Jilmar Tatto e o extravio petista, por Aldo Fornazieri, comentário de Boeotorum Brasiliensis

Sem estrutura de representação local o resto não se viabiliza de forma expressiva e sem isto não há sustentação local. Lógica elementar.

Por Boeotorum Brasiliensis
comentário no post Jilmar Tatto e o extravio petista, por Aldo Fornazieri

Li e aprendi com a lúcida e ponderada análise do prof. Fornazieri. Qualquer partido, seja a inclinação política que tenha, não pode abrir mão da construção permanente de sua representação na esfera municipal. É esta que dá densidade e serve de alavanca para a representação no cenário estadual e federal. Sem estrutura de representação local o resto não se viabiliza de forma expressiva e sem isto não há sustentação local. Lógica elementar.
Quanto ao abandono à candidatura Tatto acredito que a razão não dá amparo a atribuir-se como causa principal as dissenções internas do PT. O principal fator é que, como produto, Tatto tem pouco apelo e, por conseguinte, baixa penetração de mercado. No jargão, não gira. Em que se reconheça seus méritos pessoais e capacidade para o cargo, falta-lhe carisma que inspire, motive e seja visto como uma liderança. Covas também não. Chegou onde está herdando posição, colado a Dória que é outro ponto fora da curva advindo da conjuntura “desses tempos estranhos”. Mas, simbolicamente, por estar sentado na cadeira de prefeito, representa a figura do líder. Já Boulos é líder, tem todas as características e as atitudes, logo, inspira e motiva. Por isso, aposto em Boulos e Covas no segundo turno.
Quanto ao PT, penso já passar a hora de parar de bater ou desferir “fogo amigo” e reconhecer o vigor e a resiliência demonstrados nesses últimos 6 anos. Qual outro partido brasileiro que já suportou ou suportaria, sem desmelinguir-se e desaparecer na poeira da estrada da política, tamanho massacre?

7 comentários

  1. Exatamente como o Muro de Berlim, como a antiga União Soviética, como o Governo Petista na Presidência Dilma, a Esquerda vai implodindo de dentro para fora. Não é acusação da Oposição. São os próprios, falando de si mesmos. Somente aqui, em diversas Matérias e milhares de Comentários. Aquela ‘balela’ de Golpe cai por terra, na convicção da morte iminente. A Esquerda derrubou a própria Esquerda. Tatto naufraga ainda no cais. A culpa? Esta, deve ser dos outros. De uma tal ‘Direita’. De ‘Forças Fascistas’ que não querem o tal “Projeto” !! Os milhões e Milhões de Paulistas e Paulistanos que acreditaram e votaram nas tais Forças Socialistas, Progressistas durante meio século? Talvez não tenham sido doutrinadas corretamente. Ah! Esta tal Liberdade?! Esta tal Democracia?! Esta tal Sociedade Civil e Livre?! Ainda não compreenderam todo “Projeto” que é maior que Eles. Pobre pais rico. A Elite Paquidérmica do Estado continua lá. Cada dia mais pesada e rica. De forma anticapitalista, é claro !! Mas de muito fácil explicação.

    1
    7
    • Digo mais. A esquerda parece que se acostumou com os gabinetes, não entra com UM projeto que vise acabar com as mamatas da direita (fim das benesses dos 3 poderes), não entra com UM projeto sobre segurança pública (mote do coiso, que até agora fez pelo tema o mesmo que quando deputado: NADA), deixa esses temas importantes na mão da situação e limita-se a notas de repúdio, sem contar que não consegue nem um gabinete do amor que forneça material para replicação como o gabinete do ódio faz em minutos.

  2. Caro, que bom voltar a ouvir sua “voz”. Como sempre lúcida e, taticamente, direta. O PT precisa de Boulos no segundo turno, para em 2020 poder voltar e nos livrar da besta bolsonarista. Abração.

    3
    3
  3. Todo partido tem o direito constitucional de tentar se £0|]3π , segundo turno existe para isto , a chance de repetir a besteira…
    Em Sampa faltou Tatto ao PT , mas não Boulos com ele …

  4. Nas eleições municipais mesmo na maior cidade do pais, as questões locais, como transporte coletivo, trânsito, saneamento básico e educação básica, prevalece sobre a discussão nacional como a economia , religião e valores morais.

    Neste ponto o atual discurso adotado pelo candidato do PT se apresenta muito bem junto a grande maioria do eleitorado, o que provavelmente deve alavancar o candidato do PT nas próximas pesquisas, e deve chegar ao segundo turno. Além disso o candidato do PT PT se apresenta como anti-Bruno Covase anti-Dória

    Apesar de ter Luiza Erundina, a candidatura do PSOL apresenta um discurso mais focado nas questões nacionais, anti-Bolsonaro.

    Apesar de disputar a esquerda do espectro político, a candidatura do PSOL acaba empurrando o PT mais para o centro, o que pode provocar nos eleitores do PSDB, descontente com Dória e Bruno Covas a caminhar em direção a candidatura do PT.

    A Pandemia, acrise econômica, a forte valorização do dólar está provocando um forte descontentamento entre os eleitores do PSDB, a presença da candidatura do PSOL vai reforçar o PT como principal alternativa de poder na próximas eleições, quer pelos desgastes do atual governo, quer pelas realizações dos governos do PT.

    • Pelo meu lado, acho engraçado todos pedirem para o PT desistir de suas candidaturas, mas quando é o inverso neguinho corre…….é eleição, é disputa por votos, e é da essencia de qualquer partido para existir a disputa pelo poder…..o segundo turno é outra estoria…..

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome