Pandemia: 62% dos brasileiros ainda consideram a Covid-19 o maior problema de saúde do país

Pesquisa da Ipsos ouviu a população de 34 países, mais da metade apontaram a Covid-19 como o principal problema de saúde enfrentado pela nação

Mesmo com o fim da emergência global para a pandemia de Covid-19, 62% dos brasileiros consideram a doença o maior problema de saúde enfrentado pelo país, segundo levantamento da Ipsos.

Dos 34 países participantes da pesquisa, 19 apontaram a Covid-19 como o principal problema de saúde enfrentado pela nação.

Contudo, o levantamento aponta a opinião dos brasileiros está acima da média global, que é de 47%. O país que lidera a lista, no entanto, é o Japão, com 73%.

Além da Covid-19, as outras opções disponíveis na pesquisa eram saúde mental, câncer, estresse, obesidade, diabetes, abuso de drogas, abuso de álcool, doenças cardíacas, tabagismo, demência, hospitais superlotados e doenças sexualmente transmissíveis.

Sobre a pesquisa

A pesquisa ‘Global Health Service Monitor’ foi realizada pela Ipsos com 23.507 entrevistados, em 34 países: África do Sul, Alemanha, Austrália, Argentina, Arábia Saudita, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia do Sul, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Holanda, Hungria, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Peru, Polônia, Portugal, Romênia, Suécia, Suíça, Tailândia e Turquia.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador