vão do MASP"

Sábado chuvoso, saí de casa após o almoço, uma lauta feijoada caseira, para ir a uma manifestação "do PT" no Vão do MASP.

A atividade estava marcada para as 14 horas, cheguei 13,50.

Fiquei lá até às 14,50 e era possível contar nos dedos das mãos, pouco mais ou menos, o número de pessoas que lá estavam.

Pouco antes de sair, perguntei pelo Face se alguém mais sabia da atividade, pois no site do PT e CUT Nacionais, nada encontrei. Recebi várias respostas, todas positivas, inclusive de dirigentes sindicais que são referencias no movimento, algumas das quais dizendo estar a caminho do ato.

Voltei prá casa, decepcionado. Entrei no Face e fiquei sabendo que a direita também havia convocado manifestação para o mesmo local e depois cancelado para evitar confronto.

Se tivesse mantido a atividade e tivesse levado o mesmo povo que o Lobão levou semana passada, teríamos levado um pau bem dado e bem merecido.

O PT, a CUT e demais organizações de esquerda, precisam estabelecer uma linguagem única para não expor sua militância a vexames e principalmente a perigos como esse, em que poderia ter havido uma tragédia.

Porque não criar um link unificado tipo “PTChama”, Onde, quando, CUTChama etc, divulgando todas as atividades que contam com o apoio dessas organizações para nos servir como norte?

Do jeito que tá, em que a rede virou terra de ninguém, o PT e a CUT não podem continuar a ser o fiofó de mãe Joana, em que todos divulgam atividades em seus nomes, é preciso por um pouco de ordem, de organização nessa zorra.

Aqui uma foto "Vazio do Vão do MASP".

Foto de Edivaldo Dias de Oliveira.Foto de Edivaldo Dias de Oliveira.Curtir ·  · 

 

ROBSON Moraes

- 2014-12-15 15:28:09

Acho que é ao contrário

O PT é  que hoje possui um projeto de poder e não de luta. E faz de tudo para não largar o osso. O PSDB permitiu a transição de poder de FHC para Lula e isto é fato. O PT de hoje não tem nada haver com a causa operária de quase 30 anos atraz. Se tornou um cliche do que combatia quando foi fundado " rouba mais faz"  te lembra alguem?  Lula tenta ser um Getúlio " pai  dos pobres " pós-moderno" sempre com discurso democráta mas por baixo dos panos apoiando leis ditatoriais e de controle da mídia e dos 3 poderes.

Chico Pedro

- 2014-12-15 15:22:05

O pior não é o partido

O pior não é o partido tornar-se irrelevante, mas deixar na mão a dimensão esquerda da política. Já se falava sobre tal problema há anos aqui, mais precisamente quando surgiram os primeiros escândalos.

Comentava-se, todavia, durante o auge do ufanismo barato muito presente aqui no espaço. De onde surgiu também um considerável engodo na história política recente: o mito do estadista Lula.

Não a toa escreve-se um texto e a culpa recai sobre o irrelevante Falcão enquanto não se pode, como sempre, atribuir ao fênomenal uma linha de responsabilidade.

.

Uma idéia bastante difundida naquele momento informava que a esquerda começou e aconteceu por causa do PT como se fosse sua criação. Pior ainda: devido ao ufanismo misturado ao culto do herói (messianismo?) em alguns momentos parecia realmente que a esquerda era fruto do empenho do homem.

É por este motivo que o pior não é o PT perder relevância, mas a extrema dificuldade de recuperar a credibilidade perdida... pela esquerda.

A precedência da esquerda em relação ao partido significa que havia verdadeira confiança num modo diferente de agir, na preponderância da ética. Trair esse sentimento custaria valor altíssimo.

E foi justamente o que aconteceu. No momento do "messianismo" patético empunhou-se a tese da governabilidade.

Havia uma troca em andamento. O país maravilhoso que se criava (aquele último voô da galinha) pela lenda em carne e osso não poderia se dar sem as regras do jogo, sem "sujar as mãos".

Jamais, digo JAMAIS, quiseram levar em conta o tamanho do preço.

Agora, agora é tarde demais.

 

Flics

- 2014-12-15 15:11:26

Desculpem...

... foi sábado, 13 de dezembro... a emoção trai...

leonidas

- 2014-12-15 15:09:12

onde tem lider ai? cada

onde tem lider ai?

cada uma... 

altamiro souza

- 2014-12-15 15:08:51

o que é preciso é politizar o

o que é preciso é politizar o debate.

como já destacou lula vária vezes, é a política que possibilitará

o clareamento das dificuldades não só partidárias como do  pais.

o pt não é um, são vários espalhados pelo país...

espero que se renove...

mas confesso que parece um milagre o pt permanecer

no poder por tanto tempo acuado por forças tão poderosas da direita brasileira,

ancorada na grande mídia, entulho autoritário.

o que é preciso discutir é como se dá essa hegemonia

descontrutora do pt conseguida pela direita,

golpistamente montada nos últimos doze anos,

com instrumentos remanescentes da ditadura e da concupiscencia

do atraso de parte do judiciário etc e tal.

 

Flics

- 2014-12-15 15:03:58

Ah ...

... foi ontem, domingo 15 de dezembro de 2014.

Flics

- 2014-12-15 15:02:52

Para quem entende espanhol, ...

... ver a diferença entre tecnocratas e líderes políticos.

[video:https://www.youtube.com/watch?v=LUYdBgyKAcs]

Ivan de Union

- 2014-12-15 15:01:18

"Aliás fica o questionamento

"Aliás fica o questionamento qual empresa gerida pelo Governo Petista, é exelência de organização, modernidade e honestidade":

Praticamente TODAS elas.

Flics

- 2014-12-15 14:56:54

O amigo...

... falou em canalha e golpista?.... ai, ai, ai.... tem espelhos demais na sua casa, não?

Manoel Teixeira

- 2014-12-15 14:44:57

Irrelevância

 

 Concordo com Nassif. O PT tornou-se um partido burocrático, ávido por se manter no poder e distanciado das massas. Evitou o principal, que é a luta pela hegemonia que vem sendo vencida, com folga, pela direita.

O(A) Presidente(A) governa sem a participação orgânica do partido, no máximo, com um quadro ou outro cedido pelo partido, mas sem ingerência na política. 

 A oportunidade de mudar está aí, mas com um presidente do partido que, segundo o livro A Privataria Tucana,  teria vazado informações para a Veja nas eleições de 2010, pondo em risco a eleição de Dilma com o intuito de tirar Pimentel da coordenação da campanha, não dá para acreditar que haja mudança.

Os quadros históricos com Dirceu e Genoíno foram abandonados à sua própria sorte, como se a AP 470 não tivesse nada a ver com o PT e o Governo.

A direção do PT é ridícula,  se apega nas benesses do poder e dá as costas à Nação. Como tudo tem limite, uma hora o povo escolhe o PDMB, o PSDB ou  Lobão para presidente do Brasil.

 

Lúcio Campos Gondim

- 2014-12-15 14:41:12

PSDB e Aécio.

Sr. Ivan de Union, Sr. Luis Nassif,  o que os senhores chamam  de grupelho de revoltados, são na verdade 4,5 mlhões de simpatizantes do Aécio que compartilham o dia a dia dele e o acompanham nas redes sociais, não porque somos revoltados porque perdermos a eleição , nos aceitamos a derrota.

Porém se criou uma corrente para  fazer oposição sistemática ao Governo Petista , e sem nenhum chamamento, surgiu como indignação dos desvios e mentiras , impetradas pelo PT e seu Governo.

O plano de governo do Aécio tido como gerador de desemprego, crise, aumento de juros, etc...., está sendo copiado até nos detalhespelo Governo Petista, enfim a senhora Dilma mentiu aos eleitores Brasileiros, mas nãoé pra se espantar uma vez que o senhor Lula disse que faria qualquer coisa para ganhar essa eleição.

Essa  oposição ao governo Petista, será dura e persistente, simplesmente porque o PT não conquistou a maioriados eleitores Brasileiros, e nunca se viu tanta roubalheira.

Aliás fica o questionamento qual empresa gerida pelo Governo Petista, é exelência de organização, modernidade e honestidade.

A Dilma foi vitoriosa em votos  no Nordeste como todos sabemos, sabem porque, lá o Coronelismo ainda persiste e foi mais enraizado durante esses 12 anos de Governo. Vai aí uma realidade Sr. Luis Nassif, a imprensa escrita nessa crise da Petrobrás não foi noticiada nem comentada e nem foi notícia de capa em nenhum Jornal Nordestino, sabia?

Porque escondem de nossos irmãos Nordestinos, povo sofrido mas guerreiro verdades que desnudam o caratér e honestidade desse governo Petista ?

Por isso tudo o PT perde a cada dia que passa mais espaço.

Sds,

 

 

janes salete

- 2014-12-15 14:39:53

O TM deve ter uns 18 anos,

O TM deve ter uns 18 anos, fecebuqueiro, apenas comsumista e não cidadão. Para desconhecer que o PT não é o partido mais corrupto, só pertencendo a essas três categorias que o descrevi como possível ou.  então ter bolssonaro como líder da dignidade humana. Mas, tudo bem. Agora, o nassif, sempre pega pesado contra o PT e levinho contra o seu "ex" partido de preferência, psdb. Tudo bem, também, mas, querer dizer que o Pt perdeu relevância, aí já é demais. Cite políticos de outros partidos relevantes? Não os da máfia midiática que dependem exclusivamente dela para serem gente. O aécio, é um oco, todos, inclusive a imensa maioria que votou nesse senhor sem história  descente para seu estado e nação, muito antes pelo contrário, votou contra o PT não pró-aécio ou psdb. Então, querer encher bolinha que sempre foi murchicha porque o PT está na vitrine da corrupta e corruptora máfia midiática noite e dia, não quer dizer que o PT se tornou irrelevante, acabou. Concordo com nassif apenas no quesito da direção do PT. Enquanto o PT for dirigido por paulistas (excetuando Lula, não paulista, mas como se fosse), fica mais difícil mostrar a real cara do PT que a mídia oculta e os bobões petistas de sp que dirigem o partido, não tem coragem para partir para o enfrentamento politico. O novíssimo Haddad, de quem a máfia mdiática paulista já está tentando puxar o tapete( perceberam o potencial dele),  será o próximo candidato à presidência da república e vencerá a mídia, a justiciaria e o psdb, apenas porque o próprio paulistano perceberá que as obras  já estão dando outra cara à cidade de sp, muito mais humana e funcional para todos.

Vixe

- 2014-12-15 14:21:54

Lendo alguns comentários

Lendo alguns comentários aqui, chego a conclusão que quem quer "separar" São Paulo do Brasil, são os outros e não os próprios paulistas...

Vai ser "paulistofóbico" assim lá nas "prefundas" dos infernos... :(

A crise do PT se deve ao desmantelamento de seu nucleo duro, por ocasião da AP 470.

Soma-se a isso, a falta da formação de novas lideranças dentro do próprio partido, seja em São Paulo ou seja em outros estados.

O PT dormiu sobre os louros da vitória em três eleições presidenciais e acordou mais fraco.

O PT demorou para entender o fenômeno "internet" e as redes sociais.

Hoje, sofre uma campanha de rejeição no facebook, no youtube, no twiter e agora até no whatsapp.

Talvez, agora seja tarde para reagir.

democracia direta

- 2014-12-15 14:08:58

A FALTA QUE FAZ TER MAIS CONSIDERAÇÃO COM OS MILITANTES!

O PT deveria seguir o exemplo de partidos como o italiano Cinco Estrelas, e o espanhol Podemos, onde os filiados têm um canal direto com o centro de decisões do partido, dispensando-se até mesmo a eleição de delegados para suas convenções, com todos os membros participando e ajudando a decidir, através da internet. Até mesmo os casos de ética, e a votação dos deputados e senadores do partido no congresso são abertas aos filiados, que decidem sobre o voto deles, sob severas punições em caso de traição.

Imaginem o enriquecimento intelectual, que um partido ganharia com isso...

Será que em um ano a militância não triplicaria?

O PT já viu o que vai virar, se não mudar radicalmente. O desafio é convencer os caciques do partido, que se encontram confortáveis, mesmo que o partido venha a encolher. Afinal, atualmente o PT é o partido do "deixa pra lá". Foi assim com a derrubada do voto impresso, com a perseguição do mensalão, com a retirada dos reus tucanos do mensalão, o engavetamento do processo contra o financiamento privado de campanhas, a traição do Lindberg Faria na PEC 03/2011, a traição do Cândido Vaccarezza na reforma política, as revelações seletivas da Lava-jato durante a eleição, etc. Isso que sustenta e têm vários movimentos sociais como base de apoio, pra meter a boca no trombone, demonstrar claramente as posições do partido, fazendo frente ao boicote da mídia oficial, e retirar essa péssima imagem passada à sociedade.

Espero que atitudes como a expulsão do Vargas, o pedido de cassação do Bolsonaro, etc,  possam inspirar novos rumos ao PT. Porque se quiser ser apenas mais do mesmo, acaba jogado na "vala comum", e vira "farinha do mesmo saco". O PT precisa ter consciência, de que uma fatia muito considerável da sociedade já o tem como um partido igual aos demais. Ou seja, podre, corrupto, fechado, e ineficiente. E só tem uma coisa pior do que um partido assim, é quando ele não sai do poder. Pois nesse caso, a alternância seria saudável à democracia. Foi essa lógica, que quase derrubou a Dilma. Ou seja, o PT precisa mostrar ao povo que é diferente. Sob pena de virar a bola da vez, e encolher ainda mais.

IV AVATAR

- 2014-12-15 14:07:35

Sobre burocratização partidária

O resultado do envelhecimento repentino de todos os partidos no rasto das jornadas de junho foi a eleição de "novos"  Silvios Berlusconnis tipo Bolsonaro, Caiado...

Muito interessante o tema, fiz uma busca com os termos burocratização + PT, segue resultado

Em 1993, este texto

http://www.rolim.com.br/ensaio9.htm

2013, no calor das manifestações, este texto: Marcelo Daneris, não consegui identificar de qual corrente:  PT está deixando de ser um grande partido para se tornar um partido grande

http://rsurgente.wordpress.com/2013/07/13/pt-esta-deixando-de-ser-um-grande-partido-para-se-tornar-um-partido-grande/

Editado - às 11:43

Marcelo Danéris: O legado do PT no RS:  Conselhão, Gabinete Digital, Gabinete dos Prefeitos, plenárias do OP, Consulta Popular....

http://www.norters.com.br/site/?page=post&id=22696

Sobre as várias correntes do PT

http://www.sul21.com.br/jornal/pt-se-caracteriza-pela-unidade-apesar-das-correntes/

 

Quem é Marcelo Danéris

http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=154950

 

Pedro Neto

- 2014-12-15 14:05:33

Relevância do PT

Tanto a relevância como a vida do PT, depende da sobrevida do seu cacique maior. O PT, a partir daí, vai entrar em extinção.

Juliano Santos

- 2014-12-15 13:53:39

Impossível, Nassif, um

Impossível, Nassif, um partido que até pouco tempo era considerado o maior partido social-democrata do mundo, ter ficado irrelevante derrepente. Voce exagerou, convenhamos.

O PT passa por grave crise, mas todos os grandes do mundo passaram. De fato o Rui Falcão é o dirigente típico de um partido que se burocratizou. Mas o fato de ser governo sempre permite, por outro lado, oportunidade reais de revigoramento, como o que tem agora com o Haddad.

Dilma, acho que é um caso a parte, pois talvez ela até contribua com a crise do PT. Está na cara que ela nunca foi a candidata dos sonhos do partido. E a presidenta ela mesma não tem uma identificação lá muito forte com o PT.

Mas quem ficou irrelevante mesmo foi o DEM, né?

PS: O unico partido relevante da oposiição é o pig

Eduardo Lima

- 2014-12-15 13:50:40

MENOS... BEM MENOS.

Um partido que tem a Presidência da República assegurada pelos próximos 4 anos e tem o candidato mais forte para a próxima eleição, não pode ser considerado assim. Presidentes de partido vêm e vão. O que vai determinar a relevância, ou não, é sua capacidade de interagir com a sociedade, colocando-se como porta voz dela, englobando seus diversos seguimentos. Concordo que a pessoa mais indicada para isso pode não ser o atual presidente. Nem vejo qualquer político paulista no posto. Mas as coisas dependem mais do governo, onde as ideias viram realidade, do que do partido. Tenho chamado a atenção para um ponto no qual o partido pode reconquistar a tal "relevância perdida": tormar-se o representante das demandas da Classe C, a mais eleitoralmente influente nos dias que correm. Reconquiste-se a Classe C, especialmente a do Centro-Sul do país, e a relevância vem junto. O texto do link abaixo, e os demais da série, refletem sobre isso:

http://reino-de-clio.com.br/Pensando%20BR6.html

Neideg

- 2014-12-15 13:44:34

Na mosca Avelino! Esse

Na mosca Avelino!

Esse discurso nazista da Midia estah alimentando uma fera doente dentro dos meios da elite. 

Nessas rodas,  nao eh so petista apedrejado, basta que voce esboce qualquer opiniao nao 

nazista, sera automaticamente estigmatizado e rechacado.

Vivemos tempos muito periggosos, culpar uma e outra lideranca nao contribui em nada para melhorar a situacao.

everaldo fernandez

- 2014-12-15 13:42:31

O PT é o que pode ser. Não

O PT é o que pode ser. Não existe projeto frustrado de PT, por que não existe modelo de PT. Aliás o PT existe exatamente apesar dos modelos.

Considerando o tempo e as condições de sua chegada ao poder o PT soube equilibrar bem sua posição de partido da ordem e da reforma, estar no governo e não se reduzir a ele. Ele não se transformou  num PRI mexicano nem no PD italiano. 

Catastrofismo nenhum irá alterar este curso. O PT está se pensando e repensando, talvez não do modo e da forma como alguns que o observam sem participar gostariam.

Pra quem não acompanha este debate interno vai uma pequena amostra:

http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Um-novo-ponto-de-equilibrio/4/32430 

 

paulo piva

- 2014-12-15 13:41:57

É só meter o pau...

É muito cômodo meter o pau, de fora, bem de fora, longe da realidade de quem governa. Governar à esquerda não é fácil. Ser Rui Falcão, Dilma. Mercadante, não deve ser fácil. Pressões, pressões e pressões, chantagens, ameaças e mais chantagens. É mais fácil ser jornalista, blogueiro, palpiteiro. É mais fácil escrever artigos repletos de abobrinhas e invencionices como esse. Sou mais Rui Falcão.

Juliano Santos

- 2014-12-15 13:40:51

Continue procurando,

Continue procurando, Pranchetta, embora voce não vai achar mesmo. Não um golpe como uma realidade dada, mas como devaneio tem. Entre no site do PSDB e iluda-se com as promessas golpistas do tucanato.

Foi-se a primeira, com o fracasso do questionamento sobre fraude eleitoral. E depois a segunda com a vitória do Congesso na votação doa LDO. E finalmente este último com o Gilmar tendo que aprovar as contas com muxoxo e tudo.

Mas anima-se, tem novas jogadas a caminho. Confira lá, filho

jc.pompeu

- 2014-12-15 13:33:31

PT é o caso

PT é o caso clínico-ideológico típico da teologia política stalinista das boas intenções à esquerda do poder protoautocrático ao intentar fazer alianças político-partidárias protopactuais para cooPTar e cativar partidos e políticos genéricos placebos para o mutirão cívico da tal governabilidade em prol do povo e do país, pero si pero no, no sinal trocado [ pelo diabo à espreita atroz... é sempre ele: o diabo viral que atazana a todos nóis ] de mão dupla no duplo sentido leva-e -trás vai-e-vem dá-e-recebe do fluxo incessante do caixa 1 2 3 4 5 6 do erário... o tiro saiu pela culatra e foi o PT que foi cooPTado enredado manipulado sugado pelo lado mal da força... e, hoje, PT tem o poder e a força... do mal absoluto em si para si por si... e nóis acá, o povo bom e fiel, qui si f.! ou si lambuze com sobras e migalhas das campanhas ano sim ano não e das bolsas famílias e cotas pra maricotas e inovações no papel de bobo da corte... pois que o petróleo é nosso!

Juliano Santos

- 2014-12-15 13:31:51

Sem dúvida, mas a contradição

Sem dúvida, mas a contradição é que o mais promissor quadro do PT hoje é o Haddad. Como ele se movimenta dentro desse pântano de água estagnada que é o PT paulista até vale uma análise mais acurada do Nassif 

Neideg

- 2014-12-15 13:30:04

Nassif, Nao conheco Ruy

Nassif,

Nao conheco Ruy Falcao de perto e nao tenho acompanhado o trabalho interno do PT,

mas, culpa-lo pelo desgaste do Partido durante todos esses anos de Governo eh, no minimo, uma injustica.

Juliano Santos

- 2014-12-15 13:26:06

Pergunte para os milhões que

Pergunte para os milhões que saíram da miséria e os que ascenderam socialmente se foi ou não importante o PT optar por ser governo do que manter-se fiel......e etc.

Para nós da classe média é fácil não abrir mão do "velho e puro" PT

peregrino

- 2014-12-15 13:21:31

PT só precisa de uma coisa...

deixar de ser paulista

peregrino

- 2014-12-15 13:19:49

PT não perdeu nada, só ganhou...

acredito que nada perdeu porque temos dois projetos em luta, um de governo (PT) e outro de poder (PSDB)

o primeiro levado a efeito por políticos tradicionais e o segundo por talibans da imprensa e do judiciário

PT foi e continua sendo a salvação do Brasil

 

e parafraseando Figueiredo:

a imprensa empanturou a direita de tanto poder, tanto, mas tanto, que ela padece de uma longa indigestão

IV AVATAR

- 2014-12-15 13:16:40

TMtroll, informe-se antes de falar asneiras

 

 

 


   

 

CELSO ORRICO

- 2014-12-15 13:16:02

nacionalize as Direções do PT..

ou o PT amplia sua Direção para outros Estados e retoma sua ligação com os Movimentos Sociais ou vai ficar cada vez mais irrelevante mesmo, o PSOL se conseguir diminuir a porraloquice e se estrutrar melhor pode ser o desaguadoro dos progessistas de esquerda..

ljunior

- 2014-12-15 13:14:25

E no PSDB só tem honesto,

E no PSDB só tem honesto, né?

Essa é a sua opinião e a da mídia bandida que empresta veículos para transportar seres humanos para serem torturados  mortos e para estuprar mulheres.

Já ouviu falar de Brindeiro, o engavetador da república?  Tem outro em SP.

Guarde esse discurso pra outro blog. Aqui as pessoas não pensam com manchete de jornal cúmplice da ditadura.

 

Valderi Felizado da Silva

- 2014-12-15 13:03:03

Outras coisas mais importantes

Acho que o PT deveria se preocupar com os mais de 60 mil homicídios por ano, impunidade do maior ao menor, corrupção, desigualdade, educação trágica, etc. 

Não somente em 2018 e esses negóciso de ser significantes. 

Até seriais killers nós temos!!! Só não temos o desenvolvimento e justiça que lhes cercam. 

Vantuil Barbosa Filho

- 2014-12-15 13:00:45

A Perda de relevância do PT...?

... isso que eu chamo de irrelevante;  Não tenho certeza, mas o PT deve ser o partido político mais atuante no mundo, essa doeu.

Luís Henrique Donadio

- 2014-12-15 12:59:56

Olha, não tenho muita

Olha, não tenho muita simpatia por Rui Falcão. Mas é brincadeira responsabilizá-lo pela decadência do sindicato dos jornalistas, ocorrida em uma época em que todos os sindicatos, no Brasil e no mundo, enfrentaram uma séria crise, geral e em especial de identidade.

Da mesma forma em relação ao PT. Rui Falcão não começou o trabalho de centralização, marginalização das minorias, burocratização, autonomização das bancadas, afastamento dos movimentos sociais, etc. Essa sempre foi a posição da corrente majoritária do partido - que é inclusive a corrente do ex-presidente Lula -, desde que ele foi criado, e continua a ser até hoje. Talvez agora comecem a se dar conta do erro que isso constitui, mas duvido que venhamos a ver uma auto-crítica aprofundada e radical do processo.

E isso inclui o gênio incompreendido, José Dirceu.

TM

- 2014-12-15 12:47:36

Contra

Não consigo entender por que você, um cara tão inteligente defende o PT?

o partido mais corrupto da história do Brasil.

Chico Pedro

- 2014-12-15 12:39:42

Seu texto é coerente a nao
Seu texto é coerente a nao deixa de lado a perspectiva histórica.

Paulo Figueira

- 2014-12-15 12:33:25

O PT continua sendo no

O PT continua sendo no imaginário popular o partido ligado às lutas populares e identificado com os interesses dos mais pobres.

É claro que há erros e um deles é o abandono da formação política e das organizações de base como os núcleos por categoria profissional, por bairros e etc.., núcleos esses dos quais participei nos anos 80 e que davam grande vitalidade e capacidade de mobilização ao partido. Talvez a chegada ao governo com a responsabilidade de atender a todas as expectativas num quadro de terra arrasada deixado por FHC tenha exigido a mobilização de todas as energias para dar conta da tarefa, tendo a vida partidaria  ficado um pouco em segundo plano, porém o rumo pode ser corrigido e o partido retome o trabalho de organização das bases.

A esquerda da minha geração sempre sonhou com a construção de um partido de massas e o sonho tornou-se realidade, não podemos jogar fora todo esse empenho que construiu o Partido dos Trabalhadores, essa instituição é um patrimônio da classe trabalhadora e um importante instrumento de luta, não é por acaso todo o empenho das nossas elites atrasadas em destruí-lo.  

Sbcampello

- 2014-12-15 12:20:43

Estou começando a achar

Que Nassif está numa bad trip. Deixou-me ansioso com a fraude das urnas, depois com o golpe de Gilmar, o impeachment da lava-jato e agora surge a irrelevância do PT. O PT deixou de ser orgânico no congresso de 1992, sob coordenação de Dirceu. É fato que o partido é hj sua burocracia, mas daí concluir que é irrelevante é contradizer-se por desconsiderar o que se deseja de retorno: há militância, apesar de escanteada pelos burocratas. Lula vem repetindo da necessidade de se recupera-la. Não é pouco.

Assis Ribeiro

- 2014-12-15 12:17:36

Milton Santos já tinha prenunciado

A gestação do novo, na história, dá-se frequentemente, de modo quase imperceptível para os contemporâneos, já que suas sementes começam a se impor quando ainda o velho é quantitativamente dominante

...supõe uma mudança radical das condições atuais, de modo que a centralidade de todas as ações seja localizada no homem: a precedência do homem. Sem dúvida, essa desejada mudança apenas ocorrerá no fim do processo, durante o qual o reajustamentos sucessivos se imporão. Nas presentes circunstâncias a centralidade é ocupada pelo dinheiro, em suas formas mais agressivas,

Os atores que vão mudar a história são os atores de baixo. Vão agir de baixo para cima.

jr fidalgo

- 2014-12-15 12:16:15

A saída, onde fica a saída?

Não apenas mas também pelos motivos expostos por você, concordo com sua avaliação Nassif. Contudo, uma coisa me preocupa, e muito. Não vejo, até o momento, nenhuma agremiação de esquerda em condições de angariar a simpatia dos que antes viam no PT uma alternativa. Poderíamos, em uma análise superficial, dizer que o PSOL seria essa agremiação. Porém, para isso, o partido teria que passar pour uma reformulação significativa. Em primeiro lugar, abandonar a posutura infantil de uma "revolução socialista que coloque o povo no poder", coisa poética, sem dúvida, mas também o caminho mais fácil para um novo golpe no Brasil atual. Em segundo lugar, o PSOL deveria deixar de se aliar à pior direita que existe, apenas para ocupar espaço político, como já o fez ao longo de sua atual (lembrem-se, por exemplo, de Heloísa Helena etc etc).

Nas últimas eleições, a atitude do PSOL, ou pelo menos das suas principais liderenças, foi impecável. No segundo turno, houve um posicionamento mais ou menos geral de membroas da sigla a favor de Dilma, ou pelo menos contra o mal maior que representava a vitória de Aécio. Sonhadores, como eu, até imaginaram que poderia haver uma coversa entre PSOL e PT, para acertar alguns, vejam bem, alguns pontos que poderiam ser levados como políticas de governo com o apoio e trabalho dos dois.

Infelizmente, tal não aconteceu. O PT ficou na sua e o PSOL parece estar novamente se deixando seduzir pelos cantos da sereia da oposição de direita. Pelo menos foi essa a impressão que fica das recentes declarações de Luciana Genro, exigindo que Dilma tire Graça da presidência da Petrobrás, um dos mantras mais utilizados pela direita nos últimos tempos, ou não?

 

 

Fernando Ferreira

- 2014-12-15 12:14:33

Em vários comentários passei

Em vários comentários passei a chamar Rui Falcão de Rui Pardal. Não via no presidente do PT uma postura de presidentwe.

O governo era atacado e quem vinha em defesa de Dilma era o senador Roberto Requião do PMDB. Onde estavam os deputados e sendores do PT?  O Rui pardal quis se solifificar no PT viajando o Brasil e as polçiticas do PT e do governo que se lixem. Imprensa golpista constantemente com manchetes falsas e nenhum duputado ou senador rebater essas mentiras. 

Na operação Lava Jato as delações seletivas (só contra o PT) , nem o ministro da Justiça se incomodando com os seus subordinados, criticando Lula e Dilma e nada.

Esses nossos representantes petistas na Câmara e Senado, sendo omissos.

O Lula tem que dar aulas de política nessa direção pardal, para ver se acordam.

Avelino de Oliveira

- 2014-12-15 12:13:45

Caro Nassif e

Caro Nassif e demais

Considerando os considerandos, o que mais se construiu para ser desconstruido: os sindicatos, os movimentos sociais, as conquistas sociais, e por que não o PT, também.Até Papai Noel terá que usar azul, se usar vermelho, em SP, pode apanhar.  

O PT não perdeu a relevância, o massacre midiático sobre ele é que o está desconstruindo.Tem os seus erros, claro. Depende do ambiente, você falar que é petista, está sujeito a levar uns cascudos.

A mídia, criminosamente, 48 horas por dia, vincula o PT, a todos os crimes do planeta.

Saudações

NALDO

- 2014-12-15 12:00:20

Sinceramente mais golpista

Sinceramente mais golpista que a midia o demotucanos não são, eles só sobrevivem por que a midia lhes dá ampla cobertura ou encobertura como no caso do trensalão, e o caso das bolsas de estudo universitarias um papagaio de 700 mi? E o caso dos cartões corporativos nos quais se gastaram mais do que o proprio cartão federal? e as lendas contra o Lula e familia, essa ultima do triplex? Acho que quando falam que a nossa midia é vendida deve ser verdade por que como compreender um jornal brasileiro defendendo tanto que empresas estrangeiras explorem petroleo por aqui, quais interesses? O Pt é irrelevante, o psdb é golpista, mas o cancer que espalha esse clima de derrota pelo Brasil e quer impor a agenda do candidato derrotado é a nossa carcomida midia.

Gilberto .

- 2014-12-15 12:00:03

Um exemplo do afastamento das origens

Apesar das tentativas em sentido contrário da Prefeitura de São Paulo, como a criação dos Conselhos Participativos e a realização das Audiências Públicas, ainda é necessário fortalecer estas instâncias.

Algumas decisões ainda seguem trâmites pouco democráticos onde se privilegiam os antigos métodos de resolução através dos gabinetes. A participação popular não se efetiva e serve apenas para legitimar e "esconder" o real processo.

É o caso da PL 10/2014 que prevê a desativação gradativa do Elevado Costa e Silva e sua transformação no Parque Municipal do Minhocão.

Vejam mais sobre este caso em O PL bíblico que corre na Câmara de SP

Assis Ribeiro

- 2014-12-15 11:56:44

Sobre essas motivações

Sobre essas motivações escrevi para o blog:

"Utopia e Pragmatismo"

"Sobre o papel político da imprensa"

"O problema cultural e os temas complexos"

Assis Ribeiro

- 2014-12-15 11:56:24

O PT envelheceu, perdeu o

O PT envelheceu, perdeu o viço dos movimentos sociais, a vitalidade intelectual, a dimensão pública.

Como discordar dessa assertiva?

Mas, qual o partido que tem pelo menos uma dessas características?

O fato é que o conceito de gestão privatizou a política

O negócio é o seguinte

Sempre que se colocar a economia como precedente da política, emburreceremos

O Estado nasceu para exercer "função política" da qual a economia é apenas um dos seus braços

Nas últimas décadas o Estado passa a exercer a "função econômica", colocando a função política em segundo plano.

O enfraquecimento das organizações populares foi algo muito bem arquitetado e induzido pelo "mainstream" a fim de enfraquecer o debate político; o PT se deixou cooptar

Clareando

- 2014-12-15 11:41:09

Como assim, perdeu a relevância?

O PT não sai das páginas policiais desde o mensalão! Quer maior relevância do que isso?

Esse partido de corruptos está colhendo o que plantou.

Ainda engana muitos, que cegos por suas "convicções" ideológicas não conseguem enxergar o que está acontecendo com o país de forma escancarada, e ficam demonizando os que ousam ir contra os "contos da carochinha" do governo, como sendo golpistas.

Tem muita gente precisando de colírio e uma consulta oftalmológica.

 

 

Marcos Antônio

- 2014-12-15 11:33:56

Tem sempre alguém que diz que

Tem sempre alguém que diz que você não é o que você pensa de si mesmo, mas o que os outros pensam de você!

Partindo deste pressuposto, o artigo acima está correto por que o PT está submetido a uma Anti-propaganda diária de desconstrução e SEM POSSIBILIDADE DE CONTRAPONTO!

Pois NÃO LEMBRO que as acusações feitas tiveram direito de resposta, característico do PIG -  este é um sintoma da distorção da realidade!

Mas, se o PT próprio acreditar no que diz a mídia, deixará de realizar as coisas QUE TEM QUE REALIZAR, pois o ato de realizar aquilo que tem realizar - é um FATO AFIRMATIVO que acaba DESCONSTRUINDO AQUELE QUE TE NEGAVA.

É o FAMOSO -  NEGAÇÃO DA NEGAÇÃO!

É RESISTÊNCIA, é a perseverança!

A afirmação da MENTIRA consome mais energia pois é preciso construir uma realidade em torno dela e mantê-la coesa talvez em milhares de pessoas em fatos e eventos - evitar as contradições, por isso a verdade dos fatos é SEMPRE o melhor caminho...

Se o PT estiver com a VERDADE, ele sobreviverá!

Joel Neto

- 2014-12-15 11:33:43

É cacoete do Nassif

O jornalista tem a mania de escrever excelentes artigos e no meio deles colocar uma frase, uma ideia sem nenhuma conexão com a realidade. A deste, é:

"O PT perdeu a dimensão nacional"...

É pegadinha dele gente, vão se acostumando. Ele faz isso para animar o debate e gerar mais comentários.

O meu "Cândido" de cândido não tem é nada.

Gilson AS

- 2014-12-15 11:33:18

E apesar de tudo o PT é muito

E apesar de tudo o PT é muito melhor do resto que tem por aí.

Qual o partido que se renovou nos últimos 12 anos ?

Se o PT está ruim, os outros partidos estão muito pior.

Zanchetta

- 2014-12-15 11:31:58

E até agora estou procurando

E até agora estou procurando o "golpe" que o PSDB tenha dado!!! Se falar mal do governo é golpe, então...

Marcio Cabral

- 2014-12-15 11:27:52

PT e sua relevância

O PT tornou-se a maior desgraça para o país dos últimos tempos. Tomara que seja extinto. Agora, jornalistas e intelectuais são cegos, idiotados ou fanáticos? Se o PSDB é golpista, qual (pior) adjetivo sobrou para o PT? Golpista e Canalha?

Lucinei

- 2014-12-15 11:24:53

Desde o primeiro dia do pt,

Desde o primeiro dia do pt, pt, pt no governo uma coisa era certa pra oposição. No lula a estratégia era bater de lado pra não parecer preconceito (indisfarçável) e, ademais, existia a crença de que ele se enrolaria sozinho, daí a insistência em amplificar suas metáforas enquanto insistiam em chama-lo de "anta", apedeuta", etc. Teve um que até quis "codificar" o Lula por meio de um dicionário...

Taí um aspecto da separação entre o lulismo e o petismo que poucos comentam: houve uma ação decisiva da oposição para a consubstanciação do fenômeno social. Uma relação dialética.

Em relação ao pt, pt, pt, nenhuma trégua; nenhum segundo de descanso. Stalinismo, bolchevismo, autoritarismo, cobanização, chavismo, etc, até que o roberto jefferson inventou a tese do mensalão pra tirar o dele da reta... Pronto: era a bola quicando pra ser chutada. Depois disso o pt só apanhou calado. Mudou um pouquinho com essa Rui Falcão.

O governo é que continua mudo. Ou, como lembra o Fernando Brito do Tijolaço, como uma tartaruga qua acha que seus predaores vão cansar ou que se trata somente de um fenômeno climático passageiro.

Jorge Leite Pinto

- 2014-12-15 11:20:56

Não sei se chegaram

Não sei se chegaram tarde...

Afinal, antes tarde do que nunca. E política é como nuvem...

Eden SP

- 2014-12-15 11:19:21

Manifestações de 2013 e a reação do Rui Falcão / PT

Durante as manifestações de junho/julho de 2013, lembro que o Rui Falcão responsabilizou a juventude petista pela incapacidade em antecipar os movimentos que se avolumavam nas midias sociais. Pior que procurar culpabilizar integralmente os jovens do seu partido, foi a reação do PT: perdida, falta de senso estrategico-politico,sem saber como se portar perante toda a chamada "jornada", demonstrando a total falta de capacidade de seu presidente. Isso relevando todo acervo intelectual inerente ao partido. O recente declínio do petismo comecou por ai, com um presidente fraco e reativo.

Ganhou a eleicao de 2014? Sim. Mas nao mais o coracao de milhoes de brasileiros.

 

 

 

Fernando Ferreira

- 2014-12-15 11:10:41

Em vários comentários passei

Em vários comentários passei a chamar Rui Falcão de Rui Pardal. Não via no presidente do PT uma postura de presidentwe.

O governo era atacado e quem vinha em defesa de Dilma era o senador Roberto Requião do PMDB. Onde estavam os deputados e sendores do PT?  O Rui pardal quis se solifificar no PT viajando o Brasil e as polçiticas do PT e do governo que se lixem. Imprensa golpista constantemente com manchetes falsas e nenhum duputado ou senador rebater essas mentiras. 

Na operação Lava Jato as delações seletivas (só contra o PT) , nem o ministro da Justiça se incomodando com os seus subordinados, criticando Lula e Dilma e nada.

Esses nossos representantes petistas na Câmara e Senado, sendo omissos.

O Lula tem que dar aulas de política nessa direção pardal, para ver se acordam.

Jota Lopes

- 2014-12-15 11:07:25

Mas cá entre nós, com o Ruy

Mas cá entre nós, com o Ruy Falcão na presidencia, vocês queriam o quê? Em qualquer agremiação de esquerda, o secretário geral é sempre o cargo mais importante, mas no PT o cargo mais importante sempre foi o de tesoureiro. Então dá nisto que estamos vendo. Houve um secretário do PT, coitado, que dava pena ver seu primarismo verbal quando teve que comparecer a CPI do mensalão para dar explicações sobre uma caminhonete presente de um empresário. Hoje nem sei se o PT tem secretário. Quem é?

Antônio - Minas Gerais

- 2014-12-15 10:52:34

Vejo

Vejo que atualmente há dois PT. O PT de São Paulo /Minas Gerais e o PT dos demais Estados da Federação (Minas ainda está presa à República do Café com Leite. Governa-se Minas com a cabeça de um paulistano). O PT de São Paulo juntamente com a PF do Zé Cardozo são os maiores perigos para o governo Dilma. Basta ver os vazamentos para a mídia sobre a nova equipe econômica da Dilma, vazamentos efetuados pelo Mercadante. O PT de São Paulo tornou-se parasitário e entrou em um processo de degeneração. A degeneração seria em decorrência do contato mantido junto ao banqueiro? O PT de São Paulo quer monopolizar tudo no governo. Resultado, os demais quadros dos demais Estados ou se afastaram ou optaram pelo silêncio. 

Filipe Rodrigues

- 2014-12-15 10:50:26

Lula criou o problema, justo que também resolva

O PT continua o partido mais popular do país, segundo o Datafolha recuperou popularidade:

https://luizmullerpt.wordpress.com/2014/12/13/datafolha-pt-volta-a-crescer-na-preferencia-popular-22-e-64-tem-lula-como-melhor-presidente-de-todos-os-tempos/

Discordo que o partido assistiu inerte aos protestos de junho/2013, algumas medidas adotadas que não seriam possíveis sem pressão popular:

- Mais Médicos e o enfrentamento do gargalo na saúde;

- Neutralidade na internet;

- Reforma política na agenda nacional com o STF perto de proibir o financiamento privado;

- expansão das ciclovias;

Noir

- 2014-12-15 10:44:53

É tudo verdade e o Falcão

É tudo verdade e o Falcão está mais pra Pombinha que outra coisa.

 

Bernardo F Costa

- 2014-12-15 10:39:12

Acho que Nassif errou a mão

Acho que Nassif errou a mão neste artigo. Tudo que ele fala acontece tem muito mais tempo. A crise do PT não começou com a mudança de seu presidente mas quando, lá atrás, o partido decidiu que era mais importante ser governo que se manter fiel ás suas lutas e propostas históricas. E não adianta passar a mão em cima da cabeça e dizer que o caminho da governabilidade é difícil e que exige alianças e que em política você tem que abrir mão de algo para conseguir alguma coisa para si. Depois de um tempo razoável no poder, deu para ver que em várias áreas o comodismo e a inércia imperam. Só para dar um exemplo, veja o caso da TV brasil que poderia ter sido usada como um baluarte para se passar ao povo um jornalismo de qualidade, que o próprio país é carente, mas que foi esquecido. Se for ver, tem muito mais. É difícil apontar um culpado único nisso mas com certeza esse movimento veio de toda a cúpula incluindo aí o próprio Lula que hoje reclama do que está acontecendo. Rudá Ricci crava que haverá uma lenta migração dos votos do PT para o PSOL, e que este tomará o lugar do primeiro no diálogo com os movimentos sociais. Creio mais na segunda hipótese que na primeira. Mas fica claro principalmente se você analisar as lideranças emergentes do partido que o PT se transformou de um partido de massas dialogando com os movimentos sociais em um partido de tecnocratas que tem coração.

Fabio.

- 2014-12-15 10:29:10

Nassif era de se esperar ,

Nassif era de se esperar ,  uma das leituras que se pode fazer do movimento de junho de 2013, é que não houve renovação politica desde a decada de 90, só tem cacique e ainda por cima todos velhos.Com exceção dos escolhidos por  benção divina (Lula) como a Dilma e o Haddad, os partidos internamente são poucos democráticos.Nossa democracia ainda é lenta e gradual, já se passaram 32 anos e os caciques são os mesmos.

sergio m pinto

- 2014-12-15 10:20:23

Assim como o PSDB, o núcleo

Assim como o PSDB, o núcleo paulista do partido é uma porcaria e não é de hoje. Espera-se que com esse grupo de crise o partido retome seu lugar na política, particularmente em São Paulo.

Motivos para a formação desse grupo não faltam, vide a votação do partido em São Paulo, na última eleição, ao contrário de outros estados, onde a cúpula paulista não tem tanta influência.

Ivan de Union

- 2014-12-15 10:18:33

Pode ser, mas o presidente

Pode ser, mas o presidente nacional do PSDB eh Aecio Neves, que aluga o rosto ate pra grupelho de revoltados do Facebook!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador