Coronavírus: Nova York, em plano de emergência, prevê enterros temporários em parques

Bill de Blasio, prefeito da cidade, foi questionado sobre isso durante uma coletiva. Ele reafirmou que a cidade pode ter que enfrentar os enterros temporários e que terão capacidade para isso caso seja necessário.

Foto Mike Segar - Reuters

Jornal GGN – Mark Levine, vereador democrata de Nova York, anunciou nesta segunda, 6, que um plano de emergência prevê o enterro temporário de mortos pelo coronavírus em parques da cidade, já que os necrotérios e cemitérios não são suficientes.

O vereador tuitou sobre a necessidade de enterros temporários para enfrentamento da pandemia. Ele preside a comissão de saúde da cidade de Nova York, que regitra 2.475 mortos pela Covid-19.

Segundo seus informes, serão cavadas trincheiras para dez caixões em fileiras, tudo muito digno, ordenado e temporário. Mas que seria duro os nova-iorquinos engolirem isso.

Após seus tuítes, que se espalharam por todas as redes e por toda a imprensa, ele explicou que essa é ‘uma contingência para a qual a cidade de Nova York está se preparando, mas se a taxa de mortalidade cair o suficiente, não será necessário’.

Bill de Blasio, prefeito da cidade, foi questionado sobre isso durante uma coletiva. Ele reafirmou que a cidade pode ter que enfrentar os enterros temporários e que terão capacidade para isso caso seja necessário. Mas considerou que não era bom falar sobre isso ainda.

Levine lembrou que, antes da crise, a cidade tinha em média 20 a 15 mortes por dia, e o número aumentou, com a pandemia, para 200 a 215. Disse que os necrotérios estão lotados e que 80 caminhões refrigerados foram enviados aos hospitais da cidade. Cada caminhão tem capacidade para 100 corpos e estão quase cheios também. Segundo ele, alguns hospitais tiveram que adicionar um segundo ou terceiro trailer refrigerado. Tudo isso foi comunicado via Twitter.

Segundo ele, a possibilidade de enterros temporários evitaria cenários como os da Itália, com o exército coletando os cadáveres das igrejas e das ruas.

Leia também:  Um médico olavista, que desdenha do coronavírus, a caminho do Ministério da Saúde

Com informações da RFI.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. Muito triste, preocupante, assustador, mas serve para mostrar que até mesmo os poderosos estão às voltas com as consequências da sua irresponsabilidade, das suas decisões tardias…
    só espero que o nosso governo não se ofereça, por amor ao Trump, como chão sagrado

    de quem ama o Trump podemos esperar tudo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome