Sabesp autoriza desmatamento em área de proteção ambiental

Jornal GGN – A Sabesp, Companhia de Abastecimento Básico de São Paulo, irá desmatar cerca de 15 hectares dentro do Parque Estadual da Serra do Mar, uma área de proteção ambiental, em razão das obras para desviar as águas da bacia do rio Itapanhaú para abastecer a região metropolitana de São Paulo.

Apesar do parecer negativo do Condephaat, órgão estadual de patrimônio, o secretário estadual de Cultura, Marcelo Araujo, aprovou o projeto. O governo do Estado de São Paulo diz que as obras são essenciais para aumentar a segurança hídrica de São Paulo e afirmam que a área representa uma pequena porcentagem do parque.

Da Folha

Obras da Sabesp vão desmatar área em parque de proteção ambiental

Monica Bergamo

Obras da Sabesp para desviar águas da bacia do rio Itapanhaú para abastecimento da região metropolitana de SP vão desmatar cerca de 15 hectares dentro do Parque Estadual da Serra do Mar, que é região de proteção ambiental. A área equivale a 15 campos de futebol.

 
POR CIMA
O conselho do Condephaat, órgão estadual de patrimônio, deu parecer negativo sobre as obras. O secretário estadual de Cultura, Marcelo Araujo, no entanto, aprovou o projeto –ele tem a prerrogativa de decidir, mas costuma acatar os pareceres emitidos pelo conselho.
 
PEQUENA ÁREA
O governo diz que o desvio é essencial para o aumento da segurança hídrica de SP pois, “sem a obra, a população pode ficar vulnerável em caso de repetição de uma seca como a de 2014-2015.” A área representaria porcentagem pequena do parque.
Leia também:  Para Eduardo Viveiros de Castro, governo decretou guerra contra índios

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. A mao eh do governador, se virem os paulistas:

    “O conselho do Condephaat, órgão estadual de patrimônio, deu parecer negativo sobre as obras. O secretário estadual de Cultura, Marcelo Araujo, no entanto, aprovou o projeto –ele tem a prerrogativa de decidir, mas costuma acatar os pareceres emitidos pelo conselho”

  2. Nossa.
    15 hectares de mata

    Nossa.

    15 hectares de mata devastada!

    Isso para se fazer um canal onde vai passar água!

    É MUITA DEVASTAÇÃO.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome