Polícia Federal vasculha gabinete de deputado em operação contra propina

Investigação de Sérgio Sousa (MDB-PR) está relacionada a suspeita de fraudes em fundos de pensão

Sergio de Sousa (MDB-PR). Foto: Reprodução/Wikipedia.

Jornal GGN – A Polícia Federal cumpre 18 mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (21) nas cidades de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. A operação busca investigar um suposto esquema de pagamento de propinas ao deputado federal Sergio Sousa (MDB-PR).

Batizada de Grand Bazaar, a operação conta com a participação de aproximadamente 100 policiais e têm como alvo operadores financeiros, autoridades, empresários e um advogado que teriam pago vantagens a Sousa, de acordo com dados do jornal Folha de São Paulo.

A investigação foi aberta em 2018 a partir de delação premiada do corretor Lúcio Bolonha Funaro e, segundo a PF, o grupo desviava recursos de fundos de pensão e os enviava para empresas de fachada abertas nos Estados Unidos. Depois que os pagamentos eram confirmados, os recursos eram colocados à disposição em espécie pelos operadores no Brasil para serem entregues em endereços ligados a “supostos intermediários do parlamentar federal”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Para jornalista, retorno de Bolsonaro ao Rio no dia de Marielle "não se comprova"

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome